FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Estado de Mal Convulsivo na Infancia" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

10/03/2011

Revisões

Crise Convulsiva Febril

...eurológica pregressa não esclarecida ou investigada; • pós-ictal com alterações neurológicas persistentes; • crises complexas recorrentes. A ressonância magnética é superior à tomografia computadorizada, especialmente se houver um quadro inflamatório ou estrutural subjacente. Prognóstico Fatores de risco para desenvolver 1a crise febril: • distúrbio neurológico não epiléptico de bas......

Ver Índice

25/11/2016

Revisões Internacionais

Epilepsia e transtornos relacionados

... do sono. Os pacientes não conseguirão mais fazer RNM no corpo; a RNM do cérebro ainda será possível em centros médicos terciários com determinados tipos de espirais para uso na cabeça (tipo de transmissão e recepção a 1,5T). Além da eficácia, um dos benefícios da ENV é que os pacientes não estão sujeitos aos efeitos colaterais típicos dos AEDs (isto é, interações medicamentosas, erros na dosagem......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

F

...ema, prurido) t Náusea, vômitos, dores abdominais, dispepsia, distúrbio de paladar, flatulência, diarreias em aproximadamente 1,5-8,5% dos pacientes. t Elevação transitória das enzimas hepáticas (5-11%), necrólise hepática e outros, disfunção hepática. t Hiperlipidemia, hiperglicemia, leucopenia, trombocitopenia, hipopotassemia. t Prurido, exantema, incluindo exantema difuso acompanhado de eos......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...nomida, micofenolato de mofetila e micofenolato de sódio, sirolimo, tacrolimo, citostáticos alquilantes e antimetabólitos): aumentam o risco de infecção pelo vírus do sarampo e/ou reduzem a efetividade da vacina. Recomenda-se um intervalo de 3 meses a 1 ano entre o encerramento da terapia imunossupressora e a vacinação ou, quando possível, a vacina deve ser administrada 2 a 4 semanas antes do in......

Ver Índice

08/03/2010

Revisões

O clínico geral e o paciente psiquiátrico

... tratamento de pacientes ansiosos e deprimidos. A eliminação dos sintomas residuais e a busca pela remissão melhoram a qualidade de vida dos pacientes e evitam futuras recaídas. Estar atento a sintomas após a remissão dos sintomas depressivos ou ansiosos Apesar da boa resposta terapêutica, transtornos ansiosos e episódios depressivos frequentemente apresentam curso crônico. Devemos estar aten......

Ver Índice

06/01/2014

Revisões Internacionais

Doenças virais agudas do sistema nervoso central

...gite linfocítica recorrente.56 O diagnóstico é confirmado pela amplificação por PCR do DNA do HHV-6 presente no LCS. Há relatos do uso terapêutico do cidofovir e do foscarnet,57 mas o número insuficiente de casos relatados não permite saber se a terapia antiviral é efetiva. Papovavírus BK O papovavírus BK é parente do vírus JC, causador de leucoencefalopatia multifocal progressiva. Assim como......

Ver Índice

22/10/2015

Revisões Internacionais

Complicações neurológicas do câncer

...; NMDAR = receptor do N-metil-D-aspartato; NMO = neuromielite óptica; PCA = autoanticorpos da células de Purkinje; SCLC = câncer de células pequenas do pulmão; VGKC = canal de potássio controlado por voltagem. Epidemiologia As síndromes paraneoplásicas se subdividem em quatro grandes categorias: síndromes paraneoplásicas neurológicas, endócrinas, mucocutâneas e hematológicas. Nesta seção foc......

Ver Índice

22/08/2012

Revisões Internacionais

Cefaleia – Randolph W. Evans

... tratamento com corticosteroides orais (p. ex., 60 mg/dia de prednisona e afunilamento no decorrer de 2 semanas) pode promover uma redução modesta da dor aguda em casos de herpes zóster, mas não diminui o risco de NPH nem é utilizado por muitos médicos devido à preocupação com os possíveis efeitos colaterais. Um curso de 1 semana de terapia com famciclovir (500 mg a cada 8 horas) ou valaciclovir (......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...nte, entre 15 e 25 oC e ao abrigo da luz. t Observar orientação específica do produtor quanto a diluição, compatibilidade e estabilidade da solução. t O citrato de fentanila é compatível com soluções injetáveis de glicose 5% e cloreto de sódio 0,9%. t Incompatível com: azitromicina, pantoprazol sódico, dantroleno sódico, fenitoína sódica, diazóxido, sulfametoxazol-trimetoprima, fenobarbital sód......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal