FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cisplatina

Última revisão: 06/02/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Cisplatina>>>>>

>>> >>>>

>Rogério Aparecido Minini dos Santos>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 6.1.5>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Solução injetável 1 mg/mL.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1,4-6>>>>>>>>

>      >>>Adenocarcinoma de esôfago.>>>>

>      >>>Câncer de tireóide.>>>>

>      >>>Câncer avançado de bexiga.>>>>

>      >>>Câncer de cabeça e pescoço.>>>>

>      >>>Câncer de não-pequenas células de pulmão.>>>>

>      >>>Câncer de endométrio.>>>>

>      >>>Câncer de mama.>>>>

>      >>>Câncer gástrico.>>>>

>      >>>Câncer ovariano.>>>>

>      >>>Carcinoma de endométrio.>>>>

>      >>>Carcinoma do trato biliar.>>>>

>      >>>Hepatoblastoma.>>>>

>      >>>Neuroblastoma avançado.>>>>

>      >>>Carcinoma metastático de testículo.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1,5>>>>>>>>

>        >>>Hipersensibilidade a cisplatina ou a produtos contendo platina.>>>>

>        >>>Mielossupressão.>>>>

>        >>>Deficiências renal ou auditiva pré-existentes.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,5>>>>>>>>

>      >>>Todos os pacientes devem receber hidratação adequada (1-2 litros) 24 horas antes e depois da administração de cisplatina.>>>>

>      >>>Pacientes idosos são mais suscetíveis a toxicidade.>>>>

>      >>>Insuficiência renal (ver apêndice D).>>>>

>      >>>Não utilizar em ciclos repetidos quando a contagem de plaquetas for inferior a 100.000/mm>3>.>>>>

>      >>>Ajustar dose quando a cisplatina for utilizada no regime TCF (docetaxel, cisplatina, fluoruracila).>>>>

>      >>>Evitar extravasamento.>>>>

>      >>>A segurança em crianças não está bem estabelecida.>>>>

>      >>>Crianças são mais suscetíveis à ototoxicidade que se manifesta por zumbidos, perda auditiva para freqüências altas e eventualmente surdez permanente.>>>>

>      >>>Em infusões seqüenciais, carboplatina deve ser precedida pela administração de docetaxel ou paclitaxel para limitar a mielossupressão e aumentar a eficácia.>>>>

>      >>>Lactação.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): D.>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>5>>>>>>>>

>Adultos>>

>>Adenocarcinoma de Esôfago>>>>>>>

>      >>>Regime ECF (epirrubicina, cisplatina, fluoruracila): 60 mg/m²/dia, por via intravenosa, a cada 3 semanas, por até 8 ciclos.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Tireóide>>>>>>>

>      >>>Cisplatina combinada com doxorrubicina; dosagem ótima não estabelecida.>>>>

>>> >>>>

>>Câncer Avançado de Bexiga>>>>>>>

>      >>>50 a 70 mg/m², por via intravenosa, a cada 3 a 4 semanas.>>>>

>>> >>>>

>>Câncer de Cabeça e Pescoço>>>>>>>

>      >>>100-120 mg/m²/dia, em infusão intravenosa contínua, nos dias de 8 a 12; repetir a cada 28 dias por 3 ciclos; em combinação com mitoguazona e fluoruracila.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Não-pequenas Células de Pulmão>>>>>>>

>      >>>75 a 100 mg/m²/dia, por via intravenosa, no dia 1; repetir a cada 21 dias, por 6 ciclos. Em combinação com gencitabina e vinorelbina.>>>>

>> >>>

>>Câncer de Endométrio>>>>>>>

>      >>>Em combinação: cisplatina, doxorrubicina e paclitaxel; a dose ótima ainda não foi estabelecida.>>>>

>>> >>>>

>>Câncer de Mama>>>>>>>

>      >>>Regime CAP (doxorrubicina, cisplatina e ciclofosfamida) nos dias de 1 a 3; repetir a cada 21 dias, por no máximo 6 ciclos; a dose ótima ainda não foi estabelecida.>>>>

>> >>>

>>Câncer Gástrico>>>>>>>

>      >>>Docetaxel (75 mg/m², em infusão intravenosa por 1 hora), seguido por cisplatina (75 mg/m², em infusão intravenosa, por 1 a 3 horas) no dia 1; seguidos por fluoruracila (750 mg/m²/dia, em infusão intravenosa por 24 horas, por 5 dias. Repetir a cada 3 semanas.>>>>

>>> >>>>

>>Câncer Ovariano>>>>>>>

>      >>>Paclitaxel (135 mg/m², em infusão intravenosa por 24 horas, no dia 1), seguido de cisplatina 100 mg/m², por via intraperitoneal, no dia 2.>>>>

>> >>>

>>Carcinoma de Endométrio (Estádios III e IV)>>>>>>>

>      >>>Regime TAP (doxorrubicina, cisplatina, paclitaxel): doxorrubicina (45 mg/m²/dia, por via intravenosa), seguida imediatamente por cisplatina 50 mg/m²/dia, por via intravenosa, no dia 1; seguidos por paclitaxel (160 mg/m², em infusão intravenosa por 3 horas) no dia 2; filgastrim (5 microgramas/kg, por via subcutânea) nos dias 3 a 12. Repetir a cada 21 dias, por 7 ciclos.>>>>

>> >>>

>>Carcinoma do Trato Biliar>>>>>>>

>      >>>Regime ECF (epirrubicina, cisplatina, fluoruracila): epirrubicina (50 mg/m²/dia, por via intravenosa) e cisplatina (60 mg/m²/dia, por via intravenosa) no dia 1; repetir a cada 21 dias; fluoruracila 200 mg/m²/dia, em infusão intravenosa contínua de 24 horas, ao longo de todo curso do tratamento.>>>>

>>> >>>>

>>Carcinoma Metastático de Testículo>>>>>>>

>      >>>10-20 mg/m²/dia, por via intravenosa, acompanhada de ifosfamida (1,2 g/m²/dia, por via intravenosa) dos dias 1 a 5; vimblastina (0,11 mg/kg/dia, por via intravenosa) nos dias 1 e 2. Repetir a cada 3 semanas, por 4 ciclos. Mesna deve acompanhar a quimioterapia.>>>>

>>> >>>>

>Crianças>>

>>Hepatoblastoma (Pré e Pós-operatório)>>>>>>>

>      >>>80 mg/m²/dia, em infusão intravenosa contínua de 24 horas no dia 1; doxorrubicina (30 mg/m²/dia, por via intravenosa) nos dias 2 e 3. Repetir a cada 21 dias, por 4 ciclos antes da cirurgia e por 2 ciclos após a cirurgia. A dose máxima cumulativa para cisplatina é de 480 mg/m² e para a doxorrubicina é de 360 mg/m². A dose em crianças com menos de 10 kg deve ser determinada com base no peso.>>>>

>> >>>

>>Neuroblastoma Avançado>>>>>>>

>      >>>Regime CAV (ciclofosfamida, doxorrubicina, vincristina), em 4 cursos, seguidos do regime PVP (cisplatina e etoposídeo).>>>>

>> >>>

>Observações:>>>>>

>      >>>Não usar seringas, equipos, cateteres de alumínio.>>>>

>      >>>A velocidade de infusão é de 1 mg/minuto.>>>>

>      >>>Extravasamentos de menos de 20 mL não exigem tratamento.>>>>

>      >>>Reajuste em insuficiência renal.>>>>

>      >>>Depuração da creatinina endógena de 50-10 mL/minuto: 50% da dose usual.>>>>

>      >>>Depuração da creatinina endógena inferior a 10 mL/minuto: omitir dose.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5>>>>>>>>

>      >>>Metabolismo: não enzimático; inativação por grupos sulfidrila em tecidos e corrente circulatória; ligações covalentes com tiossulfato e glutationa.>>>>

>      >>>Excreção: renal (mais de 90%) e fecal (10%).>>>>

>      >>>A cisplatina não é dialisável.>>>>

>      >>>Meia-vida de eliminação: 16 a 53 horas.>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>5>>>>>>>>

>      >>>Náuseas e vômitos (76 a 100%).>>>>

>      >>>Alopecia.>>>>

>      >>>Mielossupressão (freqüente).>>>>

>      >>>Elevação de enzimas hepáticas.>>>>

>      >>>Hipocalemia, hipomagnesemia.>>>>

>      >>>Reação de hipersensibilidade.>>>>

>      >>>Hérnia cerebral, encefalopatia, síndrome de leucoencefalopatia posterior reversível, convulsões.>>>>

>      >>>Ototoxicidade.>>>>

>      >>>Nefrotoxicidade (freqüente).>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>5>>>>>>>>

>      >>>Aumento de efeito/toxicidade de cisplatina: vinorelbina, topotecano, paclitaxel, docetaxel, doxorrubicina, tacrolimo.>>>>

>      >>>Diminuição de efeito: tiossulfato de sódio.>>>>

>      >>>Uso simultâneo de furosemida ou manitol minimiza a nefrotoxicidade.>>>>

>>> >>>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>4, 5>>>>>>>>

>      >>>Orientar para evitar contato com pessoas que apresentem infecções ou que tenham recebido vacina oral contra poliomielite.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>5, 6>>>>>>>>

>      >>>Armazenar frascos em temperaturas entre 15 e 25 °C, protegidos da luz. Não refrigerar.>>>>

>      >>>A solução em frascos multidose permanece estável por 28 dias se protegida da luz e mantida em temperaturas entre 15 e 25°C.>>>>

>      >>>Soluções de grande volume contendo cisplatina devem ser protegidas da luz quando infundidas por períodos superiores a 6 horas.>>>>

>      >>>A cisplatina é compatível com soluções injetáveis de cloreto de sódio 0,9% e em soro glicofisiológico (5% / 0,45%).>>>>

>      >>>A cisplatina é degradada em soluções contendo bissulfito, metabissulfito, cloreto de potássio.>>>>

>      >>>Incompatibilidade com: fluoruracila, mesna, bicarbonato de sódio, tiotepa, amifostina, anfotericina B, lansoprazol, pantoprazol, cloridrato de cefepima, dantroleno sódico, diazepam, piperacilina/tazobactam e soluções de nutrição parenteral total.>>>>

>      >>>A cisplatina reage com alumínio, formando precipitado; portanto, agulhas, seringas, cateteres ou equipos contendo alumínio não devem ser utilizados para administrá-la.>>>>

>> >>>

>>ATENÇÃO: nefrotoxicidade, mielossupressão, náuseas e vômitos ocorrem com freqüência e são dose-dependentes. Ototoxicidade com perda de audição e surdez é mais pronunciada em crianças. Existe risco de reações anafiláticas minutos após a administração de cisplatina. Erros de dosagem podem ocorrer quando cisplatina é confundida com carboplatina nas prescrições médicas.>>>>>>

>> >>>

>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal