FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Trombose Venosa Profunda Tvp" obteve 18 resultados.

Página:  de 2

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

...ão de outras condições pulmonares relevantes, incluindo pneumonia, atelectasia, pneumotórax e efusão pleural, que não são nitidamente visualizadas na radiografia torácica. Em alguns casos, a TC torácica detecta incidentalmente um achado decisivo, como o carcinoma de pulmão em estágio terminal. A cintilografia de pulmão de ventilação-perfusão é uma modalidade de exame de imagem de fallback [Figur......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...línicos e cirúrgicos de alto risco desenvolvem trombose venosa profunda (TVP) e uma parcela destes pacientes desenvolverá tromboses mais proximais, com maior risco de embolia pulmonar. Logo, é necessário que todo paciente internado tenha o seu risco de tromboembolismo venoso avaliado, e que, nos pacientes de maior risco, seja instituída profilaxia precoce. As recomendações a seguir baseiam-se na......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...embolismo Em procedimentos maiores (p.ex., cirurgias torácicas, urológicas, abdominais, ginecológicas) para doenças benignas, indicar profilaxia com heparinas de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Esta é preferível pelo menor custo, sendo utilizada na dose de 5.000 unidades a cada 12 horas ou a cada 8 horas. Cirurgias com Alto Risco de Tromboembolismo Em procedimentos maiores e......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...com trauma em membros inferiores associados, utilização de cateter femoral, imobilidade prolongada) devem receber profilaxia com heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com alto risco de sangramento, é indicada a utilização de métodos mecânicos. BIBLIOGRAFIA 1. Geerts WH, Bergqvist D, et al. Prevention of venous thromboembolism. Chest. 2008;133;381S-453S. ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...s, utilização de cateter femoral, imobilidade prolongada) devem receber profilaxia com heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com alto risco de sangramento, é indicada a utilização de métodos mecânicos. BIBLIOGRAFIA 1. Geerts WH, Bergqvist D, et al. Prevention of venous thromboembolism. Chest. 2008;133;381S-453S. Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e E......

Ver Índice

06/04/2011

Artigos

Pacote de Intervenções para Melhoria de UTI

...neceram altas mesmo 6 meses após o fim do estudo. As outras práticas já apresentavam elevada aderência antes do início do estudo. Este estudo reforça a necessidade da educação continuada para a aderência de práticas benéficas em UTI. Referência 1. Scales DC, Dainty K, Hales B, Pinto R, Fowler RA, Adhikari NK, et al. A multifaceted intervention for quality improvement in a network of intensi......

Ver Índice

19/03/2013

Revisões

Acessos vasculares

...or poucos dias. Há também os acessos vasculares temporários, passados em veias centrais, porém com durabilidade média de 21 a 30 dias, e ainda os acessos vasculares definitivos para tratamentos prolongados e que apresentam durabilidade de meses ou anos. Neste capítulo, serão abordados os acessos temporários e os definitivos, com exceção das FAV. Tipos de cateteres Cateter não tunelizado ......

Ver Índice

12/03/2014

Artigos

Tromboembolismo Venoso em Pós-Operatório: Análise deste Indicador de Qualidade

...e um hospital de mais qualidade, não só é melhor na profilaxia de TEV, mas também em seu diagnóstico, demonstrando uma maior preocupação com este tipo de evento adverso classicamente envolvido na evolução de pacientes cirúrgicos. Sendo assim, não é porque um hospital tem altas taxas de eventos por TEV em pós-operatório que ele é um hospital ruim. Pode ser apenas um hospital mais preocupado com est......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...s aumentam o risco de doença tromboembólica em cerca de 4 vezes.162 Estudos epidemiológicos indicam que os anticoncepcionais contendo progestágeno de 3ª geração (p. ex., desogestrel) conferem um risco 2 vezes maior de trombose do que aqueles contendo um fármaco de 2ª geração (p. ex., levonorgestrel).163 Por este motivo, a 1ª opção para as pacientes que vão usar anticoncepcionais orais pela 1ª vez ......

Ver Índice

04/03/2015

Revisões

Novos Anticoagulantes no Tratamento do Tromboembolismo Venoso

...apêutico. As dificuldades para atingir anticoagulação ideal com tratamento com varfarina são atribuídas ao seu início lento de ação, efeitos farmacológicos variáveis ??e numerosas interações com alimentos e medicamentos. Estas deficiências levaram ao desenvolvimento de novos anticoagulantes orais. Recentemente, diversas opções têm sido estudadas, e em várias situações clínicas, incluindo fibrilaçã......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal