FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Glomerulonefrites Agudas" obteve 13 resultados.

Página:  de 2

06/06/2010

Revisões

Glomerulonefrites Agudas

...cesso fisiopatológico renal. Depósitos imunes subendoteliais responsáveis pela ativação de complemento, e consequente influxo local de células inflamatórias, são rapidamente clareados, contribuindo para resolução da disfunção renal (3 a 4 semanas) e da hematúria (3 a 6 meses). Depósitos subepiteliais (humps) são responsáveis por danos às células epiteliais manifestados pela proteinúria. Estes depó......

Ver Índice

17/07/2014

Revisões

Lítio

.... Tremores finos de mãos podem dificultar o trabalho de alguns pacientes e costumam melhorar com a adição de baixas doses de ß-bloqueadores. Tremores grosseiros são sugestivos de intoxicação. Observa-se um maior aumento de peso em pacientes que já tenham tendência a sobrepeso, o que pode ser evitado com doses menores de lítio.10,24 Deve-se orientar o paciente a não ingerir mais calorias pelo aumen......

Ver Índice

23/07/2014

Revisões

Insuficiência Renal Aguda

...ter como componente adicional uma instabilidade hemodinâmica (vasodilatação sistêmica) causada por um quadro séptico. Deve-se considerar que o paciente apresenta um leucograma alterado (16.000 leucócitos com 15% de bastões) e que a análise do fluido de ascite evidencia 400 neutrófilos/ L, um dos critérios diagnósticos de peritonite bacteriana espontânea. Após a análise do exame de urina do pacient......

Ver Índice

19/02/2013

Revisões Internacionais

Doenças glomerulares – Roman G.B. Bonegio / David J. Salant

...birrefringência muitas vezes pode ser observada junto aos glomérulos, túbulos e vasculatura. A coloração imunofluorescente resulta negativa para IgG e complemento, porém é positiva para cadeias leves kappa ou lambda na amiloidose AL. Os anticorpos anti-AA podem ser utilizados para corar depósitos amiloides e confirmar o diagnóstico de amiloidose AA. Por fim, a microscopia eletrônica revela a prese......

Ver Índice

22/07/2009

Revisões

Doença Mista do Tecido Conectivo

...s a distinct entity: comment on the article by Smolen and Steiner. Arthritis Rheum 1999; 42(1):190-1. Doença Mista do Tecido Conectivo Maria Teresa Correia Caleiro esclerose sistêmica Síndrome de Sjögren fenômeno de Raynaud Doença Mista do Tecido Conectivo Doença Mista do Tecido Conectivo anticorpo anti-ribonucleoproteína dermatopolimiosite doença reumatóide fator antinuclear Doença Mista do Teci......

Ver Índice

27/09/2009

Revisões

Glomerulonefrites Rapidamente Progressivas

...icos dessas doenças (Glomerulonefrites agudas e Nefrite lúpica). TRATAMENTO O tratamento das vasculites divide-se em duas fases: a primeira de indução da remissão e a segunda de manutenção da indução. A indução da remissão deve ser feita inicialmente com pulso de metilprednisolona na dose de 7 a 15 mg/kg/dia, no máximo com 1 g/dia, por 3 dias, mantendo-se depois prednisona 1 mg/kg via oral. ......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Insuficiência Renal Aguda

...os corrigir a dose de acordo com a função renal do paciente. Algumas drogas podem ter sua concentração plasmática monitorizada. · O uso de dopamina em dose “renal” (1-3 mcg/kg/min), ainda utilizado em alguns centros, não é recomendado. Diversos estudos provaram que seu uso não reduz a morbidade ou mortalidade nesses pacientes, e alguns mostraram que até pode aumentá-las. · ......

Ver Índice

26/02/2018

Revisões

Glomerulonefrite Pós-infecciosa

...straram eficazes na prevenção da endocardite bacteriana. Referências 1-Meyrier A. Postinfectious glomerulonephritis in Primer of Kidney Diseases 2013. 2-Nadasdy T, Hebert LA. Infection-related glomerulonephritis: understanding mechanisms. Semin Nephrol 2011; 31:369. 3- Rodriguez-Iturbe B, Musser JM. The current state of poststreptococcal glomerulonephritis. J Am Soc Nephrol 2008. Glomeru......

Ver Índice

06/08/2014

Revisões

Tubulopatias

.... •Bartter tipo IV ou Bartter antenatal – também denominada síndrome da hiperprostaglandina E, com mutações na bartina (Barttin), que atua como uma subunidade ß dos canais de cloro CLC-Ka e CLC-Kb (3). •Bartter tipo V – pacientes com doença familiar hipocalcêmica com hipercalciúria podem apresentar o fenótipo de Bartter, também chamado de Bartter-like. A redução no transporte tubular na alça......

Ver Índice

28/03/2014

Revisões

Coagulação: distúrbios hemorrágicos

... na área de lesão tecidual e sobrepujam os anticoagulantes. É possível distinguir dois componentes: •Hemostasia primária (responsável pelo pronto estancamento do sangramento por meio da constrição vascular e da formação do trombo ou do tampão plaquetário) (Fig. 54.1). •Hemostasia secundária (implicada na prevenção do ressangramento por meio da estabilização do trombo com a formação da rede......

Ver Índice

Página:  de 2

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.