FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Profilaxia de Trombose Venosa Profunda Tvp" obteve 21 resultados.

Página:  de 3

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

... choque cardiogênico, as com marcadores de risco como elevação de troponina, BNP ou pré-BNP e disfunção de ventrículo direito. Embolectomia guiada por cateterismo e lise farmacomecânica A embolectomia por cateterismo para EP aguda69 pode salvar vidas. A trombólise guiada por cateterismo para tratamento da TVP iliofemoral pode melhorar a patência venosa na avaliação de seguimento de 6 meses.7......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

.... Além disso, associadamente às consequências da trombose venosa profunda, é motivo de grande morbidade, em decorrência de síndrome pós-trombótica e hipertensão pulmonar secundária. Sem profilaxia adequada, 40 a 60% dos pacientes clínicos e cirúrgicos de alto risco desenvolvem trombose venosa profunda (TVP) e uma parcela destes pacientes desenvolverá tromboses mais proximais, com maior risco de ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...recomendada profilaxia de rotina com compressão pneumática intermitente. Alternativas aceitáveis à compressão pneumática são heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com risco particularmente alto, é recomendável a associação de métodos mecânicos e farmacológicos. Trauma É recomendada a tromboprofilaxia de rotina para todos os pacientes com trauma maior. Na au......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... queimaduras e fatores de risco adicionais para tromboembolismo venoso (idade avançada, obesidade, queimaduras extensas ou em membros inferiores, pacientes com trauma em membros inferiores associados, utilização de cateter femoral, imobilidade prolongada) devem receber profilaxia com heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada. Em pacientes com alto risco de sangramento, é indicada......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... recomendado tromboprofilaxia mecânica com meias de compressão gradual (mais baratas) ou compressão pneumática intermitente. PACIENTES CIRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obe......

Ver Índice

06/04/2011

Artigos

Pacote de Intervenções para Melhoria de UTI

...nticoagulantes ou meias elásticas; 2. Barreiras estéreis à passagem do cateter venoso central (CVC) – “bundle” com 7 itens - e testes de respiração espontânea (TRE) diários para reduzir a ventilação mecânica; 3. Nutrição enteral precoce (<48h) e avaliação diária do risco de desenvolvimento de úlcera de pressão (UP) pela escala de Braden. Após o período de estudo, todas as UTIs receberam as inte......

Ver Índice

19/03/2013

Revisões

Acessos vasculares

...alta taxa de sucesso e baixos índices de complicações, como remoção acidental, trombose e infecção, além de apresentarem uma boa sobrevida do cateter. Este tipo de cateter pode ser usado por longo prazo em pacientes oncológicos e hematológicos3. Figura 1. Cateter venoso central duplo lúmen. Figura 2. Cateter venoso central de inserção periférica (PICC). Figura 3. Cateter de Shilley......

Ver Índice

12/03/2014

Artigos

Tromboembolismo Venoso em Pós-Operatório: Análise deste Indicador de Qualidade

...TEV em pós-operatório é um indicador de resultado. Normalmente, queremos encontrar um bom indicador de resultado, muito mais que de processo, mas neste caso em específico conforme demonstra o estudo, não necessariamente encontrar menores taxas de TEV significa estar falando de um hospital melhor. Talvez nesse sentido, utilizar o indicador de taxa de profilaxia de TEV em pós-operatório seja mais ad......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...ar J, et al. Changes in the plasma levels of type 1 and type 2 plasminogen activators in normal pregnancy and in patients with severe preeclampsia. Blood 1989;74:1332–8. 84. Prins MH, Hirsh J. A critical review of the evidence supporting a relationship between impaired fibrinolytic activity and venous thromboembolism. Arch Intern Med 1991;151:1721–31. 85. Wiman B. Plasminogen activator inh......

Ver Índice

04/03/2015

Revisões

Novos Anticoagulantes no Tratamento do Tromboembolismo Venoso

...laquetas. Um estudo randomizado (EINSTEIN) com 3.449 pacientes comparou o rivaroxaban sozinho em relação à terapia padrão com a HBPM (Enoxaparin) associada a um antagonista da vitamina K para o tratamento de TEV aguda. O rivaroxaban não foi inferior à terapia padrão na redução da taxa de TEV recorrente (2,1% para rivaroxaban versus 3,0% para tratamento tradicional). A taxa de sangramento ......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal