FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Anexo i Orientacao Para Exame Fisico" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO I: Orientação para Exame Físico

...ciente para fazer força durante a inserção do dedo examinador. Palpa-se o canal anal à procura de massas. Utilizando a mesma técnica abdomino-vaginal, as estruturas pélvicas são novamente palpadas. Deve-se prestar atenção especial ao septo retovaginal, aos ligamentos uterossacrais, ao fundo de saco e ao fundo uterino posterior. É durante este exame que melhor se encontram massas do fundo de saco d......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

2 Abordagem Integral ao Portador de DST

... no diagnóstico como no tratamento das DST devem ser abordadas durante a anamnese. Fluxogramas de conduta específicos, desenvolvidos e testados nacional e internacionalmente, são os instrumentos que auxiliarão o profissional que realiza o atendimento e serão apresentados nos capítulos seguintes para cada síndrome clínica: úlcera genital, corrimento uretral masculino, corrimento feminino e dor pél......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ares, recomenda-se aplicar uma dose, independentemente da idade. As contraindicações para aplicação da vacina BCG são as mesmas referidas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI), disponíveis no seguinte endereço eletrônico: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/manual_pos-vacinacao.pdf. E importante considerar a situação de risco dos contatos possivelmente expostos ao HIV e outra......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...ionada, e dose diária de 50 mg, autoadministrada Clofazimina (CFZ): dose mensal de 150 mg (3 cápsulas de 50 mg), com administração supervisionada, e uma dose de 50 mg, autoadministrada, em dias alternados Duração: 12 doses. Seguimento dos casos: comparecimento mensal para dose supervisionada. Critério de alta: o tratamento estará concluído com 12 doses supervisionadas, em até 18 meses.......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 2 – Investigação Epidemiológica de Casos e Epidemias

...emiológicas da doença/agravo suspeito. O preenchimento desta ficha deve ser muito cuidadoso, registrando-se com o máximo de exatidão possível as informações de todos os seus campos. O investigador poderá acrescentar novos itens que considere relevantes. O espaço reservado para “observações” deve ser utilizado para anotar informações adicionais que possam ajudar no esclarecimento do evento. Da......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...ação de partículas virais inoculadas e cepa viral. Período de Transmissibilidade Nos cães e gatos, a eliminação de vírus pela saliva ocorre de 2 a 5 dias antes do aparecimento dos sinais clínicos, persistindo durante toda a evolução da doença. A morte do animal acontece, em média, entre 5 a 7 dias após a apresentação dos sintomas. Em relação aos animais silvestres, há poucos estudos sobre o p......

Ver Índice

26/08/2009

Biblioteca Livre

4 Recomendações

...ifusão de monóxido de carbono (CO) e a avaliação da capacidade de exercício destacam-se pela sua capacidade de melhor avaliar as queixas de dispnéia, nem sempre expressas por alterações espirométricas. Estes métodos normalmente estão disponíveis em serviços de referência em pneumologia. 4.3 DIAGNÓSTICO DE PNEUMOCONIOSE O diagnóstico de uma pneumoconiose e alterações pleurais pelo asbesto base......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

5 Síndromes Clínicas Principais

...e o Herpesvírus humano 8 (HHV 8). Embora os HSV 1 e 2 possam provocar lesões em qualquer parte do corpo, há predomínio do tipo 2 nas lesões genitais e do tipo 1 nas lesões periorais. São DNA vírus que variam quanto à composição química e podem ser diferenciados por técnicas imunológicas. Quadro clínico O vírus é transmitido mais freqüentemente por contato direto com lesões ou objetos contamin......

Ver Índice

15/05/2014

Revisões

Prontuário de pacientes: finalidades, preenchimento e questões éticas e legais

...o. · Motivo da alta: · Diagnósticos: são apresentados os diagnósticos na internação, diagnóstico principal da alta e diagnósticos secundários. Para cada um deles o sistema oferece uma pesquisa em uma tabela do Código Internacional de Doenças versão 10 (CID-10). · Evolução: a evolução é um dos itens mais importantes do sumário de alta. · O AGH oferece um campo d......

Ver Índice

01/10/2009

Revisões

Novo código de ética médica

...aplicação. Art. 3º O Código anexo a esta Resolução entra em vigor cento e oitenta dias após a data de sua publicação e, a partir daí, revoga-se o Código de Ética Médica aprovado pela Resolução CFM n.º 1.246, publicada no Diário Oficial da União, no dia 26 de janeiro de 1988, Seção I, páginas 1574-1579, bem como as demais disposições em contrário. Brasília, 17 de setembro de 2009 EDSON ......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.