FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cetorolaco" obteve 18 resultados.

Página:  de 2

02/12/2014

Remédios

Cetorolaco (Oftálmico)

...utra infecção ocular (pode exacerbar a infecção). Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes): Gastrintestinal: má digestão; dor gastrintestinal; náusea. Sistema nervoso central: dor de cabeça. Atenção ao utilizar outros produtos. O cetorolaco: •pode aumentar o risco de sangramento com: anticoagulante cumarínico ou derivado da indandiona; heparina; inibidor da agrega......

Ver Índice

02/12/2014

Remédios

Cetorolaco (Injetável)

...e idade: eficácia e segurança não estabelecidas. Diminuição leve da função renal uma dose de 10 a 30 mg, via intramuscular; ou uma dose de 10 a 15 mg, via intravenosa direta. (contra-indicado em insuficiência renal moderada a grave) Cuidados especiais Risco na gravidez: Classes C; D (no terceiro trimestre) amamentação não amamentar. Não usar o produto no terceiro trimestre de ......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Dipirona Sódica

... Crianças Dor de Leve a Moderada e Febre • Dar 20 mg/kg, por via oral, até 4 vezes ao dia. • De 5 a 8 kg: 50 mg, por via intramuscular, a cada 6 a 8 horas. • De 9 a 15 kg: 100 mg, por vias intramuscular ou intravenosa, a cada 6 a 8 horas. • De 16 a 23 kg: 150 mg. • De 24 a 30 kg: 200 mg. • De 31 a 45 kg: 250 mg. ADMINISTRAÇÃO • Em adultos e criança......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Ibuprofeno

... Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2008 Ibuprofeno Aline Lins Camargo Na Rename 2006: itens 2.1, 3.1 e 3.4 APRESENTAÇÕES • Comprimidos 200 mg e 600 mg. • Suspensão oral 20 mg/mL. INDICAÇÕES1,2,4,5 • Dor leve a moderada de natureza tegumentar. • Febre. • Processos inflamatórios (incluindo dismenorréia primária). • Tratamento de inflamações......

Ver Índice

04/01/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2010: Rename 2010

Cloridrato de Prometazina

...m concentrações acima de 25 mg/mL e em velocidade superior a 25 mg/minuto. • A administração intravenosa deve ser feita em veia calibrosa, nunca em mão ou pulso. Adultos Cinetose (como Antiemético) • De 12,5 a 25 mg, em injeção intramuscular profunda ou injeção intravenosa lenta (diluído para 2,5 mg/mL), a intervalos de 4 horas. Anafilaxia • Dar 25 mg, por via intramuscu......

Ver Índice

08/05/2015

Revisões Internacionais

Manejo de sintomas em medicina paliativa

...ress; 2005. 12.Chai E, Horton JR. Managing pain in the elderly population: pearls and pitfalls. Curr Pain Headache Rep 2010; 14:409–17. 13.Ferrell BA, Ferrell BA, Rivera L. Pain in cognitively impaired nursing home patients. J Pain Symptom Manage 1995; 10:591–8. 14.Fuchs-Lacelle S, Hadjistavropoulos T. Development and preliminary validation of the Pain Assessment Checklist for Seniors with Limi......

Ver Índice

02/07/2015

Revisões Internacionais

Tratamento de Sintoma em Medicina Paliativa

...e câncer”, esta definição de fadiga também poderia ser aplicada com precisão aos pacientes com fadiga decorrente de outras condições limitadoras da vida. Entre os pacientes com câncer, as queixas de fadiga são mais prevalentes do que as queixas de dor11 e, assim como a dor, a fadiga é uma experiência subjetiva que pode ser avaliada de forma rotineira e tratada sempre que possível. As causas potenc......

Ver Índice

22/08/2012

Revisões Internacionais

Cefaleia – Randolph W. Evans

...r contínua, entorpecente ou latejante Paroxística a constante O exame neurológico resulta normal em 50% dos casos; pode haver alteração da consciência e achados focais A RM pode detectar o hematoma subdural isodenso ocasional que, por sua vez, pode não ser detectado pela varredura de TC ATS = artéria temporal superficial. PCR = proteína C reativa. VHS = velocidade de hemossedimentaçã......

Ver Índice

23/10/2012

Revisões Internacionais

Hemoglobinopatias e anemias hemolíticas – Elizabeth A. Price, Stanley L. Schrier

...osis of paroxysmal nocturnal hemoglobinuria. Blood 1996;87:5332–40. 26. Rosse WF, Hillmen P, Schreiber AD. Immune-mediated hemolytic anemia. Hematol Am Soc Hematol Educ Progr 2004;48–62. 27. Nishimura J, Kanakura Y, Ware RE, et al. Clinical course and flow cytometric analysis of paroxysmal nocturnal hemoglobinuria in the United States and Japan. Medicine (Baltimore) 2004;83:193–207. 28. ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...tação gastrintestinal. t Reforçar para evitar bebidas alcoólicas. t Informar para suspender o tabagismo ou, pelo menos, não fumar após a última dose do dia. Aspectos farmacêuticos t Armazenar os comprimidos a temperaturas entre 15 e 30 °C, proteger da luz e umidade. t Armazenar a solução injetável entre 4 e 30 °C, proteger da luz e do congelamento. Leve escurecimento da solução não afeta......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal