FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Doencas Metabolicas Musculares Primarias" obteve 14 resultados.

Página:  de 2

01/10/2008

Revisões

Mialgia

... vivax e P. malarie. Noventa e nove por cento dos casos concentram se na região da Amazônia, e em outras regiões do país a doença decorre do fluxo migratório. O período de incubação depende da espécie causadora da doença: 8 a 12 dias para o P. falciparum, 13 a 17 dias para o P. vivax, e 18 a 30 dias para o P. malarie. O quadro clínico típico se constitui de mialgia, febre, calafrios, sudorese prof......

Ver Índice

29/08/2009

Revisões

Miopatias Hereditárias

... e tecido conjuntivo. Apresentações Clínicas Há seis padrões de apresentação dos quadros de miopatias (Tabela 4). Tabela 4: Padrões de apresentação dos quadros de miopatias Fraqueza proximal de distribuição cintura-membros · Padrão mais comum · Simétrico, com envolvimento distal brando · Envolvimento da musculatura flexora e extensora do pescoço Fraqueza distal · T......

Ver Índice

02/07/2009

Revisões

Cervicalgia e Lombalgia

...troneuromiografia Deve ser realizada se há dúvidas do acometimento radicular e de sua causa. Exames Laboratoriais Importantes quando há sinais de alerta para que sejam feitos os diagnósticos diferenciais. Hemograma, eletroforese de proteínas, provas de atividade inflamatória (velocidade de hemossedimentação e proteína C reativa) etc. TRATAMENTO O tratamento das cervicalgias e lombalgias......

Ver Índice

19/05/2014

Revisões

Doenças neuromusculares

...ondução nos estudos neurofisiológicos e anormalidades da mielina na patologia. Já em indivíduos com CMT-2, há velocidades de condução normais ou pouco reduzidas e achados de degeneração axonal crônica e regeneração. As subdivisões dessa classificação são baseadas nos tipos de genes alterados. Diagnóstico diferencial Deve-se realizar diagnóstico diferencial da CMT com outras neuropatias heredi......

Ver Índice

22/08/2009

Revisões

Crise Epiléptica

...o. A probabilidade de um indivíduo apresentar uma crise epiléptica em qualquer momento da vida é estimado entre 5% a 10%. Em cerca de 25% das crises, um fator causal pode ser identificado. Essas crises são denominadas crises agudas sintomáticas (ou crises provocadas). Os principais desencadeantes identificáveis de crises agudas sintomáticas são distúrbios no equilíbrio hidroeletrolítico ou ácido-......

Ver Índice

15/09/2008

Revisões

Propedêutica Neurológica

...uida, pede-se que o paciente repita as 3 palavras. O paciente receberá um ponto por cada acerto. Permita 5 tentativas até o paciente aprender as 3 palavras, mas pontuar apenas a primeira. 0 a 3 Atenção e cálculo Peça para subtrair 7 de 100 sucessivamente (5 vezes): 100 – 93 – 86 – 79 – 72 – 65 (dar um ponto para cada acerto) Se não atingir o escore máximo, peça que soletre a palavra ......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Lúpus Eritematoso Sistêmico

...s diagnósticos diferenciais, dependendo da extensão e gravidade do acometimento sistêmico. Sintomas Constitucionais Na fase em que a febre predomina, o LES deve ser diferenciado de outras doenças sistêmicas ou mesmo infecções crônicas, e quando associada à linfoadenopatia deve ser diferenciado das doenças linfoproliferativas. É importante lembrar que a linfadenopatia no LES é encontrada em 30......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Lúpus Eritematoso Sistêmico

...s antiinflamatórios não-hormonais devem ser utilizados com cautela na doença, particularmente nos pacientes com envolvimento renal, pois podem agravar essa disfunção ou mesmo dificultar o monitoramento dos quadros renais. O seu uso está indicado para o controle do quadro articular crônico, serosites leves a moderadas e febre associada à doença. Os corticosteróides também devem sempre ser utiliza......

Ver Índice

15/09/2008

Revisões

Manifestações Neurológicas no Paciente com HIV

...ole do vírus mudou o curso da infecção, tornando-a uma doença crônica, possibilitando o manejo clínico de suas complicações · As manifestações neurológicas podem dever-se ao próprio vírus HIV ou à imunossupressão ocasionada pela redução da contagem de linfócitos T CD4+. Além disso, em qualquer fase da infecção pelo HIV, patologias não necessariamente associadas à imunossupressão podem lev......

Ver Índice

12/05/2016

Revisões Internacionais

Introdução à imunologia clínica: visão geral de respostas imunes, de condições autoimunes e da terap

...no Tratamento de Doenças Autoimunes Corticosteroides Os glicocorticoides são usados como agentes anti-inflamatórios e imunossupressivos no tratamento de inúmeras doenças reumáticas. Esses mecanismos de ação possivelmente dependam da dosagem. Os glicocorticoides exercem efeitos sobre a expressão gênica em células imunes e seus efeitos não genômicos são rápidos. Os efeitos genômicos são mediados p......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal |

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.