FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Capitulo 2 – Investigacao Epidemiologica de Casos e Epidemias" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 2 – Investigação Epidemiológica de Casos e Epidemias

... os casos investigados podem ter transmitido a doença? Identificação de novos casos/contatos/comunicantes Que fatores determinaram a ocorrência da doença ou podem contribuir para que os casos possam transmitir a doença a outras pessoas? Identificação de fatores de risco Durante quanto tempo os doentes podem transmitir a doença? Determinação do período de transmissibilidade ......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...o controle de doenças que comprometiam a atividade econômica, a exemplo da febre amarela, peste e varíola. As campanhas valiam-se de instrumentos precisos para o diagnóstico de casos, combate a vetores, imunização e tratamento em massa com fármacos, dentre outros. O modelo operacional baseava-se em atuações verticais, sob forte inspiração militar, e compreendia fases bem estabelecidas – preparatór......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 3 – Sistemas de Informação em Saúde e Vigilância Epidemiológica

...aduais de saúde, em cumprimento à Portaria nº 36/90, do Ministério da Saúde. Além das informações decorrentes dos sistemas descritos existem outras grandes bases de dados de interesse para o setor saúde, com padronização e abrangência nacionais. Entre elas destacam-se: Cadernos de Saúde e Rede Interagencial de Informação para a Saúde/Ripsa, da qual um dos produtos é o IDB/Indicadores e Dados B......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

...gação obrigatória. DEFINIÇÃO DE CASO DA RUBÉOLA Rubéola pós-natal. Suspeito Toda pessoa com febre, exantema máculopapular e linfoadenopatia retroauricular, occipital e cervical, que o profissional de saúde suspeite do diagnóstico de rubéola, independentemente da situação vacinal. Confirmado Por um dos seguintes critérios: 1) indivíduo com exame laboratorial positivo para IgM; 2) vín......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...bém fazem a caracterização antigênica e genômica dos vírus da Influenza isolados. Diagnóstico Diferencial As características clínicas da Influenza são semelhantes àquelas causadas por outros vírus respiratórios, tais como rinovírus, vírus parainfluenza, vírus sincicial respiratório, coronavírus e adenovírus. O diagnóstico, muitas vezes, só é possível pela analise laboratorial. Chama-se a aten......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...cionados à pandemia de Influenza; produzir e disseminar informação epidemiológica. Notificação Devem ser notificados, de forma imediata, os casos suspeitos de infecção por um novo subtipo viral (pandêmico); surtos de casos ou agregados de óbitos de Influenza Humana (sazonal); epizootias de Influenza Aviária; os resultados de exame de Influenza Humana por novo subtipo viral; e de surto de Infl......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Peste

...ríodos sem manifestação aparente de atividade pestosa. Bahia (303 casos acumulados entre 1983 e 2008), Ceará (126 casos acumulados entre 1983 e 2008) e Paraíba (54 casos acumulados entre 1983 e 2008) são os estados que mais registram casos. Rio Grande do Norte e Minas gerais registram casos esporadicamente. VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA Objetivos Impedir a transmissão para humanos dos focos natu......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Peste

...e acordo com as regras de assepsia. Quimioprofilaxia de Contatos Indicada para contatos de pacientes com Peste Pneumônica ou para indivíduos suspeitos de terem tido contato com pulgas infectadas, nos focos da doença. Drogas utilizadas: Sulfadiazina, 2 a 3g/dia, VO, dividida em 4 ou 6 tomadas, durante 6 dias; Sulfametoxazol + Trimetoprim: 400mg e 80mg, VO, respectivamente, de 12/12 horas, dura......

Ver Índice

02/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Coqueluche

...s casos, ocorrem vários picos de febre no decorrer do dia. Apresenta como manifestação típica os paroxismos de tosse seca, que se caracterizam por crise de tosse súbita incontrolável, rápida e curta (cerca de 5 a 10 tossidas, em uma única expiração). Durante estes acessos, o paciente não consegue inspirar, apresenta protusão da língua, congestão facial e, eventualmente, cianose que pode ser seguid......

Ver Índice

06/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza (Gripe)

...pós o início dos sintomas. Susceptibilidade e Imunidade Acomete pessoas de todas as faixas etárias. Nos adultos sadios a recuperação geralmente é rápida. Entretanto, complicações graves podem ocorrer nos idosos e nos muito jovens, determinando elevados níveis de morbimortalidade. A imunidade aos vírus da influenza resulta de infecção natural ou vacinação anterior com o vírus homólogo. Desta ......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal