Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Dupla dt" obteve 31 resultados.

Página:  de 4

18/06/2012

Remédios

Vacina Contra Difteria e Tétano

... Classe C. Amamentação Não há evidências de riscos para a criança. Não usar o produto Doença febril; hipersensibilidade ao produto; infecção tetânica. Avaliar riscos x benefícios Sensibilidade ao timerosal. Reações que podem ocorrer (sem incidência definida) DERMATOLÓGICO: vermelhidão na pele. GASTRINTESTINAL: falta de apetite; vômito. LOCAL DA INJEÇÃO: inchaço; enduração (um......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria e Tétano

...etável • Não aplicar as injeções nas nádegas. Via Intramuscular VACINA CONTRA DIFTERIA E TÉTANO ADMINISTRAÇÃO: no braço. USO INJETÁVEL – DOSES Adultos e Crianças com Mais de 7 Anos Usar a apresentação Adultos. Crianças até 7 Anos • Usar a apresentação Pediátrica. • 1 dose aos 2 meses, 4 meses e 6 meses de idade. • 1º reforço com 15 meses de idade. • 2º......

Ver Índice

20/08/2013

Revisões

Imunização em pacientes adultos

... · transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; · doadores de órgão sólido ou de medula óssea, cadastrados em programas de transplantes; · hemoglobinopatias. Vacina contra varicela Composta de vírus atenuado, é aplicada por via subcutânea em 2 doses com intervalo de 4 a 8 semanas. É indicada após exposição de imunocompetentes em casos de enfermarias, e para algumas situ......

Ver Índice

18/06/2012

Remédios

Vacina Contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...cios História familiar de convulsões; suspeita de doença neurológica. Reações que podem ocorrer (sem incidência definida) GASTRINTESTINAL: falta de apetite. LOCAL DA INJEÇÃO: vermelhidão e enduração no local da injeção (um nódulo pode se formar e durar várias semanas). SISTEMA NERVOSO CENTRAL: calafrios; convulsão; doença do cérebro; febre; irritação; mal-estar; sonolência. OUTROS: choque......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...s com a vacina dupla, difteria e tétano (DT) para adultos. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gravidez Classe C: Não há estudos adequados em mulheres (em experimentos animais ocorreram alguns efeitos adversos para o feto). O benefício potencial do produto pode justificar o risco potencial durante a gravidez. Não Usar o Produto Adultos e crianças acima de 7 anos; crianças com mais de 7 anos que......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

.... • A coleta deve ser efetuada antes da administração de antibióticos, mas deverá ser sempre feita. • É de responsabilidade dos profissionais da vigilância epidemiológica e/ou dos laboratórios centrais ou de referência viabilizar, orientar ou mesmo proceder estas coletas, de acordo com a organização de cada local. Atenção Não se deve aguardar os resultados dos exames para o dese......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

... até dez anos após a última dose. Alergia ao Timerosal (Merthiolate) Usado como preservativo de várias vacinas, como DTP, DT, dT, TT, meningocócica B/C, etc., o timerosal pode provocar dermatite de contato mediada por células (hipersensibilidade tardia). Caso alguém tenha alergia cutânea ao timerosal, pode apresentar discreto aumento do processo inflamatório local nos primeiros dias após a va......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... possíveis casos suspeitos, realizando extensa busca ativa; aprazar e realizar a revisita para avaliar a evolução do caso; classificar o caso conforme os critérios estabelecidos; avaliar a cobertura vacinal e desencadear imediatamente as ações de controle. - Bloqueio vacinal: a partir de todo caso suspeito, abrangendo as pessoas do mesmo domicilio, vizinhos, creches, salas de aula, alojament......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...e e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita (Livre) PARTE II – Doenças Infecciosas de Interesse para a Saúde Pública Doenças Infecciosas e Parasi......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Tétano Neonatal

... PRIMEIRAS MEDIDAS A SEREM ADOTADAS Assistência Médica ao Paciente Hospitalização imediata do recém-nato. Qualidade da Assistência Praticamente, todos os casos necessitam de internação em unidades de terapia intensiva, de maior complexidade ou unidades especiais com atendimento por profissionais médicos e de enfermagem qualificados. Alguns cuidados são necessários com relação à internação (......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal