FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Glicerina" obteve 14 resultados.

Página:  de 2

15/01/2015

Remédios

Glicerina

...icação não disponibilizada. Amamentação dados não disponibilizados. Não usar o produto apendicite; paciente em recuperação de cirurgia retal; sangramento retal não diagnosticado. Avaliar riscos x Benefícios colite ulcerativa; deficiência de glicose-6-fosfatodesidrogenase; infecção; histórico de hemólise. Reações mais comuns (ocorrem em pelo menos 10% dos pacientes) Gastrintesti......

Ver Índice

02/02/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Permanganato de Potássio

...lusivos. ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO1-3,6,8 Adultos e Crianças • Preparar uma solução aquosa concentrada a 0,1% (1:1.000), dissolvendo 100 mg de permanganato de potássio em 100 mL de água filtrada ou fervida; diluir 100 mL da solução concentrada para 1,0 Litro (1:10), obtendo-se uma solução a 0,01% (1:10.000). • Aplicar a solução a 0,01%, na forma de banhos ou compressas, 2 a 3 veze......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...ritério de confirmação de caso, observação do animal, espécie, história de vacinação e outras informações de acordo com a situação de cada caso. Se não houve tratamento atual, identificar as razões; • Acompanhar a evolução dos pacientes e os resultados dos exames laboratoriais específicos. Para Identificação da Área de Transmissão No local de ocorrência da exposição, identificar fatores......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Poliomielite

... considerado como sendo semelhante ao vírus vacinal se o número de mutações for de até 0,9%. A partir de 1%, o vírus é considerado como poliovírus vacinal derivado. Os vírus derivados readquirem as características biológicas dos poliovírus selvagens, tais como neurovirulência e capacidade de circulação por tempo prolongado na comunidade. Para a vigilância epidemiológica, estes vírus devem ser cons......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

.... As amostras de secreção respiratória coletadas devem ser mantidas em temperatura adequada de refrigeração (4 a 80°C) e encaminhadas aos LACENs no mesmo dia da coleta. 4. Transporte e Acondicionamento de Amostras Todas as unidades coletoras (Hospitais de Referência) deverão encaminhar as amostras ao Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) de seu Estado ou Distrito Federal acompanhadas ......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...antes das refeições, antes de tocar os olhos, boca e nariz E após tossir, espirrar ou usar o banheiro • Evitar tocar os olhos, nariz ou boca após contato com superfícies; • Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis) a boca e nariz ao tossir ou espirrar, para evitar disseminação de aerossóis; • Indivíduos que sejam casos suspeitos ou confirmados devem evitar entrar em co......

Ver Índice

16/05/2010

Revisões

Protocolo de Manejo Clínico de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) - 22-04-10

...is de saúde são: • Troque as luvas sempre que entrar em contato com outro paciente; • Troque as luvas também durante o contato com o paciente, se for mudar de um sítio corporal contaminado para outro, limpo, ou quando estas estiverem danificadas; • Nunca toque desnecessariamente superfícies e materiais (tais como telefones, maçanetas, portas) quando estiver com luvas para evit......

Ver Índice

18/11/2014

Revisões

Reabilitação da lesão da medula espinal

...ransferências e locomoção em cadeira de rodas; ortostatismo com órteses mecânicas com cinto pélvico ou elétricas, marcha não-funcional em ambientes internos e curtas distâncias com andador (dois pontos). Não há restrições para dirigir automóveis adaptados. Nível T6-10. Preservação total dos músculos extensores superiores dorsais e parcial dos abdominais superiores. Objetivos funcionais: indep......

Ver Índice

19/12/2014

Revisões

Dor no câncer

...ole da dor. Rio de Janeiro: INCA, 2002. p.53-56. _____. Cuidados paliativos oncológicos: controle da dor. Rio de Janeiro: INCA, 2002. p.60-66. BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Instituto Nacional de Câncer. Coordenação de Prevenção e Vigilância. Estimativa 2006: incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA, 2005. p.25-27. BRUCE, E.H.; JAMES, N.I. American Socie......

Ver Índice

08/08/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de manejo clínico e vigilância epidemiológica da Influenza

...c.); - Devem ser reforçadas as orientações sobre as medidas de prevenção não farmacológicas. e) Tratamento de casos, em situação de surto Se, durante a investigação de surto em comunidades fechadas/ambientes restritos, forem detectados casos de doença respiratória aguda grave ou indivíduos com síndrome gripal com fatores de risco para complicações da doença - que requeiram tratamento es......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal