FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Heparina" obteve 275 resultados.

Página:  de 28

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...ncluir o tratamento do episódio agudo de TEV; e (2) prevenir a recorrência de TEV. Para alcançar o 1º objetivo do tratamento agudo da TEV, a limitação da duração da anticoagulação em 4 a 6 semanas é comprovadamente inadequada, além de estar associada ao aumento da recorrência de TEV e, portanto, não é recomendada.171,172 Uma exceção é a TVP distal isolada (isto é, em que o trombo não envolve as ve......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

... 2008;134(2):250-4. 74. Lankeit M, Konstantinides S. Tenecteplase can be given to patients with intermediate-risk pul­monary embolism: but should it? Thromb Res. 2010;126(6):e407-8. 75. Tebbe U, Bramlage P, Graf A, Lechleitner P, Bode C, Riess FC, et al. Desmoteplase in acute massive pulmonary thromboembolism. Thromb Haemost. 2009;101(3):557-62. 76. Leacche M, Unic D, Goldhaber SZ, Rawn J......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Heparina Sódica

...ina subcutânea, não há necessidade de monitorização laboratorial por meio de TTPA. • Monitorizar a concentração plasmática de potássio em crianças em risco de hipercalemia, principalmente se for previsto o uso de heparina por mais de 7 dias. • Pelo risco de trombocitopenia induzida por heparina a partir de 5-10 dias de uso, proceder à contagem de plaquetas antes de iniciar tratamento c......

Ver Índice

10/10/2012

Revisões Internacionais

Infarto agudo do miocárdio – Peter B. Berger

...on Therapy (HART II). Circulation 2001;104:648. 113.Simoons M, Krzeminska-Pakula M, Alonso A, et al. Improved reperfusion and clinical outcome with enoxapa­rin as an adjunct to streptokinase thrombolysis in acute myo cardial infarction. The AMI-SK Study. Eur Heart J 2002;23:1282. 114.Assessment of the Safety and Effi cacy of a New Thrombo­lytic Regimen (ASSENT)-3 Investigators. Effi cacy......

Ver Índice

28/04/2011

Artigos

Dalteparina vs. Heparina em Pacientes Críticos

...P, mas com uma redução de apenas 1% no risco absoluto, o que significa um NNT de 100 para prevenir um evento. A aplicação clínica desta pequena diferença deve levar em conta o conforto do paciente (uma injeção vs. duas) e o custo (bem maior com a dalteparina). Além disso, outro fator a ser considerado é a função renal. Embora os autores tenham escolhido a dalteparina baseados em um estudo prévio d......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Heparina

...ulante. PARA QUE SERVE Coagulação intravascular disseminada (tratamento); tromboembolismo (prevenção); tromboembolismo pulmonar (prevenção e tratamento); trombose venosa profunda (prevenção e tratamento). COMO AGE A heparina inibe a coagulação por potencializar a ação da antitrombina III sobre diversos fatores da coagulação. COMO SE USA Uso Injetável • a heparina é muito ácida......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Heparina

...el – Preparação •a heparina é muito ácida; não administrar heparina misturada ou na mesma linha com outras medicações; a heparina é incompatível com soluções tamponadas com fosfato ou soluções contendo carbonato de sódio ou oxalato de sódio. Heparina – Via subcutânea Não usar se houver alteração de cor ou precipitados. Heparina – Intravenosa direta Não usar se houver alteração de cor ou pr......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...m heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada, possivelmente associadamente a métodos mecânicos. Nos pacientes nos quais houver contraindicação devido a risco de sangramento, é recomendada a profilaxia mecânica com compressão pneumática intermitente ou meias de compressão gradual. Queimaduras Pacientes com queimaduras e fatores de risco adicionais para tromboembolismo venoso ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...IRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importante ressaltar que, para os pacientes nos quais for indicada a profilaxia, esta geralmente deve ser mantida até a alta hospi......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...são pela pouca disponibilidade do primeiro e pela necessidade de monitoramento relacionada à segunda medicação. PACIENTES CLÍNICOS Apesar de o tromboembolismo venoso ser considerado principalmente em pacientes com cirurgia e trauma recente, 50 a 70% das embolias pulmonares ocorrem em pacientes clínicos, e este risco pode ser reduzido em 70% com profilaxia adequada. Recomendações · Indi......

Ver Índice

Página:  de 28

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal