FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Levotiroxina Sódica

Última revisão: 06/12/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>>> >>>>

>>Levotiroxina Sódica>>>>>

>> >>>

>Marcela de Andrade Conti>>>>>

>>> >>>>

>>Na Rename 2006: item 17.2>>>>>

>>> >>>>

>>APRESENTAÇÃO>>>>>>>

>      >>>Comprimidos de 25 microgramas, 50 microgramas e 100 microgramas.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1-8>>>>>>>>>>

>      >>>Tratamento de manutenção de hipotiroidismo.>>>>

>      >>>Hipotireoidismo neonatal.>>>>

>      >>>Supressão da secreção de hormônio estimulante da tiróide (TSH), em situações específicas, como nos carcinomas diferenciados da tiróide.>>>>

>> >>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>1-7>>>>>>>>>>

>      >>>Tireotoxicose.>>>>

>      >>>Hipersensibilidade a hormônios tireoidianos.>>>>

>      >>>Infarto do miocárdio recente.>>>>

>      >>>Insuficiência adrenal não corrigida.>>>>

>> >>>

>>PRECAUÇÕES>1-8>>>>>>>>>>

>      >>>Doenças cardiovasculares (hipertensão, insuficiência cardíaca e infarto do miocárdio): a dose inicial deve ser reduzida à metade e o ajuste deve ser lento e gradativo.>>>>

>      >>>Pan-hipopituitarismo ou predisposição à insuficiência adrenal: iniciar tratamento com corticóides antes de introduzir levotiroxina.>>>>

>      >>>Hipotireoidismo de longa data.>>>>

>      >>>Diabetes melito: provável necessidade de aumentar a dose de insulina ou de hipoglicemiantes orais.>>>>

>      >>>Idosos: a dose deve ser 25% menor devido à maior sensibilidade aos efeitos dos hormônios tireoidianos.>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): A (ver apêndice A).>>>>

>> >>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>1-8>>>>>>>>>>

>Adultos>>

>>Hipotireoidismo>>>>>>>

>      >>>Dose diária inicial de 50 microgramas a 100 microgramas, por via oral, com acréscimo de 25 microgramas a 50 microgramas, a cada 3 a 4 semanas, até normalização do metabolismo; dose diária de manutenção de 100 microgramas a 200 microgramas.>>>>

>>> >>>>

>>Supressão do Hormônio Estimulante da Tireóide (TSH)>>>>>>>

>      >>>De 2 a 6 microgramas/kg/dia, por 7 a 10 dias.>>>>

>>> >>>>

>Crianças>>

>>Hipotireoidismo>>>>>>>

>      >>>Neonatos: dose inicial de 10 a 15 microgramas/kg/dia. Quando houver risco de falência cardíaca, deve-se considerar o uso de doses abaixo de 25 microgramas/dia. Em neonatos com níveis de T4 abaixo de 5 microgramas/dL deve-se iniciar com 50 microgramas/dia; ajustar a dose em intervalos de 4 a 6 semanas.>>>>

>      >>>Até 12 anos: a dose baseia-se no peso corporal e idade, conforme listado abaixo. Crianças com hipotiroidismo grave ou crônico devem iniciar com dose de 25 microgramas/dia, com ajustes de 25 microgramas/dia cada 2 a 4 semanas. Em crianças maiores, pode-se reduzir a hiperatividade iniciando o tratamento com ¼ da dose recomendada e aumentando a mesma em ¼ a cada semana até atingir a dose almejada. Dose similar à de adultos deve ser empregada a partir do completo crescimento e puberdade.>>>>

>      >>>0 a 3 meses: 10 a 15 microgramas/kg/dia.>>>>

>      >>>3 a 6 meses: 8 a 10 microgramas/kg/dia.>>>>

>      >>>6 a 12 meses: 6 a 8 microgramas/kg/dia.>>>>

>      >>>1 a 5 anos: 5 a 6 microgramas/kg/dia.>>>>

>      >>>6 a 12 anos: 4 a 5 microgramas/kg/dia.>>>>

>      >>>Acima de 12 anos: 2 a 3 microgramas/kg/dia.>>>>

>> >>>

>Administração>>>>>

>      >>>Administrar pela manhã, com estômago vazio, ou ao menos 30 minutos antes de uma refeição. Os comprimidos podem ser triturados e suspensos em 1 a 2 colheres de água.>>>>

>      >>>A suspensão deve ser imediatamente ingerida.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>1,4-7>>>>>>>>>>

>      >>>A absorção oral varia de 50 a 80%, sendo diminuída com ingestão concomitante de alimentos.>>>>

>      >>>Início da ação: 3 a 5 dias.>>>>

>      >>>Pico de efeito sérico: 3 a 4 horas.>>>>

>      >>>Pico de ação terapêutica: 3 a 4 semanas.>>>>

>      >>>Meia-vida plasmática: 6 a 7 dias, mas pode ser prolongada em hipotiroidismo (9 a 10 dias) ou reduzida (3 a 4 dias) em hipertireoidismo.>>>>

>      >>>Duração da ação: 1 a 3 semanas após interrupção do tratamento.>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1-7>>>>>>>>>>

>      >>>Normalmente ocorrem em doses excessivas e regridem após redução da dose ou interrupção temporária do tratamento.>>>>

>      >>>Correspondem a sintomas de hipertireoidismo: angina, arritmias cardíacas, palpitações, taquicardia, vômitos, diarréia, tremores, excitabilidade, insônia, cefaléia, rubor facial, sudorese, perda de peso, fraqueza muscular, cãibras e febre.>>>>

>      >>>Menos freqüentes: alopecia, alterações no ciclo menstrual, aumento do apetite e irritabilidade.>>>>

>      >>>Reações de hipersensibilidade: erupção cutânea, prurido e edema.>>>>

>> >>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>1-8>>>>>>>>>>

>      >>>Anticoagulantes orais têm seus efeitos potencializados, aumentando o risco de hemorragias. Devem ser monitorados parâmetros de coagulação e, se necessário, reduzir as doses do anticoagulante.>>>>

>      >>>A administração concomitante com antiácidos, carbonato de cálcio, compostos ferrosos, sucralfato ou colestiramina diminui a absorção da levotiroxina, por isso se recomenda intervalo mínimo de 4 horas entre as administrações.>>>>

>      >>>Os glicosídeos digitálicos podem ter o efeito terapêutico diminuído pela levotiroxina.>>>>

>      >>>Imatinibe, rifampicina, ritonavir, estrógenos e indutores enzimáticos, como carbamazepina, fenitoína e barbitúricos, podem diminuir a efetividade da levotiroxina e piorar o hipotiroidismo.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>5,7,8>>>>>>>>>>

>      >>>Orientar para ingerir com 250 mL de água e com o estômago vazio, 30 minutos antes ou 2 horas após o café da manhã.>>>>

>      >>>Alertar para evitar alternância de fabricantes, porque produtos diferentes podem não ter o mesmo efeito.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>4,5,8>>>>>>>>>>

>      >>>Conservar em temperaturas entre 15 e 30°C, em recipientes bem fechados e ao abrigo da luz.>>>>

>      >>>Se houver necessidade de triturar e misturar o comprimido, utilizar apenas água ou, se necessário, alimentos que não apresentem grandes quantidades de soja, ferro ou fibras.>>>>

>> >>>

>>ATENÇÃO: biodisponibilidades diferentes são observadas entre as diversas apresentações comerciais de levotiroxina sódica. Assim, alcançada a estabilização do paciente, a prescrição não deve ser, >>>a priori>>>, alterada>4-7>.>>>>>

>> >>>

>>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>>>>>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.