FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Tabagismo e Doenca Arterial Periferica em Mulheres" obteve 81 resultados.

Página:  de 9

27/10/2011

Artigos

Tabagismo e doença arterial periférica em mulheres

...30 ou mais maços-ano. Para cada um desses três grupos, os riscos relativos foram de 2,52 (IC95% 1,49-4,25), 6,75 (IC95% 4,33-10,52) e de 11,09 (IC95% 6,94-17,72). Comparado com as fumantes atuais, os riscos relativos para quem estava abstinente a menos de 10 anos, entre 10 e 20, mais de 20 anos ou por toda a vida, foram de 0,39 (IC95% 0,24-0,66), 0,28 (IC95% 0,17-0,46), 0,16 (IC95% 0,10-0,26) e 0......

Ver Índice

15/03/2016

Revisões Internacionais

Doenças arteriais periféricas

...ação é de 7 a 15 vezes mais elevado em pacientes diabéticos, em comparação com outros indivíduos não diabéticos com doenças arteriais periféricas (DAPs).4,5 A resistência à insulina e suas sequelas clínicas, conhecida por síndrome metabólica, também está associada a doenças arteriais periféricas.13,14 A dislipidemia, em especial a hipercolesterolemia, está presente em 40% de pacientes com aterosc......

Ver Índice

25/08/2015

Revisões Internacionais

Doenças da Aorta

...ermos de propriedades anti-inflamatórias, que poderão impedir a progressão dos aneurismas aórticos abdominais. Betabloqueadores adrenérgicos. Comprovadamente, os betabloqueadores diminuem a taxa de dilatação aórtica, talvez devido ao aumento na força do jato aórtico ventricular esquerdo por unidade de tempo (dP/dt) e simplesmente por causa do estresse aórtico.30 O uso de betabloqueadores em pacie......

Ver Índice

04/06/2013

Revisões Internacionais

Angina estável crônica – Richard A. Lange – L. David Hillis

...o paradoxal e fatores de risco para doença tromboembólica Pneumotórax Manifestação aguda, dor pleurítica, dispneia associada Hiper-timpanismo; pneumotórax hipertensivo, associado à distensão das veias do pescoço, hipotensão e taquicardia Pneumonia Dor pleurítica Associada a febre e tosse produtiva Doença gastrintestinal Doença esofágica Pode ser i......

Ver Índice

02/04/2013

Revisões Internacionais

Doenças pulmonares intersticiais e fibróticas – Lake D. Morrison, Paul W. Noble

...l. Idiopathic nonspe­cific interstitial pneumonia: lung manifestation of undif­ferentiated connective tissue disease? Am J Respir Crit Care Med 2007;176:691–7. 5. Doherty MJ, Pearson MG, O’Grady EA, et al. Cryptogenic fibrosing alveolitis with preserved lung volumes. Thorax 1997;52:998–1002. 6. American Thoracic Society. Idiopathic pulmonary fibrosis: diagnosis an......

Ver Índice

27/02/2018

Revisões Internacionais

Transplante Cardíaco

...is de transplantes; normalmente, esses cânceres podem ser tratados com excisão local, Qt tópica e/ou imunossupressão reduzida. Os pacientes de transplantes de órgãos sólidos também correm o risco de desenvolver distúrbios linfoproliferativos pós-transplante (DLPTs). Esse tipo de linfoma associado ao vírus de Epstein-Barr é mais comum em receptores mais jovens e provavelmente responda a uma queda ......

Ver Índice

26/10/2017

Revisões

Hipertensão arterial sistêmica: foco no paciente idoso

...ticos do tipo 1 e do tipo 2 e são drogas mais baratas, acredita-se que os IECA devam ser usados como primeira escolha na nefropatia diabética tanto do DM tipo 1 como do DM tipo 2, reservando-se os ARB para situações em que haja contraindicação ou efeito adverso dos IECA. Vale ressaltar, porém, que, do ponto de vista de evidências diretas, ainda há controvérsias sobre qual droga (IECA x ARB) deveri......

Ver Índice

26/10/2017

Revisões

Hipertensão arterial sistêmica: foco no paciente idoso

... Os efeitos metabólicos mais comuns dos tiazídicos são vistos mais frequentemente com doses mais altas (50 mg ou mais) e são hipocalemia, hiponatremia, hiperuricemia, intolerância a glicose, pequenos aumentos nos níveis de triglicérides e de LDL-colesterol. Hipotensão ortostática transitória pode ocorrer. Impotência sexual, embora incomum, é um importante efeito colateral. A hipocalemia é ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

C

...de 15 mg/kg, por via intravenosa, seguida de 10 mg/kg a cada 12 horas. Crianças (acima de 1 mês) t 10 a 15 mg/kg, por via intravenosa, a cada 8 horas. Dose máxima: 2 g/dia. Adultos t 500 mg, por via intravenosa, a cada 6 horas; ou 1.000 mg a cada 12 horas. Idosos (maiores de 65 anos) t 500 mg, por via intravenosa, a cada 12 horas; ou 1.000 mg a cada 24 horas. Observação t A ......

Ver Índice

15/01/2014

Revisões Internacionais

Vasculopatias renais – Julieanne G. McGregor, Vimal K. Derebail, Abhijit V. Kshirsagar, Ronald J. Fa

...ré-eclâmpsia continua sendo a principal causa de morbidade e mortalidade materno-fetal. Na pré-eclâmpsia, é comum haver envolvimento renal, que, por sua vez, pode ser usado para sustentar o diagnóstico. Há muito tempo, os estudos têm sugerido que os fatores de risco de desenvolvimento de pré-eclâmpsia estão relacionados à uma perfusão placentária diminuída. Exemplificando, as mulheres em sua 1ª ......

Ver Índice

Página:  de 9

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal