Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Trombose Venosa" obteve 182 resultados.

Página:  de 19

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

... after diagnosis of 238 patients with congenital def ciency of antithrombin III, protein C, protein S. Thromb Haemost 1994;72:352–8. 8. Demers C, Ginsberg JS, Hirsh J, et al. Thrombosis in antithrombin-def cient persons: report of a large kindred and literature review. Ann Intern Med 1992;116:754–61. 9. van den Belt AGM, Sanson B-J, Simioni P, et al. Recurrence of venous thromboemb......

Ver Índice

30/01/2014

Revisões

Trombose Venosa Cerebral

... Seios transversos 18% seio reto 86% Veias Jugulares 12-30% Veias de galeno ou veias cerebrais internas 11% Veias corticais internas 17% Seio sagital superior 60% Seio reto 15 a 20% Sistema venoso profundo 4 a 8% Diagnóstico O diagnóstico deve ser sempre considerado em pacientes jovens ou de meia-idade, particularmente do sex......

Ver Índice

14/04/2014

Revisões

Coagulação: trombose arterial e venosa

...arles T. Esmon Basic mechanisms and pathogenesis of venous thrombosis. Blood Rev. 2009;23(5):225-9. Fogarty PF, Minichiello T. Disorders of hemostasis, thrombosis, and antithrombotic therapy. In: McPhee SJ, Papadakis MA, Rabow MW, editors. Current: medical diagnosis and treatment. 50th ed. New York:McGraw-Hill; 2011. p. 515-39. GE Raskob, RD Hull, GF Pineo. Venous thrombosis. In: Kaushansky K, L......

Ver Índice

29/07/2014

Revisões

Trombose venosa mesentérica

...pancreatite). Qualquer que seja o mecanismo associado, para ocorrer infarto mesentérico é necessário o envolvimento das arcadas venosas com oclusão venosa completa. Nesse cenário de drenagem venosa inadequada, as paredes do intestino se tornam repletas de sangue e com isquemia relativa em seguida se tornam cianóticas. Na sua forma mais grave, a isquemia da mucosa pode progredir para infarto tran......

Ver Índice

12/10/2010

Casos Clínicos

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda (TVP)

...eso molecular injetada antes da partida. MEDICAÇÕES Heparina Não Fracionada Mecanismo de Ação Age ligando-se à antitrombina III, inativando o fator Xa, inibindo a ativação de protrombina em trombina. Inibe os fatores IX, X, XI e XII, plasmina, calicreína e trombina ativados, inativando a conversão de fibrinogênio e fibrina. Instabiliza o coágulo pela interação com o fator XIII. Posolog......

Ver Índice

02/05/2013

Casos Clínicos

Trombose venosa profunda

.... Em estudos, a medicação apresentou perfil de segurança e eficácia similar à varfarina. Apesar da vantagem de prescindir da necessidade de controle de INR, é uma medicação de alto custo e pouco disponível. · Rivaroxabam: inibidor do fator Xa; a dose inicial é de 15 mg 2 vezes/dia por 3 semanas e, depois, dose de 20 mg 1 vez/dia. Heparina não fracionada Apresenta grandes varia......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...nto diminuir, é recomendado que a profilaxia medicamentosa seja associada ou que substitua a profilaxia mecânica. Cirurgias Ortopédicas Artroplastia de Quadril ou Joelho Utilizar heparina de baixo peso molecular na dose indicada para pacientes de alto risco, iniciando 12 horas antes do procedimento ou 12 a 24 horas após. Alternativamente, iniciar na metade da dose de alto risco 4 a 6 horas a......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...m heparina de baixo peso molecular ou heparina não-fracionada, possivelmente associadamente a métodos mecânicos. Nos pacientes nos quais houver contraindicação devido a risco de sangramento, é recomendada a profilaxia mecânica com compressão pneumática intermitente ou meias de compressão gradual. Queimaduras Pacientes com queimaduras e fatores de risco adicionais para tromboembolismo venoso ......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

... compressão pneumática intermitente. PACIENTES CIRÚRGICOS O tipo e a extensão da cirurgia são os principais determinantes do risco de tromboembolismo venoso, devendo ser avaliados também outros fatores de risco independentes, como câncer, tromboembolismo prévio, imobilidade prolongada, idade avançada e obesidade. É importante ressaltar que, para os pacientes nos quais for indicada a profilaxi......

Ver Índice

12/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Profilaxia de Trombose Venosa Profunda e Embolia Pulmonar – Abordagem Custo-efetiva

...gunda medicação. PACIENTES CLÍNICOS Apesar de o tromboembolismo venoso ser considerado principalmente em pacientes com cirurgia e trauma recente, 50 a 70% das embolias pulmonares ocorrem em pacientes clínicos, e este risco pode ser reduzido em 70% com profilaxia adequada. Recomendações · Indicar profilaxia nos pacientes clínicos admitidos no hospital com insuficiência cardíaca ou doenç......

Ver Índice

Página:  de 19

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal