FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Uso Terapeutico de Varfarina – Parte 5 Reversao da Anticoagulacao e Manejo de Sangramentos" obteve 8 resultados.

Página:  de 1

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 3: início da anticoagulação fora do ambiente hospitalar

...atoriais.6 Algoritmo 3. Um novo esquema para o início de varfarina em pacientes ambulatoriais.7 Algoritmo 4. Um esquema simples para iniciar tratamento com anticoagulação oral em pacientes com fibrilação atrial sem doença reumática.8 Referências bibliográficas 1. Kelling D, Bagling T, Campbell T, Watson H, Perry D, Baglin C, et al. Guidelines on oral anticoagulation with warfa......

Ver Índice

11/09/2013

Casos Clínicos

Hematoma em Dorso

...e varfarina – Parte 5 reversão da anticoagulação e manejo de sangramentos. As diretrizes de 2008 consistem em: · INR < 5,0 sem sangramento: - diminua a dose da varfarina ou; - omita doses e reinicie com dose menor quando o INR estiver na faixa terapêutica ou; - não modifique a dose se a elevação de INR é muito pequena. · INR de 5,0 a 9,0 sem sangramento (o ris......

Ver Índice

26/03/2012

Algoritmos

Uso terapêutico de varfarina – Parte 1: indicações, INR recomendado e tempo de anticoagulação

...th the special contribution of the European Heart Rhythm Association (EHRA). Endorsed by the European Association for Cardio-Thoracic Surgery (EACTS). European Heart Journal 2010; 31:2369-429. 7. Canadian Cardiovascular Society Atrial Fibrillation. Guidelines 2010: Prevention of Stroke and Systemic Thromboembolism in Atrial Fibrillation and Flutter. Canadian Journal of Cardiology 2011; 27:74-9......

Ver Índice

16/10/2014

Revisões

Tromboembolia pulmonar: tratamento

...mente, essa neutralização diminui de importân­cia com a técnica de infusão contínua, em que a grande medida é interromper a administração, o que resolve sangramentos pequenos, mas pode ser um recurso a ser utilizado em situação de hemor­ragia grave, já que a protamina antagoniza rapida­mente a heparina após uma dose plena IV. A prota­mina é uma proteína (derivada de esperma de pei&......

Ver Índice

10/09/2014

Revisões

Embolia pulmonar

...rência da TEP e os sangramentos.43 Entretanto, no subgrupo de pacientes com instabilidade hemodinâmica (pressão arterial sistólica menor do que 90 mmHg por mais de 15 minutos e com sinais de hipoperfuão ou parada cardiorespiratória), denominado TEP maciço, o uso de trombolíticos na ausência de contraindicações é recomendado pela maioria dos consensos internacionais, apesar de a evidência ser tênue......

Ver Índice

11/07/2010

Revisões

Pós-Operatório de Cirurgia Cardíaca

...s ou com insuficiência cardíaca descompensada; · suporte mecânico nos casos refratários: - balão intra-aórtico (BIA): age pelo princípio da contrapulsação aórtica, aumentando a pressão de perfusão coronariana durante a diástole, diminuindo a pós-carga sistólica, favorecendo, desse modo, o equilíbrio entre a oferta e a demanda de oxigênio, aumentando o débito cardíaco. Utilizado em paci......

Ver Índice

06/12/2013

Revisões Internacionais

Tromboembolia venosa

... BMS, B-I, J&J. Ele também atua como consultor junto às empresas Sanofi-aventis, Eisai, BMS, B-I e Medscape. Referências 1. The surgeon general’s call to action to prevent deep vein thrombosis and pulmonary embolism. Available at: www.surgeongeneral.gov/topics/deepvein/ (accessed April 19, 2010). 2. Ng TM, Tsai F, Khatri N, et al. Venous thromboembolism in hospitalized pat......

Ver Índice

28/02/2014

Revisões Internacionais

Distúrbios trombóticos – Lawrence L.K. Leung

...vido, de preferência decorridas 4 semanas do término da terapia de anticoagulação oral. Os testes para genótipos específicos (p. ex., fator V de Leiden), todavia, podem ser realizados a qualquer momento. Frequência e risco relativo de tromboembolia venosa (TEV) A frequência das diversas condições hipercoaguláveis entre pacientes não selecionados com TEV varia de 1 a 25% [Tabela 4]. É preciso......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal