FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 5" obteve 2389 resultados.

Página:  de 239

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

...ou crônica (ver Tabela 1). A CIVD aguda (descompensada) pode desenvolver-se quando o sangue é exposto a grandes quantidades de fator tecidual (ou a outras substâncias pró-coagulantes) durante um breve período de tempo, com significativa geração de trombina. Isto leva a um consumo rápido de fatores de coagulação que ultrapassam a capacidade de produção. Os produtos de degradação da fibrina que são......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...a esta relacionada à Síndrome da Rubéola Congênita (vide capitulo especifico), quando a doenca ocorre nos cinco primeiros meses da gestação que pode resultar em aborto, natimorto, malformações congênitas (cardiopatias, surdez, catarata). Agente Etiológico Vírus RNA, gênero Rubivirus, família Togaviridae. Reservatório O homem. Modo de Transmissão Direto, pelo contato com secreções na......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...no território nacional. A confirmação deve ser laboratorial e a coleta de espécimes clínicos para a identificação viral deve ser realizada no primeiro contato com o paciente · Caso secundário - Caso novo de sarampo surgido a partir do contato com o caso índice. A confirmação deve ser laboratorial e a coleta de espécimes clínicos para a identificação viral deve ser realizada no primeiro contat......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

...zado como exantema maculopapular, distribuído simetricamente no tronco e nas extremidades, podendo ser acompanhado de prurido; estágio 3: mudança de intensidade no rash, com duração de uma ou mais semanas, exarcebado por exposição ao sol ou fatores emocionais. Exantema súbito (roséola infantum) – doença de natureza viral provocada pelo herpes vírus 6, acometendo principalmente os menores de 5 ano......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...mpleto Observação: o controle sorológico é exigência básica para a correta avaliação da pessoa vacinada. Importante Deve-se fazer o controle sorológico anual dos profissionais que se expõem permanentemente ao risco de infecção ao vírus da raiva, administrando-se uma dose de reforço sempre que os títulos forem inferiores a 0,5 UI/ml. Repetir a sorologia a partir do 14º dia, após a dose de r......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...ão, perda de peso, astenia, adinamia e anemia, dentre outras manifestações. Quando não tratada, pode evoluir para óbito em mais de 90% dos casos. Sinonímia Calazar, esplenomegalia tropical, febre dundun, dentre outras denominações menos conhecidas. Reservatórios Na área urbana, o cão (Canis familiaris) é a principal fonte de infecção. A enzootia canina tem precedido a ocorrência de casos......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...er utilizado somente quando o percentual de casos, com grau de incapacidade avaliado, for maior ou igual a 75%. Indicadores operacionais Indicadores* Construção Utilidade Parâmetros 1. Proporção de casos novos, diagnosticados no ano, que iniciaram poliquimioterapia padrão OMS Casos novos diagnosticados que iniciaram PQT no ano X 100 Total de casos novos diagnosticad......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...eta de amostras clínicas para diagnóstico laboratorial VII. Medidas de prevenção e controle VIII. Orientações para o isolamento IX. Maiores informações X. Anexos I. INTRODUÇÃO Diante da Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional e com base nas informações disponibilizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde produziu este protocolo com o objetivo d......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...m Saúde Gabinete Permanente de Emergências de Saúde Pública Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional – ESPII PROTOCOLO DE PROCEDIMENTOS PARA O MANEJO DE CASOS E CONTATOS DE INFLUENZA A(H1N1) [link para o documento original] VERSÃO V Atualizado em 26.06.2009 SUMÁRIO I. Introdução II Objetivos III. Definições 1. Definições de casos 2. Definição de contato p......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

... os dois tubos com fita crepe e identificá-los com nome do doente e/ou comunicante, idade, data e hora da coleta. • Encaminhar os tubos com a ficha de encaminhamento de amostra (Anexo 3) ou cópia da ficha de investigação epidemiológica, conforme definição da coordenação estadual da vigilância. Recomendações Adicionais • Por ser doença de transmissão respiratória, é necessário o uso......

Ver Índice

Página:  de 239

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.