FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Influenza a H1n1 Protocolo de Manejo Clinico e Vigilancia Epidemiologica da Influenza" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

08/08/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de manejo clínico e vigilância epidemiológica da Influenza

...pela complexidade da técnica utilizada. b.1) Técnica para a coleta • Preferencialmente, utilizar a técnica de aspirado de nasofaringe com frasco coletor de secreção, pois a amostra obtida por essa técnica pode concentrar maior número de células. • Na impossibilidade de utilizar a técnica de aspirado de nasofaringe, como alternativa, poderá ser utilizada a técnica de swab combinado ......

Ver Índice

16/05/2010

Revisões

Influenza A (H1N1) – Ações da Atenção Primária à Saúde - 25-03-10

... na entrada e na saída de áreas com pacientes infectados; • Imediatamente após retirar as luvas; • Imediatamente após o contato com sangue, fluidos corpóreos, secreções, excreções e/ou objetos contaminados, independentemente de o contato ter ocorrido com ou sem o uso de luvas (neste último caso, quando se tratar de um contato inadvertido); • Entre procedimentos em um mesmo pacien......

Ver Índice

16/05/2010

Revisões

Protocolo de Manejo Clínico de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) - 22-04-10

...ostra de secreção nasofaringeana até o 7º dia de início dos sintomas; • Orientar o afastamento temporário, de acordo com cada caso, das atividades de rotina (trabalho, escola, etc.), avaliando-se o período de transmissibilidade da doença; • Utilizar equipamentos de proteção, individual conforme orientações deste Protocolo; e • O paciente, uma vez instalado o quadro de Síndrome G......

Ver Índice

12/09/2009

Revisões

Revisão sobre gripe suína - Influenza A (H1N1)

... a) Para tratamento Segundo orientações do fabricante e da Organização Mundial da Saúde, o tratamento deve-se iniciar o mais breve possível dentro das primeiras 48 horas após o início dos sintomas. Como em toda prescrição terapêutica, atentar para as interações medicamentosas, as contra-indicações formais e os efeitos colaterais descritos na bula do medicamento. Este medicamento pode ainda induzi......

Ver Índice

21/06/2013

Biblioteca Livre

Protocolo de Tratamento de Influenza – 2013

...atores de risco para complicações, independentemente da situação vacinal. Esta indicação fundamenta-se no benefício que a terapêutica precoce proporciona, tanto na redução da duração dos sintomas quanto na ocorrência de complicações da infecção pelos vírus da influenza, em pacientes com condições e fatores de risco para complicações. Observação: Em pacientes com condições e fatores de risco......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza Pandêmica A(H1N1)2009

...se, podem ser coletados fragmentos do miocárdio (ventrículo direito e esquerdo), do SNC (córtex cerebral, gânglios basais, ponte, medula e cerebelo); e do músculo esquelético, respectivamente; · Espécimes de qualquer outro órgão, mostrando aparente alteração macroscópica, podem ser encaminhados para investigação da etiologia viral. Acondicionamento das amostras 1. Para diagnóstico vi......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

... de notificação, atualizar ou incluir no campo “informações adicionais” as atualizações sobre data de início do tratamento com Oseltamivir e as medidas complementares adotadas. • A notificação de eventos adversos ao medicamento deve ser feita à ANVISA por meio do endereço eletrônico anvisa@saude.gov.br. Maiores informações acesse www.anvisa.gov.br. VIII. MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE ......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

...o e responsáveis pela retirada de produtos e roupas sujas da unidade de isolamento. Porém recomenda-se que o mínimo de pessoas entre no isolamento. · Todos os profissionais de laboratório, durante coleta, transporte e manipulação de amostras de secreção respiratória de pacientes suspeitos de infecção por Influenza A (H1N1). · Familiares e visitantes que mantenham contato com pacientes ......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...etabólica crônica (diabetes, por exemplo), imunodeficiência ou imunodepressão, gravidez, doença crônica renal e hemoglobinopatias. As complicações pulmonares mais comuns são as pneumonias bacterianas secundárias, principalmente pelos agentes Streptococcus pneumoniae, Staphylococcus e Haemophillus Influenzae. Nos imunocomprometidos, o quadro clínico e, geralmente, mais arrastado e, muitas vezes, ma......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Influenza

...H5N1. · Para investigação de surtos por Influenza sazonal - Ocorrência de, pelo menos, 3 indivíduos com historia de febre (ainda que referida), acompanhada de tosse ou dor de garganta, na ausência de outros diagnósticos, em uma comunidade fechada ou semifechada (ex.: asilos e clínicas de repouso, creches, unidades prisionais ou correcionais, população albergada; dormitórios coletivos, bases m......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal