FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Identificacao de Criancas de Baixo Risco de Lesoes Cerebrais Apos Trauma de Cranio" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

10/10/2009

Artigos

Identificação de crianças de baixo risco de lesões cerebrais após trauma de crânio

...do os pais No grupo de derivação 4529 (53,3%) de 8502 crianças abaixo de 2 anos não tinham nenhum dos critérios de risco e no grupo de validação 1176 (53,1%) de 2216 crianças abaixo de 2 anos não tinham nenhum dos critérios de risco. No grupo de validação a regra de predição (nenhum preditor versus pelo menos um preditor presente) apresentou valor preditivo negativo d......

Ver Índice

10/10/2009

Artigos

Identificação de crianças de baixo risco de lesões cerebrais após trauma de crânio

... análise, a idade média foi de 7,1 anos, sendo que 25% tinham menos de 2 anos. Os mecanismos de lesão foram queda de altura (27%), queda da própria altura ou correr contra objetos estacionários (17%), passageiro de acidente automobilístico (9%), assalto (7%), relacionado a esporte (7%), queda ou colisão de bicicleta (4%), atropelamento (3%), batida de outros meios de transporte com rodas (2%), atr......

Ver Índice

24/04/2019

Revisões Internacionais

Distúrbios na Junção Neuromuscular

... Medicamentos que revelam ou exacerbam MG Antimicrobianos Aminoglicosídeos, clindamicina polimixina, fluoroquinolonas, azitromicina, eritromicina, quinino, tetraciclinas, sulfonamidas, penicilinas, nitrofurantoína. Agentes antiarritmicos Lidocaína, quinidina, procainamida Corticosteroides Magnésio (parenteral) Agentes de bloqueio neuromuscular Agentes despolarizantes e não despolarizant......

Ver Índice

06/06/2016

Revisões Internacionais

Fibromialgia – John Buckner Winfield

...he relation between tender points and fibromyalgia symptom variables: evidence that fibromyalgia is not a discrete disorder in the clinic. Ann Rheum Dis 1997;56:268–71. 2. Hauser W, Schmutzer G, Brahler E, Glaesmer H. A cluster within the continuum of biopsychosocial distress can be labeled “fibromyalgia syndrome” — evidence from a repre­sentative German population survey. J Rheumatol ......

Ver Índice

11/07/2014

Revisões

Emergências Neurológicas

...vidência de que esteja relacionado à evolução. Ocorrem hemiparesia e alterações pupilares,e frequentemente elas auxiliam na identificação do hemisfério afetado. Diagnóstico A TCC sem contraste é o exame de escolha. Ela evidencia uma massa em forma de crescente (meia-lua), hiperatenuante, adjacente à tábua interna. A maioria dos hematomas localiza-se na convexidade encefálica, mas podem apre......

Ver Índice

24/02/2017

Revisões Internacionais

Cuidados Neurointensivos

...ar esses tratamentos, embora não seja uma necessidade premente nas UTIs devido ao longo período de latência para o início dos efeitos. Troca de plasma e imunoglobulina intravenosa. Desde a primeira vez em que a TP foi utilizada no tratamento de MG na década de 1970, seus efeitos benéficos na fraqueza causada pela doença foram documentados em diversos estudos não controlados de desenhos variados.6......

Ver Índice

15/09/2008

Revisões

Trauma de Crânio

... utilizar critérios clínicos de gravidade que indiquem sua realização (tabela 4). · A RM tem um papel limitado na avaliação de TCE agudo. Seu uso é importante em uma fase subaguda para identificar lesões menores em pacientes com déficits neurológicos não justificados. · As contusões por golpe ocorrem no local do impacto enquanto contusões por contragolpe ocorrem no cérebro, diame......

Ver Índice

26/05/2015

Revisões Internacionais

Neuroftalmologia

...lsy. Arch Ophthalmol 1998;116: 723–7. 110. Bortolami R, D’Alessandro R, Manni E. The origin of pain in ‘ischemic-diabetic’ third-nerve palsy. Arch Neurol 1993; 50:795. 111. Capo H, Warren F, Kupersmith MJ. Evolution of oculomotor nerve palsies. J Clin Neuroophthalmol 1992; 12:21–5. 112. Baker RS, Epstein AD. Ocular motor abnormalities from head trauma. Surv Ophthalmol 1991; 35:......

Ver Índice

08/12/2009

Revisões

Introdução à Radiologia

...ontas de água, luz, impostos, conserto de equipamentos quebrados etc. Está cada dia mais difícil de abrir uma clínica radiológica particular. Por que existe o radiologista? Os médicos das diferentes especialidades não podem ver os exames e interpretá-los? Além dos exames que o radiologista realiza estando diretamente envolvido, como exames contrastados e ultrassonográficos, ele faz procedimen......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal