FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Tuberculose e Dispneia" obteve 109 resultados.

Página:  de 11

17/05/2009

Casos Clínicos

Tuberculose e dispnéia

... Quadro típico de Síndrome de Veia Cava Superior, com dispnéia associada a edema de face (não mostrado) e membros superiores e circulação colateral no tórax. Na figura 1 podemos observar conglomerado linfonodal liquefeito envolvendo a traquéia medindo cerca de 6 x 5 x 4 cm. No entanto, a causa de síndrome de veia cava neste paciente não se relaciona a compressão da cava pelos linfonodos, como seri......

Ver Índice

17/05/2009

Casos Clínicos

Tuberculose e dispnéia

...rca de 6 x 5 x 4 cm. No entanto, a causa de síndrome de veia cava neste paciente não se relaciona a compressão da cava pelos linfonodos, como seria de se esperar, e está relacionada à trombose das veias braqueocefálicas esquerda e direita (figuras 2 e 3) e veia cava superior (figuras 4 e 5). Na figura 6 podemos observar cavitação no ápice de pulmão direito, típica de tuberculose. Para maiores deta......

Ver Índice

28/04/2014

Revisões

Doenças pulmonares parenquimatosas difusas

...dispneia e tosse. Hipocratismo digital e crepitantes em velcro são infrequentes. Na radiografia de tórax, há uma combinação de adenomegalias hilares bilaterais/simétricas e infiltrado em interstício axial peribrônquico. O estágio I caracteriza-se por envolvimento ganglionar mediastinal isolado, o II, por envolvimento mediastinal e parenquimatoso, o III, por acometimento parenquimatoso isolado, e o......

Ver Índice

26/08/2009

Biblioteca Livre

4 Recomendações

...e espessamento pleural e/ou abestose está associada a um maior risco para neoplasias, provavelmente por refletir uma carga maior de exposição, apesar de não haver limites de tolerância seguros para substâncias cancerígenas. 4.6 CONDUTA EM PACIENTES COM PNEUMOCONIOSES Os casos diagnosticados devem ser tratados como “casos sentinela”, devendo ser devidamente notificados e desencadear ações inte......

Ver Índice

20/04/2009

Revisões

Alargamento de Mediastino

...ças associadas Exame físico Doenças associadas Causas vasculares Pulsos Atenção para assimetria, que pode indicar dissecção de aorta Hipotensão arterial e elevação de frequência cardíaca Instabilidade hemodinâmica pode estar presente em causas vasculares graves Fenótipo longilíneo e aracnodactilia Sugerindo doença de Marfan (fator de risco para dissecção......

Ver Índice

20/04/2009

Revisões

Alargamento de Mediastino

...órax, uma imagem de “duplo arco aórtico”, mimetizando uma pseudocoarctação de aorta, condição que merece diagnóstico diferencial. O aumento da veia ázigos pode simular uma massa paratraqueal ou mesmo uma linfadenomegalia mediastinal. As causas mais comuns são insuficiência cardíaca, variação anatômica, obstrução da veia cava superior, obstrução da veia cava inferior e hipertensão portal. Já as ca......

Ver Índice

24/09/2014

Revisões Internacionais

HIV e SIDA - Christopher J. Hoffmann, Joel E. Gallant

... de falta de aderência, mas não há evidências de risco aumentado de falha virológica ou de desenvolvimento de mutações de resistência durante estes episódios. Antes de os testes serem repetidos, é impossível determinar se um único resultado de níveis de RNA de HIV detectáveis representa um blip ou uma falha virológica antecipada. O teste deve ser repetido em 1 a 2 semanas após a ocorrência de um......

Ver Índice

05/07/2012

Revisões Internacionais

Imagens da doença pulmonar – Gerald W. Staton Jr. e Sanjeev Bhalla

... segmentares ou lobares são comuns após cirurgias. Em alguns casos, a formação de um tampão de muco acarreta obstrução com perda de volume. Mais comumente, em particular após a cirurgia cardíaca, o paciente desenvolve atelectasia de lobo inferior esquerdo sem obstrução bronquial, associada a uma efusão pleural e elevação diafragmática. Quando os pacientes são mantidos sob ventilação mecânica com p......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

S

... t 5 a 20 mg, por vias oral, subcutânea ou intramuscular, a cada 4 horas; dose pode ser aumentada de acordo com a necessidade. Edema agudo de pulmão (dor) t 5 a 10 mg, por via intravenosa lenta (2 mg/minuto). Nota: Cápsula de liberação prolongada: somente deve ser utilizada após ter sido estabelecida a dose de morfina necessária ao paciente com a apresentação de liberação imediata. A dose d......

Ver Índice

17/09/2013

Casos Clínicos

Silicose pulmonar

...o radiológica com ausência de dados na história ocupacional que sugiram a associação. A biópsia pode levar ao diagnóstico de outra doença ou confirmar uma apresentação atípica (p. ex., fibrose difusa, não granulomatosa), ou ainda diferenciar com a beriliose. O tratamento é de suporte, sem medidas específicas. Nestes pacientes, a chance de concomitância de tuberculose é 3,5 vezes maior. Nesses cas......

Ver Índice

Página:  de 11

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal