FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Carbamazepina" obteve 265 resultados.

Página:  de 27

27/11/2014

Remédios

Carbamazepina

...a; antidiurético; antipsicótico (adjuvante); antiepiléptico [iminoestilbeno (derivado)]. Para que serve epilepsia; mania; síndrome bipolar (prevenção); neuropatia diabética (dor); nevralgia do trigêmeo; síndrome de abstinência alcoólica; diabetes insipidus. Como age como anticonvulsivante parece interferir inibindo íons sódio através da membrana da célula nervosa. A ação antinevrálgica p......

Ver Índice

02/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Carbamazepina

...fetivos. • Dose de manutenção: 400 a 2.400 mg/dia, fracionada em 3 tomadas. Transtorno Bipolar • Iniciar com 400 mg/dia, por via oral, divididos em várias tomadas. • Aumentar a dose até que os sintomas se regularizem. • Dose máxima: 2.000 mg/dia. Crianças Convulsões Parciais Simples e Complexas e Secundariamente Generalizadas • Abaixo de 1 ano, dose total: 10......

Ver Índice

02/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Carbamazepina

...nte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Carbamazepina Carbamazepina (Livre) 12.2 Antidepressivos e Estabilizadores de Humor 12 Medicamentos que Atuam sobre o Sistema Nervoso Central SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...tensão. O uso concomitante com lidocaína é contraindicado. t Enflurano ou halotano: aumento do risco de arritmia ventricular devido associação com epinefrina. Monitorar arritmias. t Entacapona: aumento do risco de taquicardia, hipertensão e arritmias. Monitorar o paciente. t Sulfato de morfina lipossomal: o uso concomitante com lidocaína + epinefrina (epidural) pode causar aumento do pico de ......

Ver Índice

25/11/2016

Revisões Internacionais

Epilepsia e transtornos relacionados

...ca havia pensado seriamente sobre o assunto. A RNM do cérebro foi normal, embora o EEG tenha mostrado explosões frequentes de atividades pico-onda rápidas e generalizadas, que é uma forte sugestão de EMJ – síndrome heterogênea sob o ponto de vista genético. Tipicamente, essa síndrome inicia no período dos 12 aos 18 anos de idade, com múltiplos tipos de convulsão, incluindo convulsões mioclônicas,......

Ver Índice

09/06/2009

Biblioteca Livre

Interações medicamentosas

...s níveis séricos de claritromicina em cerca de 40% (evitar co-administrar). Redução dos níveis séricos de claritromicina em 30% (evitar coadministrar pelo risco de falha). CONTRACEPTIVO HORMONAL Etinilestradiol Aumento dos níveis séricos do hormônio. Redução de níveis séricos do hormônio (usar método contraceptivo alternativo ou adicional). Progesterona Não nec......

Ver Índice

21/03/2016

Revisões Internacionais

Reações Adversas a Medicações do Tipo Cutâneas

...chronic idiopathic urticaria: a single-blind, placebo-controlled, cross-over clinical study. J Allergy Clin Immunol 2002; 110:484. 48.Kearns G, Wheeler J, Childress S, Letzig L. Serum sickness- like reactions to cefaclor: role of hepatic metabolism and individual susceptibility. J Pediatr 1994;125:805–11. 49.Hellerstedt B, Ahmed A. Delayed-type hypersensitivity reaction or serum sickness after r......

Ver Índice

22/08/2009

Revisões

Crise Epiléptica

... epilépticas. Crises não epiléticas psicogênicas podem ser confundidas com crises parciais complexas ou crises TCG. O diagnóstico pode ser difícil, sendo fundamental uma anamnese cuidadosa para levantar a suspeita diagnóstica. A monitorização por vídeo-EEG é indispensável para o diagnóstico. Crises epilépticas e crises não epilépticas psicogênicas podem coexistir em até 20% dos casos de crises não......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

anticonvulsivantes

...s A epilepsia é síndrome cerebral crônica de diversas etiologias, caracterizada por manifestações recorrentes clinicamente diversificadas, entre as quais figuram as convulsões. Uma correta caracterização clínica de epilepsia e classificação das crises epilépticas orientam racionalmente o tratamento. A maioria dos pacientes com epilepsia não obtém remissão espontânea de sinais e sintomas. Logo, os......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

anticonvulsivantes

...nteriormente empregados, reiniciar o tratamento com tais fármacos é conduta eficaz (ver monografia, página 628). Fenitoína é eficaz no tratamento de crises parciais simples e complexas, com ou sem generalização secundária, e de crises tônico-clônicas generalizadas primárias. Em estado de mal epiléptico é dada em sequência ao diazepam. O risco de bloqueio A-V e de outras arritmias contraindica seu......

Ver Índice

Página:  de 27

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal