FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doenca Arterial Coronariana Cronica" obteve 163 resultados.

Página:  de 17

06/08/2010

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica – Definição, Diagnóstico e Estratificação de Risco

...propostas, e a abordagem fica a critério do clínico do paciente. A Tabela 8 resume os critérios de risco nos exames funcionais. Tabela 8: Estratificação de risco baseada em exames funcionais Baixo risco (< 1% de mortalidade/ano) Médio risco (1 a 3% de mortalidade/ano) Alto risco (> 3% de mortalidade/ano) Escore de risco no TE > 5 (DUKE) Disfunção ventricular dis......

Ver Índice

30/10/2013

Revisões

Doença Arterial Coronariana Crônica

...e valor prognóstico da série branca. Caso haja suspeita de doença de tireoide, solicita-se exame para verificação dos hormônios tireóideos, que podem representar a causa da isquemia. Para pesquisa de fatores de risco, indica-se os exames para checagem de glicemia e perfil lipídico, em jejum, que incluem colesterol total, colesterol HDL e triglicerídeos. Raio X de tórax Esse exame deve ser sol......

Ver Índice

04/06/2013

Revisões Internacionais

Angina estável crônica – Richard A. Lange – L. David Hillis

...es de Munchausen) ECG = eletrocardiograma. Tratamento Avaliação preliminar A avaliação de um indivíduo com dor torácica deve considerar as características dos sintomas e os fatores de risco ateroscleróticos, pois estas informações fornecem uma estimativa da probabilidade de DAC. Se a história e o exame físico sugerirem DAC, o paciente deve ser submetido a exames não inv......

Ver Índice

05/12/2016

Revisões Internacionais

Doença Cardiovascular em Pacientes com Doença Renal

...além disso, não chegaram a demonstrar os benefícios sobre a mortalidade. Por conseguinte, os benefícios do uso de antioxidantes para redução do risco cardiovascular ainda são incertos. Albuminúria A microalbuminúria é definida como excreção urinária de albumina de 30 a 300mg/dia ou uma razão entre albumina urinária (mg/dL) e creatinina (mg/dL) igual ou superior a 0,03 e inferior a 0,3. Já a a......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

...bios tromboembólicos diversos, como a trombose em sítios inusitados. O tromboembolismo venosa (TEV) engloba a trombose venosa profunda (TVP) e a embolia pulmonar (EP). É uma das principais doenças cardiovasculares, ao lado do infarto do miocárdio (IM) e do acidente vascular cerebral (AVC). Segundo estimativas nos Estados Unidos, a EP causa 100.000 a 180.000 mortes por ano.1, sendo a EP a causa......

Ver Índice

03/12/2015

Revisões Internacionais

Transplante renal 2 - cuidados do receptor de transplante de rim

...ção mediada por célula T Pode coincidir com as categorias 2, 5 e 6 4. Rejeição mediada por célula T (pode coincidir com as categorias 2, 5 e 6) Rejeição aguda mediada por célula T: I. Infiltração tubulointersticial A. Tubulite moderada B. Tubulite grave II. Envolvimento vascular A. Arterite intimal leve a moderada B. Arterite intimal grave III. Arterite transmural ou necrose......

Ver Índice

29/03/2011

Biblioteca Livre

X. Hipertensão em Populações Especiais

...0/90 mmHg. Em alguns pacientes muito idosos é difícil reduzir a pressão abaixo de 140 mmHg, mesmo com boa adesão e múltiplos agentes. Nestes casos, afastada causas secundárias, pode-se aceitar reduções menos acentuadas de pressão arterial sistólica (por exemplo 160 mmHg). Os estudos mostram que o tratamento da hipertensão no idoso reduz a incidência de déficit cognitivo. Hipertensos com mais de 8......

Ver Índice

27/07/2017

Revisões Internacionais

Doenças Pericárdicas, Tumores Cardíacos e Traumas Cardíacos

...lmente o PFE seja encontrado com frequência em pacientes vivos. Rabdomiomas e fibromas são os tumores cardíacos benignos mais comuns em crianças. Os rabdomiomas cardíacos na primeira infância e na infância geralmente estão associados à esclerose tuberosa, e apresentam alta incidência de regressão espontânea.59 Mixoma Cardíaco Os MCs são mais frequentes entre a terceira e sexta décadas de vi......

Ver Índice

18/09/2014

Revisões

Insuficiência Cardíaca

... O volume saguíneo intratorácico aumenta na posição horizontal, e o ventrículo esquerdo não é capaz de bombear esse volume extra de sangue, causando aumento de pressão venosa e capilar pulmonar. Ocorre tosse não produtiva por congestão pulmonar. Ataques súbitos de dispneia paroxística acontecem à noite, ao acordar o paciente, e podem estar associados a padrão respiratório tipo Cheyne-Stokes. O br......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...ependentes ser confirmada por um ensaio sensível, como o ELISA para PF4-heparina. Do mesmo modo, como a reexposição à heparina pode deflagrar a recorrência dos anticorpos heparina-dependentes, este anticoagulante somente deve ser usado durante o procedimento propriamente dito. Além disso, um curso de anticoagulante alternativo deve ser iniciado no pós-operatório, para fins de profilaxia contra as ......

Ver Índice

Página:  de 17

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal