FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Capitulo 1 – Vigilancia Epidemiologica" obteve 76 resultados.

Página:  de 8

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...ção das ações desta área, a forma de repasse fundo-a-fundo, a partir da certificação dos estados e municípios; descentralizam as atividades de controle de endemias, anteriormente sob a responsabilidade executiva da Funasa; e recomendam a articulação dos serviços de vigilância epidemiológica com o Programa Saúde da Família, entre outras disposições. São reconhecidas as dificuldades existentes nos ......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 3 – Sistemas de Informação em Saúde e Vigilância Epidemiológica

... características de pessoa, tempo e lugar, assistência prestada ao paciente, causas básicas e associadas de óbito, extremamente relevantes e muito utilizadas no diagnóstico da situação de saúde da população. As informações obtidas pela DO também possibilitam o delineamento do perfil de morbidade de uma área, no que diz respeito às doenças mais letais e às doenças crônicas não sujeitas à notifi......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

... via oral. Nos casos de febre muito alta, dipirona, 15mg/kg/dose, via oral ou intramuscular. Evitar aspirina. • Antitérmico profilático: utilizá-lo quando na dose anterior houve febre elevada ou convulsão febril. • Administrar no momento da vacinação e repetir de 6/6 horas durante 24 a 48 horas. Usar de preferência o paracetamol, na dose já indicada. • Ficar atento para a possibi......

Ver Índice

01/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Aids

...travenoso deverão receber o AZT oral nas duas primeiras horas de vida. Os ARV vêm sendo disponibilizados, gratuitamente, na rede pública de saúde desde 1994. A avaliação dos níveis de carga viral materna definirá qual a via de parto mais adequada como medida profilática da transmissão vertical, ou seja: • níveis de carga viral = 1 mil cópias/ml (aferida na idade gestacional = 34 semanas)......

Ver Índice

18/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

AIDS

... se assemelha à mononucleose (Mononucleose-like). Os pacientes podem apresentar sintomas de infecção viral, como febre, adenopatia, faringite, mialgia, artralgia, rash cutâneo maculopapular eritematoso; ulcerações mucocutâneas, envolvendo mucosa oral, esôfago e genitália; hiporexia, adinamia, cefaleia, fotofobia, hepatoesplenomegalia, perda de peso, náuseas e vômitos. Alguns pacientes, ainda, pode......

Ver Índice

05/01/2011

Biblioteca Livre

Introdução

...víduos acometidos por esta doença. Por esta razão, a tiragem desta nova edição foi ampliada no propósito de somar esforços para garantir que a atenção necessária seja de qualidade em todos os recantos deste país continental, na medida em que teremos assegurado aos profissionais de saúde informações sobre os avanços no que se refere à vigilância epidemiológica, além do diagnóstico e tratamento des......

Ver Índice

01/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Antraz ou Carbúnculo

...a de antraz só deve ser levantada quando houver história epidemiológica compatível. Agente Etiológico Bacilo móvel, grampositivo encapsulado, formador de esporos denominados Bacillus anthracis. Reservatório Animais herbívoros, domésticos e selvagens. O solo contaminado também representa um reservatório, pois quando se expõem ao ar as formas vegetativas esporulam e os esporos de B. anthra......

Ver Índice

11/10/2012

Revisões

Problemas de crescimento e ganho de peso

...o do indivíduo. Sabe-se que 2,5% das crianças normais excedem esse canal de crescimento.11 O ideal é que o médico acompanhe a VC por 4 a 6 meses. As causas mais comuns são brevemente listadas a seguir: Alta estatura (macrossomia) familiar > caracteriza-se pela alta estatura por fatores constitucionais herdados (história familiar). O desenvolvimento é normal, não há outro sinal ou s......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 5 – Acidentes por Animais Peçonhentos

...s, coloridas e inofensivas. Já as lagartas da família Saturniidae (saturnídeos) têm “espinhos” ramificados e pontiagudos de aspecto arbóreo, com tonalidades esverdeadas, mimetizando, muitas vezes, as plantas que habitam. Nesta família se inclui o gênero Lonomia, causador de acidentes hemorrágicos. Alimentam-se durante a noite, permanecendo no tronco durante o dia. Os megalopigídeos são solitários......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 2 – Investigação Epidemiológica de Casos e Epidemias

...stões a serem objeto de pesquisas, e seus resultados poderão contribuir para o aprimoramento das ações de controle. É essencial a detecção precoce de epidemias/surtos para que as medidas de controle sejam adotadas oportunamente, de modo que grande número de casos e óbitos possam ser prevenidos. Além da prevenção de novos casos e surtos, a investigação desse tipo de evento pode contribuir para a d......

Ver Índice

Página:  de 8

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal