FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Caso 5" obteve 2504 resultados.

Página:  de 251

27/01/2015

Casos Clínicos

Caso Clínico – Qual o diagnóstico hematológico deste caso?

... clínico da CIVD aguda envolve manifestações hemorrágicas (64% dos casos) como petéquias e equimoses; injúria renal (25% dos casos), disfunção hepática (19% dos casos), insuficiência respiratória (16% dos casos), choque (14% dos casos), evento tromboembólico como trombose venosa profunda, embolia pulmonar, trombose arterial (7% dos casos), e envolvimento de sistema nervoso central (2% dos casos). ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... Características Epidemiológicas Em 2002, ocorreram 1.480 casos de Rubéola no Brasil, o que corresponde a um decréscimo de 95%, quando comparado à incidência de 1997. As taxas de incidência no sexo feminino, em 2002, ficaram em 1/100.000 mulheres tanto na faixa etária de 15 a 19, como de 20 a 29 anos. Em 2003, foram confirmados 563 casos de Rubéola entre os 16.036 casos suspeitos notificados; e......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...ratamento com imunodepressores (corticoterapia, quimioterapia, radioterapia, etc.). Nessas circunstancias, adiar até 3 meses após a suspensão de seu uso, pela possível inadequação da resposta imunológica; uso de sangue ou seus derivados - recomenda-se que as pessoas só sejam vacinadas após 3 meses da data da transfusão; vigência de doenca aguda febril grave, para que sinais e sintomas agravados nã......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Sarampo

... de 5 anos. O paciente apresenta 3 a 4 dias de febre alta e irritabilidade, podendo ocorrer convulsões. O exantema é semelhante ao da rubéola e pode durar apenas horas. Inicia-se, caracteristicamente, no tronco, após o desaparecimento da febre, e não há descamação. Dengue – caracteriza-se por início súbito, com febre, cefaléia intensa, mialgias, artralgias, dor retroorbital e dor abdominal difusa......

Ver Índice

08/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Raiva

...V) ou Pittman-Moore (PM) inativados pela betapropiolactona. São apresentadas sob a forma liofilizada, acompanhadas de diluente; devem ser conservadas em geladeira, fora do congelador, na temperatura entre + 2ºC a + 8ºC, até o momento de sua aplicação, observando o prazo de validade do fabricante. A potência mínima destas vacinas é 2,5 UI/dose. Dose e via de aplicação – são apresentadas nas doses ......

Ver Índice

07/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Leishmaniose Visceral

...o agravamento do problema, etc. (ver Manual de Vigilância e Controle da Leishmaniose Visceral). Em situações de surtos, os dados devem ser analisados criteriosamente, permitindo melhor orientação e aprimoramento tanto nas medidas de prevenção e controle quanto na necessidade de implementação das ações de diagnóstico e assistência. Divulgação dos Dados Após análise dos dados, os mesmos deverã......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Hanseníase

...dir a qualidade do atendimento dos serviços de saúde Bom: > 98% Regular: 90 – 98% Precário: < 90% 2. Proporção de casos novos, diagnosticados no ano, com grau de incapacidade física avaliado Casos novos, diagnosticados no ano, com grau de incapacidade avaliado X 100 Total de casos novos diagnosticados no ano Medir a qualidade do atendimento dos serviços de saúde Bom: &......

Ver Índice

11/05/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos  (Livre)

... Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal. - Evitar tocar olhos, nariz ou boca. - Lavar as mãos freqüentemente com água e sabonete, especialmente depois de tossir ou espirrar. - Evitar contato próximo[2] com outras pessoas. · Informar a vigilância epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e o Hospital de Referência sobre o encaminha......

Ver Índice

28/06/2009

Revisões

Influenza A (H1N1) - Protocolo de Procedimentos - versão 5

...s e rotinas dos procedimentos envolvidos na atenção aos casos suspeitos e confirmados de infecção por novo vírus Influenza A(H1N1), tais como: procedimentos de colocação e retirada de EPI; procedimentos de remoção e processamento de roupas, artigos e produtos utilizados no quarto/unidade de isolamento; rotinas de limpeza do quarto/unidade de isolamento; rotinas para remoção dos resíduos, entre out......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Difteria

... campanhas de vacinação ou, ainda, de bloqueio, realizada diante da ocorrência de um caso suspeito da doença. Considera-se adequadamente vacinado: • quem recebeu três doses de vacina DTP (contra difteria, tétano e coqueluche) ou DTP+Hib (contra difteria, tétano e coqueluche e infecções graves causadas pelo Haemophilus influenzae) ou DT (dupla infantil), a partir de dois meses de vida, co......

Ver Índice

Página:  de 251

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A

Cnpj: 11.012.848/0001-57

info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.