FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Cloridrato de Dobutamina" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Cloridrato de Dobutamina

... Metabolismo: hepático. • Excreção: renal. EFEITOS ADVERSOS2,5,7 • Taquiarritmias, ansiedade, tremores, dor anginosa (1 a 3%), hipertensão, palpitação (1 a 3%), extra-sistolia (5%). • Reação no local da injeção, flebite. • Hipocalemia. • Náusea (1 a 3%), vômito. • Dor de cabeça (1 a 3%), parestesia, cãibras nas pernas. • Dispnéia (1 a 3%). • ......

Ver Índice

16/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Dobutamina

...centração de 5.000 mcg/mL (5 mg/mL). Aparência da solução diluída: incolor. ATENÇÃO: soluções contendo dobutamina podem tornar-se rosa como resultado da leve oxidação da droga. Entretanto, não há comprometimento da potência do medicamento se os parâmetros de estabilidade forem respeitados. Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9%: temperatura ambiente (15 - 30°C): 24 horas; não refri......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006

Cloridrato de Hidroxocobalamina

...ão (6%-39%). • Náusea (6%-11%). • Cefaléia (6%-33%). • Coloração avermelhada na urina (100%). • Anafilaxia, angioedema, desenvolvimento de anticorpos, febre. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS1,2,3,4,7 • Redução de efeito de hidroxocobalamina: cloranfenicol, álcool, aminossalicilatos, colchicina, cimetidina, ranitidina, omeprazol, aminoglicosídeos, anticonvulsivantes e pre......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Cloridrato de Dopamina

...osos), pois a cessação abrupta pode causar hipotensão grave. • O fármaco tem sido estudado em um número limitado de pacientes pediátricos, porém não foram relatados problemas específicos nesta população que limite seu uso. • Categoria de risco gestacional (FDA): C (ver apêndice A). ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO1,4,5,115 Adultos • 2 a 5 microgramas/kg/minuto, por infusão intraven......

Ver Índice

07/04/2010

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006

Sulfato de Magnésio

...as, em nádegas alternadas, durante 24 horas depois da última convulsão. • Convulsões recorrentes podem requerer injeção intravenosa adicional de 2 g (4 g se o peso corporal for superior a 70 kg). Hipomagnesemia • Em hipomagnesemia moderada: 1 g (solução 10%), por via intramuscular profunda, alternando o local de aplicação, a cada 6 horas em 24 horas. • Em hipomagnesemia grave......

Ver Índice

17/12/2014

Remédios

Dobutamina

...0 mL ou 1000 mL, dando concentrações respectivamente de 1000 mcg/mL, 500 mcg/mL ou 250 mcg/mL. Atenção: não ultrapassar a concentração de 5000 mcg/mL (5 mg/mL). Aparência da solução diluída: incolor. Atenção: soluções contendo dobutamina podem tornar-se rosa como resultado da leve oxidação da droga. Entretanto, não há comprometimento da potência do medicamento se os parâme- tros de estabilidade......

Ver Índice

23/02/2009

Casos Clínicos

Tromboembolismo pulmonar

...em jejum. SF 0,9% 1.000 mL EV a cada 8 horas Em pacientes com tromboembolismo pulmonar e hipotensão, é recomendado reposição volêmica agressiva, que é realizada a critério clínico. Heparina: bolus de 80 U/kg EV, seguida de infusão a 18 unidades kg/hora A preferência, devido ao quadro de hipotensão, é por heparina convencional; após a correção, pode-se usar heparina de baixo peso mo......

Ver Índice

21/06/2010

Casos Clínicos

Drogas Antiparkinsonianas

...siderar seus efeitos a longo prazo no tratamento da doença. Infelizmente, não há nenhuma droga que tenha efeito comprovado na reversão ou diminuição da progressão da doença. O objetivo do tratamento é maximizar o controle dos sintomas e minimizar as consequências, a longo prazo, da doença e das complicações relacionadas as medicações. MANEJO E MEDICAÇÕES PARA O CONTRLE DO PARKINSON Educaç......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal