FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Parte 2 – Praticas de Prevencao e Controle de Infeccoes Para Departamentos Hospitalares Especificos" obteve 58 resultados.

Página:  de 6

14/05/2013

Hospitalar

Iniciais

...isseminar práticas de saúde pública adequadas; e treina a equipe de saúde por meio de orientação e disseminação de informações sobre a prevenção de infecção e práticas de controle.1 Muitos hospitais empregam os prevencionistas de infecções em horário integral; outros, em horário parcial. Muitos hospitais, entretanto, não contam com um prevencionista de infecções, por vários motivos. I......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Iniciais

...carte de perfurocortantes; e outros equipamentos de segurança. Os líderes devem encorajar os PASs a avaliar os tipos de equipamento que podem tornar seu trabalho mais seguro e mais fácil e que podem evitar e controlar infecções. · Apoiar de forma ativa uma abordagem multidisciplinar para PCI. Essa colaboração pode envolver as reuniões da comissão de controle de infecções, encorajar o uso de......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 12 – Controle de infecções no processo de acreditação

...scobertas nos reconhecimentos e nas melhorias de desempenho Como Funciona o Rastreamento de Sistema com Base em Indivíduos no Controle de Infecções No controle de infecções, o rastreamento de sistemas com base em indivíduos explora os processos de controle das organizações. As metas são avaliar a adesão das organizações aos padrões relevantes de controle de infecções, identificar problemas na......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Papel do enfermeiro na segurança do paciente e nos resultados do atendimento

... de segurança, a identificação das causas subjacentes do potencial e a realização das melhorias necessárias para a redução do risco. Além disso, também envolve o estabelecimento de processos que respondam aos eventos-sentinela, a identificação das causas por meio da análise da causa-raiz e a realização dos melhoramentos necessários. Esse processo envolve uma abordagem baseada em sistemas que exami......

Ver Índice

14/05/2013

Hospitalar

Papel do enfermeiro na segurança do paciente e nos resultados do atendimento

...ente da necessidade de assinarem suas prescrições verbais e a divulgação destas para que a assinatura do médico possa ser verificada. O uso das abreviaturas “perigosas”, acrônimos e símbolos contribui para os erros nos ambientes de atendimento de saúde. Como o pessoal de enfermagem é que realiza as interpretação das prescrições manuscritas, anotações de evolução e outras atividades de registro, ......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Central de materiais

...eviceRegulationandGuidance/ReprocessingofSingle-UseDevices/UCM133514 (acessado em 15 de maio de 2010). 23. Alvarado C.J., Stolz S.M., Maki D.G.: Nosocomial infections from contaminated endoscopes: A flawed automated endoscope washer. An investigation using molecular epidemiology. Am J Med 91(3B):272S–280S, 1991. 24. Curchoe R.M.: Reprocessing single-use devices. In Carrico R. (ed.): APIC T......

Ver Índice

14/05/2013

Manual de prevenção e controle de infecções para hospitais

Central de materiais

...al de materiais e do hospital deve estabelecer um programa de controle de qualidade para monitorar a limpeza, a desinfecção e a esterilização de equipamentos, dispositivos e materiais. O processo de monitoramento compara os resultados reais dos processos a parâmetros predeterminados, o que permite à equipe identificar resultados satisfatórios ou problemas. O processo de esterilização deve ser moni......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 4 – Intervenções no controle de infecções: o caminho da prevenção

...sociadas a cateter central, apesar do aumento de 9,7% no número de cateteres. Informações mais detalhadas sobre esse assunto podem ser encontradas no site www.prhi.org. Os hospitais de Nova Jersey, em um esforço conjunto, trabalharam para aumentar a qualidade das unidades de tratamento intensivo (UTIs). Alguns registraram períodos de até seis meses sem ocorrência de casos de pneumonia associada a......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 2 – Desenho e avaliação de programas

...nças acima de taxas esperadas ou “normais”. Nos estudos gerais, de modo usual, estabelece-se uma taxa básica para doenças caracterizadas por vômitos e/ou diarréia. Imediatamente após a definição da linha básica, é possível identificar com facilidade a ocorrência de aumentos sensíveis em alguma doença. Nos casos em que houver suspeitas não-confirmadas de algum surto, é necessário consultar os enfer......

Ver Índice

26/09/2013

Hospitalar

Capítulo 3 – Análise de risco e estabelecimento de metas e objetivos em programas de controle de inf

...pacientes infectados, durante pelo menos três treinamentos em 2006 Elementos de Desempenho para o Padrão CI.3.10 O padrão CI.3.10, ED 1, indica o seguinte: Após o estabelecimento das prioridades, as metas para evitar a contração e transmissão de agentes potencialmente infecciosos são desenvolvidas com base nos riscos identificados. Os EDs complementares descrevem as metas mínimas que as orga......

Ver Índice

Página:  de 6

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal