FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo Efetiva" obteve 12 resultados.

Página:  de 2

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...laxia adequada, 40 a 60% dos pacientes clínicos e cirúrgicos de alto risco desenvolvem trombose venosa profunda (TVP) e uma parcela destes pacientes desenvolverá tromboses mais proximais, com maior risco de embolia pulmonar. Logo, é necessário que todo paciente internado tenha o seu risco de tromboembolismo venoso avaliado, e que, nos pacientes de maior risco, seja instituída profilaxia precoce. ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...et al. Prevention of venous thromboembolism. Chest. 2008;133;381S-453S. Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva Euclides F. de A. Cavalcanti Enoxaparina Nadroparina heparinas de baixo peso molecular Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva heparina não-fracionada heparina de baixo peso molecular Profilaxia de Tr......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... ou compressão pneumática intermitente. PACIENTES CIRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importante ressaltar que, para os pacientes nos quais for indicada a profil......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...nte associadamente a métodos mecânicos. Nos pacientes nos quais houver contraindicação devido a risco de sangramento, é recomendada a profilaxia mecânica com compressão pneumática intermitente ou meias de compressão gradual. Queimaduras Pacientes com queimaduras e fatores de risco adicionais para tromboembolismo venoso (idade avançada, obesidade, queimaduras extensas ou em membros inferiores......

Ver Índice

04/07/2009

Casos Clínicos

Meningite

...depende desta situação. Em pacientes com meningite bacteriana, sugere-se dexametasona 10 mg a cada 6 horas. Tabela 2: Equivalência dos glicocorticoides e tempo de ação Glicocorticoide Dose (mg) Ação Hdrocortisona 20 Curta Cortisona 25 Curta Prednisona 5 Intermediária Prednisolona 5 Intermediária Metilprednisolona 4 Intermedi......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

... compressão do membro inferior no momento da conclusão da terapia de anticoagulação oral, após a resolução de um episódio agudo de TVP. A repetição do exame pode fornecer informações basais para comparação futura. Localização da trombose Mais comumente, as tromboses envolvem as veias profundas dos membros inferiores. A trombose em um local atípico, como as veias hepáticas, mesentéricas ou ce......

Ver Índice

10/01/2010

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Consenso Sobre de Práticas para a Segurança do Paciente – National Quality Forum (EUA)

... 1. Estruturas e Sistemas de Liderança Estruturas e sistemas de liderança devem ser estabelecidos para garantir que haja sensibilização sobre as falhas no desempenho de segurança do paciente, direcionando a responsabilidade sobre essas lacunas para a alta liderança, e adequando investimentos para melhorar o desempenho de habilidades, para garantir que ações estejam sendo tomadas para gara......

Ver Índice

24/02/2017

Revisões Internacionais

Cuidados Neurointensivos

...o pressórica negativa ? ventilação tipo couraça ? pode ser utilizada como ponte para intubações, porém, em geral, é ineficaz e não soluciona os problemas relacionados à proteção das vias respiratórias. Após a intubação, as metas principais são promover expansão adequada dos pulmões para evitar ou reverter a atelectasia e garantir o repouso. O uso de modos de controle ventilatório é preferível na ......

Ver Índice

19/12/2013

Revisões Internacionais

Cirrose hepática - Ramón Bataller, Pere Ginès

... Definição A cirrose é o estágio mais avançado da maioria dos tipos de hepatopatia crônica. É, por definição, uma desorganização difusa da estrutura hepática normal por uma extensiva fibrose associada a nódulos regenerativos. A fibrose hepática é potencialmente reversível, se o agente causativo for eliminado. Todavia, a cirrose em estágio avançado resulta em alterações significativas no leit......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

...de 672 pacientes foram randomizados para receber monoterapia à base de dalteparina vs. dalteparina como “ponte” para warfarina.3 Aqueles que foram randomizados para receber monoterapia com dalteparina apresentaram uma taxa de TEV recorrente significativamente menor do que os pacientes tratados com dalteparina como “ponte” para warfarina (8,8% vs. 17,4%). A HBPM também é usada como monoterapia se......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal