FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Micoses Superficiais" obteve 18 resultados.

Página:  de 2

02/02/2010

5 Antiinfectantes

Antifúngicos tópicos

...o do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Antifúngicos tópicos Antifúngicos tópicos 5.2.2 Antifúngicos tópicos 5.2 Antifúngicos 5 Antiinfectantes SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 Guias do Ministério da Saúde Bib......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Eczemas

...ies extensoras dos membros superiores ou inferiores, ou mesmo generalizar-se. O prurido pode variar de moderado a intenso. O Eczema pré-puberal caracteriza-se pelo acometimento de dobras cutâneas (pregas cubitais, poplíteas, pescoço, punhos, tornozelos e unguinais), com lesões eritematosas, podendo haver espessamento da pele (liquenificação). De um modo geral essa dermartose evolui em surtos tende......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Sistêmicos

...eludo. Micoses endêmicas, tais como blastomicose, cromoblastomicose, coccidioidomicose, histoplasmose e paracoccidioidomicose, são patógenos verdadeiros e podem, de outro lado, causar doença em pessoas sadias. Outros fungos, tais como Aspergillus, Candida, Cryptococos, e Pneumocystis jirovecci, são de baixa patogenicidade e requerem um comprometimento nos mecanismos de defesa normais para que a in......

Ver Índice

16/09/2015

Biblioteca Livre

Sistêmicos

...nfotericina B pode se manifestar por reações imediatas, que são relacionadas com a infusão do fármaco, e reações que ocorrem mais lentamente, como lesão renal. Estima-se que nefrotoxicidade ocorra em 80% dos pacientes7. O desenvolvimento de formulações lipídicas diminui a toxicidade da anfotericina B e preserva a sua ação antifúngica8. Porém, a toxicidade das apresentações convencionais pode ser d......

Ver Índice

02/02/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Antifúngicos

...rtamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos Brasília / DF – 2008 5.2 Antifúngicos A abordagem medicamentosa das infecções fúngicas inclui agentes tópicos e sistêmicos, usados profilática (em pacientes imunodeprimidos) e terapeuticamente. Em infecções localizadas, os agentes tópicos são preferidos. Um exemplo disso é a candidíase oral, especialmente nas formas pseudomembranosa......

Ver Índice

02/02/2010

5 Antiinfectantes

Antifúngicos sistêmicos

...ta incidência de infecções fúngicas invasivas ou em situações de alto risco individual, a profilaxia antifúngica com fluconazol parece apropriada e não se acompanhou de aumento na resistência fúngica. Em casos de transplante hepático (10% de infecções fúngicas invasivas), requer-se profilaxia em 14 receptores para prevenir uma infecção213. Na revisão do Clinical Evidence, cita-se ensaio clínico qu......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Paracoccidioidomicose

...ão concorrente dos exudatos, artigos contaminados e limpeza terminal. Figura 3: Paracoccidioidomicose: lesão úlcero-crostosa. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seu......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

paracoccidioidomicose

...m simples infecção ou em doença, bem como as formas clínicas da Paracoccidioidomicose. Infecção paracoccidioidica - Infecção do indivíduo pelo fungo sem presença de doença clinicamente manifesta. Paracoccidioidomicose (doença) - Manifestações clínicas relacionadas a um ou mais órgãos, dependentes das lesões fúngicas em atividade ou de suas sequelas. Forma regressiva - Doença benigna, com manife......

Ver Índice

04/02/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

paracoccidioidomicose

... 40 a 50mg/kg, VO, de 12/12 horas. Nas formas graves, Anfotericina B - 1mg/kg/dia, IV, diluído em 50 ml de soro glicosado a 5%, não ultrapassando a dose máxima diária de 50mg, ou solução endovenosa de Sulfametoxazol/Trimetoprim, na dose de 2 ampolas de 8/8 horas até a melhora clínica do paciente, quando então passa a receber medicação VO. O Voriconazol tem apresentado bons resultados, sobretud......

Ver Índice

02/02/2010

5 Antiinfectantes

Anfotericina B

...hipomagnesemia. • Cansaço, fraqueza, dor generalizada, parestesias, cãibras. • Febre, calafrios, cefaléia. • Náusea, vômitos. • Hipotensão, arritmia, tromboflebite. • Taquipnéia. • Insuficiência renal e nefrotoxicidade. • Indigestão, perda de apetite, diarréia, dor epigástrica, hepatotoxicidade. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS1,2,217 • Aumento da ativi......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal