FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Heparina" obteve 302 resultados.

Página:  de 31

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

... saudáveis é de cerca de 2,3%. Assim como o fator V de Leiden, esta mutação é bastante rara em asiáticos e africanos. Diferente do fator V de Leiden, a mutação é mais comum em sul-europeus do que em norte-europeus.43 O risco relativo de trombose em indivíduos com esta mutação é de 2,8, e este valor é similar ao do risco relativo apresentado por indivíduos com fator V de Leiden.44 A mutação pode se......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

...uma resolu­ção mais completa das obstruções tromboembóli­cas do que anticoagulantes e que eles melhoram a perfusão capilar e a difusão. Atenção Como a estreptocinase é antigênica, exposições prévias e infecções estreptocócicas colocam o paciente em risco de reação alérgica, de gravi­dade variável. Vale lembrar que a FDA aprovou o t-PA (atualmente produzido em forma recombin......

Ver Índice

24/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Heparina Sódica

...er dada com ácido acetilsalicílico para evitar efeito rebote pós-suspensão de heparina. • Categoria de risco na gravidez (FDA): C (ver apêndice A). ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO1,3 Adultos Profilaxia de Trombose Venosa Profunda Esquema de minidoses • 5.000 UI, por via subcutânea profunda, 2 horas antes da cirurgia e, depois, a cada 8 ou 12 horas, por 7 dias, até que o paciente estej......

Ver Índice

10/10/2012

Revisões Internacionais

Infarto agudo do miocárdio – Peter B. Berger

... et al. Comparison of angioplasty with stenting, with or without abciximab, in acute myocardial infarction. N Engl J Med 2002;346:957. 91. Grines CL, Cox DA, Stone GW, et al. Coronary angioplasty with or without stent implantation for acute myocardial infarction. Stent Primary Angioplasty in Myocardial Infarction Study Group. N Engl J Med 1999;341:1949. 92. Schomig A, Kastrati A, Dirsching......

Ver Índice

28/04/2011

Artigos

Dalteparina vs. Heparina em Pacientes Críticos

...xo de 50.000/mm3 ou a menos de 50%, outro anticoagulante era iniciado juntamente com a profilaxia mecânica. Nestes casos, era realizado teste diagnóstico para plaquetopenia induzida por heparina. Após 2 dias da admissão e então duas vezes por semana, realizava-se USG do sistema venoso proximal de membros inferiores para avaliar sua compressibilidade e, então, diagnosticar TVP. Este foi o desfecho......

Ver Índice

23/07/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Heparina

...ubcutânea, 2 horas antes da cirurgia e a seguir a cada 12 horas, por aproximadamente 7 dias. Coagulação Intravascular Disseminada 50 a 100 UI por kg de peso corporal, via intravenosa, a cada 4 horas. Descontinuar o uso do produto se não houver melhora dentro de 4 a 8 horas. Crianças Coagulação Intravascular Disseminada 25 a 50 UI por kg de peso corporal, via intravenosa, a cada 4 horas.......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Heparina

...entro de 4 a 8 horas. Crianças coagulação intravascular disseminada: 25 a 50 UI por kg de peso corporal, via intravenosa, a cada 4 horas. Descontinuar o uso do produto não houver melhora dentro de 4 a 8 horas. Cuidados especiais Risco na gravidez Classe C Amamentação não é eliminada no leite; mas, ainda que raramente, pode causar na mãe que amamenta grave osteoporose e colapso verte......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...lecular ou heparina não-fracionada. Esta é preferível pelo menor custo, sendo utilizada na dose de 5.000 unidades a cada 8 horas. Cirurgias com Risco Particularmente Alto de Tromboembolismo Nas cirurgias em pacientes com múltiplos fatores de risco para tromboembolismo venoso, é recomendado que a profilaxia medicamentosa seja associada a métodos mecânicos. Cirurgias em Pacientes com Alto R......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...O A embolia pulmonar é uma das principais causas de óbito hospitalar, representando aproximadamente 10% dos óbitos dos pacientes internados. Além disso, associadamente às consequências da trombose venosa profunda, é motivo de grande morbidade, em decorrência de síndrome pós-trombótica e hipertensão pulmonar secundária. Sem profilaxia adequada, 40 a 60% dos pacientes clínicos e cirúrgicos de alt......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...nicos, e este risco pode ser reduzido em 70% com profilaxia adequada. Recomendações · Indicar profilaxia nos pacientes clínicos admitidos no hospital com insuficiência cardíaca ou doença respiratória severa. · Indicar profilaxia nos pacientes acamados e com um ou mais fatores de risco adicionais, incluindo câncer, tromboembolismo prévio, sepse, doença neurológica aguda e doença inflamatór......

Ver Índice

Página:  de 31

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal