FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doencas Frequentes da Vulva" obteve 27 resultados.

Página:  de 3

14/02/2009

Revisões

Doenças Frequentes da Vulva

... crescimento rápido, aumento de pigmentação, ulceração e fixação a planos subjacentes, para excluir NIV ou malignidade. O tratamento consiste na aplicação de ATA a 80% ou podofilina a 25% pelo médico, ou no uso de imiquimod 5% 3 vezes/semana por até 16 semanas pelo próprio paciente. Nos casos exuberantes, pode ser realizada a eletrocauterização em ambiente cirúrgico, não havendo até o momento demo......

Ver Índice

14/02/2009

Revisões

Doenças Frequentes da Vulva

...lcera ou hiperqueratose, deve-se proceder à biopsia. O líquen escleroso nunca afeta a vagina. Pode estar associado ao líquen plano, situação na qual podem ocorrer lesões em mucosa oral e vaginal. O diagnóstico diferencial é com vitiligo e hipopigmentação inflamatória, traumática ou cicatricial. Líquen Simples Crônico Dermatose comum caracterizada por prurido e ardor, com aspecto coriáceo (se......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

8 Infecção pelo Papilomavírus Humano (HPV)

...m os tipos de HPV de alto risco para câncer cervicouterino, os testes para sua identificação têm discutida aplicação clínica e não são recomendados. SITUAÇÕES ESPECIAIS Coleta Durante a Gravidez Mulheres grávidas devem submeter-se como as demais ao exame colpocitológico, excluindo a coleta endocervical como parte da rotina pré-natal. Mulheres Infectadas pelo HIV Há maior prevalência de ......

Ver Índice

25/10/2009

Biblioteca Livre

5 Síndromes Clínicas Principais

...para populações de baixo risco são aqueles que se baseiam em DNA de amostra urinária. O PCR e o ELISA de material endocervical têm 88,6% e 65% de sensibilidade, enquanto em amostra urinária atingem 96,5% e 38% de sensibilidade, respectivamente (Watson et al., 2002). A captura híbrida pode ser utilizada para diagnóstico de gonorreia e clamídia, porém, só está disponível em alguns laboratórios de r......

Ver Índice

11/11/2016

Revisões Internacionais

Infeccoes Micoticas em Hospedeiros Comprometidos

...e qualidade para esporos de mofo.91 Etiologia As infecções cutâneas ocorrem geralmente através de inoculação traumática; a infecção é precedida por traumas na pele em mais de 80% de casos. As fontes de trauma incluem cirurgias, queimaduras, acidentes de carro, facas e mesmo picadas de insetos. Uma série de infecções que foi amplamente divulgada ocorreu entre 1978 e 1980, e foi provocada pe......

Ver Índice

05/06/2009

Biblioteca Livre

Co-morbidades e Co-infecções no paciente com HIV

...iretrovirals. Lancet Infect Dis 2005; 5(6):361-73. 18. López-Cortés LF et al. Pharmacokinetics interactions between efavirenz and rifampicin in HIV infected patients with tuberculosis. Clin Pharmacokinet 2002; 41(9)681-90 19. MORBIDITY AND MORTALITY WEEKLY REPORT 1998. Report of the NIH panel to define principles of therapy of HIV infection and guidelines for using antiretroviral agents among HI......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV)

...nital, cavalo de crista, crista de galo e condiloma acuminado. Agente Etiológico Papilomavírus humano (HPV). Vírus DNA não cultivável da família do Papovavirus, com mais de 70 sorotipos. Esses agentes ganharam grande importância epidemiológica e clínica por estarem relacionados ao desenvolvimento de câncer. Os grupos dos sorotipos considerados de elevado risco oncogênico são o 16, 18, 31, 33,......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV)

...to e de seus parceiros sexuais e promoção de comportamentos preventivos. Promoção do uso de preservativos: método mais eficaz para a redução do risco de transmissão do HIV e outras DST. Convite aos parceiros para aconselhamento e promoção do uso de preservativos (deve-se obedecer aos princípios de confiabilidade, ausência de coerção e proteção contra a discriminação). Educação em saúde, de modo ge......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

herpes simples

... De 1 a 26 dias; em média, 8 dias após o contato. Em vários casos, o periodo pode ser bem mais longo, de difícil precisão. Período de Transmissibilidade Variável de 4 a 12 dias após o aparecimento dos primeiros sintomas. Nas infecções assintomáticas, orais e genitais, pode haver disseminação transitória do vírus. Diagnóstico Eminentemente clínico. O diagnóstico citológico de Tzanck (visu......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

herpes simples

...ões periorais. São DNA vírus que variam quanto à composição química e podem ser diferenciados por técnicas imunológicas. Reservatório O homem. Modo de Transmissão Por contato intimo com indivíduo transmissor do vírus, a partir de superfície mucosa ou lesão infectante. O HSV é rapidamente inativado em temperatura ambiente e após secagem, o que faz com que a disseminação por aerossóis ou f......

Ver Índice

Página:  de 3

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.