Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Creatina Fosfoquinase" obteve 10 resultados.

Página:  de 1

11/06/2012

Remédios

Pravastatina

... de colesterol-LDL e total). Como age Inibe seletivamente a redutase HMG-CoA (hidroximetilglutaril-coenzima A), uma enzima necessária para a síntese do colesterol. Reduz o LDL-colesterol e em menor escala os triglicérides. Aumenta um pouco o HDL-colesterol. Como se usa USO ORAL - DOSES • doses em termos de pravastatina sódica. • de preferência à noite, antes de deitar, com......

Ver Índice

01/10/2008

Revisões

Mialgia

...a decorre do fluxo migratório. O período de incubação depende da espécie causadora da doença: 8 a 12 dias para o P. falciparum, 13 a 17 dias para o P. vivax, e 18 a 30 dias para o P. malarie. O quadro clínico típico se constitui de mialgia, febre, calafrios, sudorese profusa e cefaléia em padrões cíclicos dependente do agente. A fase sintomática caracteriza o período de infecção, enquanto a fase e......

Ver Índice

24/05/2012

Remédios

Fluvastatina

...ara redução dos níveis elevados de colesterol total e LDL- colesterol). Como age Inibe seletivamente a redutase HMG-CoA (hidroximetilglutaril-coenzima A), uma enzima necessária para a síntese do colesterol. Reduz o LDL-colesterol e em menor escala os triglicérides. Aumenta um pouco o HDL-colesterol. Como se usa USO ORAL - DOSES • doses em termos de fluvastatina. • com ou sem ......

Ver Índice

18/06/2012

Remédios

Lovastatina

...urtido efeito. ADULTOS: iniciar com 20 mg por dia, em dose única. A dose máxima diária é de 80 mg. Ajuste de dosagem, caso seja necessário, deve ser feito a intervalos de 4 semanas. PACIENTE COM AUMENTO DO COLESTEROL LEVE A MODERADO: apenas 10 mg por dia. PACIENTE QUE UTILIZE DROGA IMUNOSSUPRESSORA OU QUE SOFRA DE INSUFICIÊNCIA RENAL GRAVE: não exceder 20 mg por dia. CRIANÇAS: efi......

Ver Índice

19/04/2010

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 5

...é mais sensível e predisposto à arritmias e fibrilação ventricular. Características do eletrocardiograma na hipotermia Quando ocorre diminuição da temperatura corpórea, a níveis de cerca de 30º C, surgem alterações no ECG, algumas características: · bradicardia sinusal, · aumento de duração do intervalo QT · onda J de Osborn A cara......

Ver Índice

18/06/2012

Remédios

Sinvastatina

...ck Sharp & Dohme); SINVASTACOR (Sandoz) Genérico Apresentações assinaladas com G Similar CLINFAR (Merck); LIPOTEX (Medley); SINVALIP (Sigma Pharma); SINVASCOR (Baldacci); SINVATROX (Legrand) Uso oral Comprimido 5 mg SINVASTACOR; G Comprimido 10 mg ZOCOR; G Comprimido 20 mg ZOCOR; G Comprimido 40 mg ZOCOR; G Comprimido 80 mg ZOCOR; G O que é Antilipêmico......

Ver Índice

27/12/2009

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Cloreto de Suxametônio

... via intramuscular profunda, preferencialmente no músculo deltóide, uu: 1,5 mg/kg, por via intravenosa. • Dose máxima total: 150 mg. Usar solução injetável sem diluição. Intubação Endotraqueal • Dar 1 mg/kg, por via intravenosa, ou 2-4 mg/kg, por via intramuscular, se veia adequada estiver inacessível. • Dose máxima total: 150 mg. • Por infusão intravenosa contínua: 10-......

Ver Índice

18/06/2012

Remédios

Naltrexona

...com cuidado: administra-se inicialmente 25 mg e observa-se o paciente por 1 hora. Se não houver manifestações de abstinência, administra-se outra dose de 25 mg, completando os 50 mg. A dose usual a seguir é de 50 mg por dia. • manutenção do tratamento: uma vez iniciado o tratamento, 50 mg de naltrexona a cada 24 horas produzem bloqueio clínico das ações de opioides administrados por via injet......

Ver Índice

13/12/2012

Revisões Internacionais

Miopatias inflamatórias idiopáticas – Frederick W. Miller

..., ajustada de acordo com o sexo e a idade, da ordem de 7,9 por milhão.15 As frequências recentemente aumentadas de MII podem refletir o aprimoramento das técnicas diagnósticas e maior integridade dos registros médicos, em vez de um aumento real da incidência de MII. Em adultos, a PM é mais comum do que a DM, enquanto esta é a forma predominante em crianças e adultos jovens. O risco de malignidade ......

Ver Índice

16/12/2013

Revisões Internacionais

Pneumonia e outras infecções pulmonares – Joel T. Katz

... antibiótica. Klebsiella pneumoniae e outros bacilos gram-negativos foram implicados em alguns casos de pacientes com este tipo de pneumonia bacteriana crônica, especialmente no contexto da desnutrição do hospedeiro. Mycobacteria e Actinomyces são causas comuns de infecção pulmonar crônica. Os fungos são particularmente comuns em pacientes tratados com corticosteroides. A infiltração persistente c......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal