Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Gerenciamento de Risco e Seguranca do Paciente" obteve 211 resultados.

Página:  de 22

14/05/2013

Hospitalar

Usando os padrões da Joint Commission para gerenciar o fluxo de pacientes e prevenir a superlotação

...o continuada de todos os profissionais; · dados para medir o desempenho dos processos e resultados do cuidado. Os líderes são responsáveis por criar declarações de visão, missão e objetivos. O plano do hospital para os serviços deve especificar que cuidado, tratamento e serviços são proporcionados diretamente e quais são oferecidos por meio de consultoria, contrato ou outro acordo. Servi......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Usando os padrões da Joint Commission para gerenciar o fluxo de pacientes e prevenir a superlotação

...ta, o hospital providencia ou ajuda a família a preparar os serviços necessários para satisfazer as necessidades do paciente após a saída do hospital. 9. São dadas instruções escritas de alta ao paciente e/ou àqueles responsáveis pela prestação do seu cuidado contínuo, de forma clara e compreensível. Este padrão trata da alta de um paciente, o que é relevante para o pronto-socorro já que o......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Avaliação de competências e concessão de privilégios clínicos

...ivilégios clínicos”, neste capítulo. Inexistência de departamentos clínicos Nos casos em que as equipes assistenciais não têm departamentos clínicos, a Joint Commission exige que todos os indivíduos sejam privilegiados conforme recomendações feitas por mecanismos especialmente estabelecidos nos regimentos das equipes assistenciais ou dos corpos diretivos. Tais mecanismos também podem ser defi......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Avaliação de competências e concessão de privilégios clínicos

...m doutor em medicina (MD) ou em osteopatia (DO) para MDs ou DOs; · um doutor em cirurgia odontológica (DDS) ou em medicina odontológica (DMD) para DDS ou DMDs; · um doutor em medicina pediátrica (DPM) para DPMs; · um psicólogo para psicólogos. O contato entre profissionais de áreas afins costuma existir ainda que eles não trabalhem nos mesmos hospitais. Deve-se aproveitar ess......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...orporado no sistema de entrada de pedido eletrônico da instituição. Destaque 4.2 Razões aprovadas para cateterização urinária As diretrizes de prevenção de ITUAC do CDC listam os itens a seguir como as únicas razões aceitáveis para o uso de cateter urinário:7 · Para uso perioperatório durante procedimentos cirúrgicos selecionados, como cirurgia urológica, cirurgia de estr......

Ver Índice

14/05/2013

Qualidade e Segurança

Controle de infecções relacionadas à assistência à saúde

...n-Resistant Enterococci (VRE). www.cdc.gov/ncidod/dhqp/ar_vre.html (acessado em 15 de maio de 2010). 49. Centers for Disease Control and Prevention: Information for the Public About VRE. www.cdc.gov/ncidod/dhqp/ar_VRE_publicFAQ.html (acessado em 15 de maio de 2010). 50. Ott M., Wirick H.: Vancomycin-resistant enterococci (VRE) and the role of the healthcare worker. Can Oper Room Nurs J, 26......

Ver Índice

28/02/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Classificação Internacional para a Segurança do Paciente da OMS – Conceitos Fundamentais

...Detecção, Fatores de Mitigação, Ações de Melhoria e Ações Tomadas para Diminuição do Risco · Caracterização Clínica: agrupa os incidentes em categorias que possuem significado clínico. ü Tipo de Incidente e Desfechos do Paciente · Informações Descritivas: basicamente toda informação que descreve o contexto do incidente para melhor caracterizá-lo e contextualizá-lo. ü Caracter......

Ver Índice

27/06/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Clopidogrel x Inibidores de Bomba de Prótons em Pacientes Coronarianos

... da possibilidade da má-indicação de uso dos IBP´s, muitas vezes prescritos por medo de sangramentos de TGI por parte do médico, muito mais do que porque o paciente tem uma indicação precisa de uso. Racionalizar a prescrição dos pacientes é algo fundamental na prática clínica que visa a segurança do paciente, ainda mais quando as evidências vão nos mostrando os riscos a que podemos expor nossos pa......

Ver Índice

28/07/2011

Artigos

Longos tempos de espera no pronto-socorro geram maior mortalidade

...retanto, as estatísticas mostram que até 85% dos pacientes recebem alta após a consulta de PS. Os longos tempos de espera podem influenciar como o médico faz o atendimento e potencializam a evasão de pacientes que vão embora sem passar por avaliação médica. Não se sabe se esse tempo de espera prolongado, ao criar as circunstâncias descritas, também influencia os desfechos desses pacientes consider......

Ver Índice

10/07/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Objetivos da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...fetivamente para o risco de elevada perda de sangue. 5. A equipe irá evitar induzir qualquer alergia ou reação adversa a medicamento conhecido por ser um risco significativo para o paciente. 6. A equipe irá consistentemente usar métodos conhecidos para minimizar os riscos de infecção do sítio cirúrgico. 7. A equipe irá impedir a retenção inadvertida de instrumentos ou co......

Ver Índice

Página:  de 22

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal