FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Resinas de Troca" obteve 11 resultados.

Página:  de 2

25/10/2009

Casos Clínicos

Hipercalemia

...ente temos acidose metabólica e o uso de bicarbonato de sódio pode ajudar a melhorar os níveis de potássio. Fenoterol ou salbutamo – 10 gotas em 3 ml de SF, inalar a cada 4 horas A inalação com Beta agonista trasloca o potássio do extra-celular para o intra-celular, sendo útil em casos moderados a graves Furosemida 2 ampolas IV no momento e a critério medico. Paciente em quadro de ......

Ver Índice

22/11/2009

Revisões

Distúrbios do Metabolismo do Potássio

...relação potássio:creatinina menor que 20 mEq/g, K+u < 15 mEq/L ou fração de excreção de potássio abaixo de 6% também indica perda extrarrenal. Deve-se considerar, entretanto, que a concentração urinária de potássio nem sempre representa de forma acurada a excreção renal, já que a hipocalemia tipicamente leva a poliúria. A presença de distúrbio ácido-básico relacionado à hipocalemia reduz o núm......

Ver Índice

01/12/2008

Revisões

Dislipidemias: tratamento medicamentoso

.... Tabela 4: Estatinas na prática clínica Medicamento Nome comercial® Apresentação (em mg) Dose (em mg, 1 vez/dia) Lipofílica? Metabolismo Meia-vida (em horas) Lovastatina Mevacor 10, 20 e 40 10 a 80 sim CYP 450 3A4 3 Sinvastatina Zocor 5, 10, 20, 40 e 80 10 a 80 sim CYP 450 3A4 2 Pravastatina Pravacol 10, 20 e ......

Ver Índice

01/12/2008

Revisões

Dislipidemias: tratamento medicamentoso

...critas para reduzir o LDL-c. No entanto, quando o HDL-c permanece baixo mesmo após o tratamento adequado da hipercolesterolemia e da hipertrigliceridemia, pode-se considerar a associação de ácido nicotínico em pacientes de alto risco, como no caso da prevenção secundária. Quando o HDL-c baixo é a única alteração lipídica presente, a abordagem terapêutica é mais controversa. O tratamento destes pac......

Ver Índice

16/11/2008

Casos Clínicos

Insuficiência renal crônica

...ódio (via oral) na dose de 20 a 40 mEq de bicarbonato ao dia. O uso deste pode diminuir o mal estar gerado pela acidose. Entretanto deve-se ter cuidado com a possibilidade de hipervolemia. Os pacientes com insuficiência renal aguda ou agudização de insuficiência renal crônica podem apresentar acidose significativa, porém raramente precisam de reposição de bicarbonato endovenoso, excet......

Ver Índice

26/09/2010

Casos Clínicos

Manejo das Síndromes Decorrentes de Excesso de Células Sanguíneas

...er a determinados níveis plasmáticos de paraproteínas, existe muita variação de paciente para paciente, o que impede o estabelecimento de uma correlação adequada. Do mesmo modo, os níveis de paraproteína a partir do qual surgem os sintomas de SH também mostram uma grande variação de doente para doente. O quadro clínico da SH é decorrente da lentificação do fluxo sanguíneo causada pelo aumento da ......

Ver Índice

02/08/2016

Revisões Internacionais

Motilidade Gastrointestinal e Distúrbios Funcionais

... controle da peristalse e do complexo motor migratório. O reflexo peristáltico é estimulado pela distensão intestinal ou por massagem na mucosa. Esse reflexo se caracteriza pelo relaxamento dos músculos circulares e pela contração dos músculos longitudinais, que se localizam abaixo do ponto de estimulação, e pela contração do músculo circular que se localiza acima do ponto de estimulação. O reflex......

Ver Índice

22/12/2017

Revisões

Intoxicação por Digitálicos

...udas, deve-se proceder à dosagem sérica de digoxina com até 6 horas da ingestão e, em casos de toxicidade crônica, a digoxinemia, deve ser dosada na admissão. Os níveis de digoxina terapêutica normais são de 0,5 a 2,0ng/mL, com níveis tóxicos correspondentes acima de 2,5ng/mL. Devido a uma fase de distribuição relativamente lenta, os níveis elevados de digoxina após uma ingestão aguda recente nem......

Ver Índice

25/10/2013

Revisões Internacionais

Distúrbios do equilíbrio ácido-base – Stuart L. Linas

...ônico urinário positivo resulta da ATR de tipo 1. O hiato osmolal urinário consiste na diferença entre a osmolalidade urinária (Uosm) medida pelo laboratório e aquela calculada empregando-se a seguinte fórmula: Uosm calculada = 2 ([Na+] + [K+]) + (ureia/2,8) O fator de multiplicação 2 representa os ânions que acompanham o sódio e o potássio, enquanto o fator de divisão 2,8 reflete o ajuste......

Ver Índice

03/10/2009

Revisões

Doenças do Tecido Conectivo

...tronco e de extremidades; edema e dor de mãos e periorbital precedendo espessamento cutâneo; esclerodactilia com reabsorção falângica e úlceras de polpas; contratura em flexão; perda das linhas faciais e afilamento labial (face em máscara); afilamento nasal; redução da abertura oral (microstomia) e sulcos periorais; hiperpigmentação generalizada de aspecto adsoniano; poliatrite migratória; doença ......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal