FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Dupla dt" obteve 32 resultados.

Página:  de 4

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Difteria e Tétano

...tar. Atenção com outros produtos A Vacina Contra Difteria e Tétano •pode ter sua ação diminuída por: imunossupressor; terapia radioativa. Outras considerações importantes •adiar a imunização se o paciente apresentar poliomielite súbita; infecção respiratória aguda (ou outra infecção ativa); doença febril. •pacientes que estejam tomando agentes imunossupressores (corticosteroides, antim......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria e Tétano

...SE USA Uso Injetável • Não aplicar as injeções nas nádegas. Via Intramuscular VACINA CONTRA DIFTERIA E TÉTANO ADMINISTRAÇÃO: no braço. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos e Crianças com Mais de 7 Anos Usar a apresentação Adultos. Crianças até 7 Anos • Usar a apresentação Pediátrica. • 1 dose aos 2 meses, 4 meses e 6 meses de idade. • 1º reforço com 15 meses de id......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...IAL VACINA TRÍPLICE (DTP) (Butantan); PERTACEL (Sanofi-Pasteur) USO INJETÁVEL Injetável VACINA TRÍPLICE (DTP); PERTACEL O QUE É [toxoide diftérico + toxoide tetânico + vacina pertussis]. PARA QUE SERVE Difteria, tétano e coqueluche (prevenção). COMO AGE A vacina contra difteria, tétano e coqueluche induz a formação de anticorpos contra a toxina diftérica, toxina tetânica e an......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...serve difteria, tétano e coqueluche (prevenção). Como age induz a formação de anticorpos contra a toxina diftérica, toxina tetânica e anticorpos contra a Bordetella pertussis (que causa a coqueluche). Como se usa Uso injetável – Doses Administração: Via Intramuscular. Não administrar por via intravenosa ou intradérmica. Administrar na região do músculo deltoide ou na face anterolater......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

...las pessoas que tiveram contato íntimo com o caso suspeito de difteria, estando, portanto, sob o risco de adquirir a doença, quer sejam moradores do mesmo domicílio ou não. • A investigação de comunicantes deve ser feita na residência, creche, escola, orfanatos, quartéis e outros locais que possibilitaram o contato íntimo com o caso. • Assim, além dos comunicantes domiciliares, deve......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...spasmo 4 Úlcera maior que 1 cm Formação de lesão ulcerada maior que 1cm no local da aplicação 24 Visceralização Quadro de disseminação do vírus vacinal da FA com quadro semelhante ao da doença por vírus selvagem. Deve ser avaliada por profissional habilitado e realização de exames complementares 1 Outras reações locais Sem definição – Usar campo de resumo clínico p......

Ver Índice

11/02/2015

Revisões

Tratamento farmacológico da síndrome da dependência de cocaína - crack

...inil foi recentemente examinado como uma possibilidade farmacológica para dependência de cocaína em um ensaio clínico placebo-controlado com 62 pacientes. Na dose única de 400 mg/dia, a medicação obteve bem mais amostras de urina negativa para a cocaína do que o placebo. Entretanto, esses achados promissores ainda necessitam ser replicados em outros estudos para sua comprovação.52 ......

Ver Índice

24/09/2014

Revisões Internacionais

HIV e SIDA - Christopher J. Hoffmann, Joel E. Gallant

...a); considerar outras causas, como condições não relacionadas à infecção por HIV, infecção por HIV ou complicação da infecção por HIV com consequente supressão da medula óssea Excluir as causas-padrão; em caso de suspeita de anemia associada ao uso de AZT, trocar por um NRTI diferente, se possível; considerar a eritropoetina, se causas corrigíveis não forem identificadas Trombocitopenia ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...pitulo Síndrome da Rubéola Congênita). · Isolamento – Crianças e adultos com Rubéola pós-natal devem ser afastados de atividades habituais durante o periodo de transmissibilidade. Gestantes suscetíveis devem ser afastadas do contato com casos e comunicantes durante o periodo de transmissibilidade e incubação da doenca. · Pessoas hospitalizadas – Isolamento de contato. SÍNDROME DA RUB......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...o laboratorial. após a intensificação da vigilância epidemiológica e a vacinação de bloqueio ampliada, em 2008, o numero de casos confirmados diminui em 77%, quando ocorreram 2.005 casos de Rubéola, e desses 1.854 (92,5%) encerrados pelo critério laboratorial. Durante 2008, o Brasil realizou-se uma ampla campanha de vacinação contra Rubéola quando foram imunizados 65,9 milhões de pessoas atingindo......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal