FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Diabetes Mellitus Classificacao Diagnostico e Prevencao" obteve 47 resultados.

Página:  de 5

Aulas

Diabetes Mellitus: Classificação, Diagnóstico e Prevenção - Dra Érika B. Parente - 22min - 02/10

...Dra Érica Bezerra Parente discorre sobre a classificação, diagnóstico e prevenção do Diabetes Mellitus......

Conteúdo em vídeo

31/10/2013

Revisões Internacionais

Obesidade – Jonathan Q. Purnell

...os de tabela IV do DEA), contudo foram menos estudados e não tiveram a mesma aceitação que a fentermina na prática clínica. Por este motivo, a dietilpropiona e o mazindol não são discutidos com profundidade neste capítulo. A fentermina inibe o apetite e promove uma perda de peso média de 8,7 kg (perda de peso líquida igual a 5,1 kg em comparação ao placebo).112 Este agente é disponibilizado como ......

Ver Índice

08/08/2018

Revisões

Classificação, Diagnóstico e Etiologias do Diabetes Mellitus Tipo 2

...ran DIABETES GESTACIONAL Detectado primeiramente durante a gestação O diabetes tipo 1 e o diabetes tipo 2 são doenças heterogêneas; e a progressão, a apresentação e manifestações clínicas da doença podem variar consideravelmente. A classificação é importante para determinar a terapia; porém, em alguns indivíduos, não se pode classificar, no momento do diagnóstico, se o diabetes é do tipo ......

Ver Índice

30/08/2016

Revisões

dislipidemia

...-C baixando é improvável de ser alcançada no curto prazo por abordagens não farmacêuticas. A dose de estatina deve ser ajustada a cada quatro a seis semanas para atingir a meta. A terapia com estatinas para prevenção secundária deve ser iniciada o mais breve possível, sendo que em pacientes com infarto agudo do miocárdio deve ser iniciada ainda durante a hospitalização. A relação custo-eficácia d......

Ver Índice

26/03/2012

Revisões Internacionais

Insuficiência cardíaca – Mariell Jessup (MD)

...também devem investigar mais completamente o impacto da terapia médica na sobrevida de pacientes com ICFEP. Deve haver esforços contínuos no sentido de aumentar o número de pacientes tradicionalmente sub-representados (p. ex., mulheres e minorias) entre os inscritos nos estudos de insuficiência cardíaca. Por fim, de acordo com a ênfase dada pelas diretrizes do ACC/AHA, os clínicos devem se concent......

Ver Índice

01/04/2011

Biblioteca Livre

V. Risco de Doença Renal Crônica (DRC)

...ULAR, CEREBROVASCULAR E RENAL CRÔNICA – Cadernos de Atenção Básica n.º 14 [Link Livre para o Documento Original] MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Atenção Básica Série A. Normas e Manuais Técnicos BRASÍLIA / DF – 2006 V. Risco de Doença Renal Crônica (DRC) A doença renal crônica consiste em lesão, perda progressiva e irreversível da função dos rins. Os ......

Ver Índice

13/01/2014

Revisões Internacionais

Diagnóstico e tratamento da dislipidemia – John D. Brunzell, R. Alan Failor

...co. Compostos com atividade intestinal. Os sequestradores de ácido biliar estão entre os fármacos mais antigos a serem disponibilizados para tratamento da hipercolesterolemia e foram a 1ª classe de fármacos a demonstrar que a redução dos níveis de colesterol de LDL estava associada a um menor risco de DAC. No entanto, seu uso foi limitado pela tolerabilidade precária e por seus efeitos modestos ......

Ver Índice

19/05/2016

Revisões Internacionais

Cirrose e Complicações da Hipertensão Portal

...iência hepática. Os pacientes que não apresentarem varizes na endoscopia superior inicial deverão fazer exame endoscópico de acompanhamento depois de três anos ou no momento que ocorrer qualquer descompensação clínica.47 Os pacientes com varizes de pequeno porte e função hepática preservada (varizes de baixo risco) devem repetir a endoscopia em intervalos de dois anos.47 No caso de presença de v......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Meningites

...e pouco freqüentes, consistindo, principalmente, de manifestações locais como dor, edema e eritema local com duração de 1 a 2 dias. As manifestações sistêmicas são leves e pouco freqüentes, consistindo principalmente de febre baixa, com início até 48 horas após a aplicação da vacina e persistindo por 24 a 48 horas. No Brasil, estas vacinas estão indicadas no controle de surtos, não estando dispon......

Ver Índice

19/02/2013

Revisões Internacionais

Doenças glomerulares – Roman G.B. Bonegio / David J. Salant

... com obstrução das alças capilares, hialinose e adesão do tufo (setas). Tabela 3. Causas de GESF GESF primária (idiopática) Lesão de extremidade glomerular Lesão hilar Variante celular de GESF Glomerulopatia colapsante idiopática GESF secundária à massa renal reduzida e glomerulomegalia Hipoplasia/displasia renal Nefropatia de refluxo Estágios fin......

Ver Índice

Página:  de 5

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal