FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Papaverina" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

11/04/2010

Revisões

Disfunção Erétil

...corre na dependência da integridade anatômica e funcional destes, sofrendo modulação neurológica, hormonal e psíquica. A ultraestrutura dos corpos cavernosos revela arquitetura trabecular constituída de tecidos muscular e fibroso de sustentação que delimitam espaços vasculares cobertos por endotélio. Cada corpo cavernoso é irrigado pela artéria cavernosa homolateral, ramo da artéria peniana que, p......

Ver Índice

27/01/2015

Remédios

Levodopa + Carbidopa

...xos. A levodopa é um precursor da dopamina, restaurando assim parte da dopamina perdida. A carbidopa inibe a transformação do levodopa em dopamina nos tecidos periféricos, sobrando assim mais levodopa que será transformada em dopamina no cérebro. Como se usa Uso oral – Doses •doses em termos de levodopa e carbidopa. •após tomar o remédio, ingerir imediatamente algum alimento. Adultos 1 ......

Ver Índice

17/12/2014

Remédios

Dipirona

... criança com menos de 3 meses de idade ou com menos de 5 kg de peso; criança com menos de 1 ano de idade (intravenosa); criança com menos de 4 anos (o supositório); hipersensibilidade a derivados pirazolônicos; infecção respiratória crônica; porfiria; reação alérgica a drogas. Avaliar riscos x Benefícios problema no sangue. Reações que podem ocorrer (sem incidência definida): Hematológi......

Ver Índice

02/05/2010

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Fenobarbital e Fenobarbital Sódico

...tração em grandes vasos, evitando veias varicosas. • Monitoramento de pressão arterial, respiração e freqüência cardíaca deve ser realizado durante a administração intravenosa de fenobarbital; equipamentos de ressuscitação e ventilação artificial devem estar disponíveis. • Injeções intramusculares devem ser administradas profundamente em grandes músculos, como glúteo máximo ou vasto la......

Ver Índice

06/10/2008

Revisões

Corpos Estranhos, Lesões Químicas e Traumas em Otorrinolaringologia

... exposição repentina a ruído de alta intensidade (> 120 db). Após a exposição segue-se perda auditiva neurossensorial severa ou profunda, geralmente unilateral, abrupta e permanente. · A audiometria é o exame de escolha para concluir diagnóstico de trauma acústico. · O principal diferencial é a PAIR, de caráter insidioso. · O tratamento preconiza repouso acústico, m......

Ver Índice

15/12/2009

Casos Clínicos

Taquiarritmias e Medicações Antiarrítmicas

...lares. 2. Posologia Uso endovenoso: 1 a 2 mg/kg; dose de manutenção: 0,5 a 1 mg/min. Uso oral: 300 a 900 mg divididos em 2 ou 3 doses. 3. Efeitos adversos Prolongamento do PR e do QRS, disfunção sinusal e bloqueio atrioventricular, disfunção ventricular, sintomas neurológicos e gastrintestinais e queda da linhagem sanguínea. 4. Interação medicamentosa Pode aumentar os níve......

Ver Índice

25/10/2008

Revisões

Hemorragia Subaracnoidea Espontânea

...ação. · O tratamento cirúrgico pode ser realizado precocemente na fase aguda (primeiros 3-4 dias do sangramento) ou posteriormente à fase de vasoespasmo, devendo ser evitada no período de vasoespasmo, pois pode levar a piora do espasmo e conseqüente formação de áreas isquêmicas. A cirurgia precoce é preferível em pacientes em boas condições clínicas (Hunt-Hess I, II, ou III), desde que re......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...lopatia dilucional. SEDAÇÃO E ANALGESIA A sedação deve ser realizada visando ao bom acoplamento paciente/ventilador e à redução da ansiedade. Escalas de monitoração da sedação devem ser aplicadas diariamente, para evitar a sedação excessiva dos pacientes e seus consequentes malefícios, como a ventilação mecânica prolongada. O despertar diário também deve ser realizado em todos que não tenham......

Ver Índice

19/12/2014

Revisões

Dor no câncer

...diagnóstico e tratamento. São Paulo: Roca, 2001. p.247-253. TEIXEIRA, M.J. Dor no doente com câncer. In: TEIXEIRA, M.J. et al. (Ed.). Dor: contexto interdisciplinar. Curitiba: Maio, 2003. p.329. TEIXEIRA, M.J.; VALLE, L.B.S. Tratamento farmacológico da dor. In: TEIXEIRA, M.J.; FIGUEIRO, J.A.B. Dor: epidemiologia, ?siopatologia, avaliação, síndromes dolorosas e tratamento. São Paulo: Moreira Jr.,......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal