FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Rubeola e Sindrome da Rubeola Congenita" obteve 36 resultados.

Página:  de 4

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...afirmar que houve infecção. Acompanhar RN suspeito de SRC IgG – Vacinar após o parto Não existem indicações para solicitar e realizar exame de rotina no pré-natal para Rubéola em gestantes. Caso seja realmente necessário fazer o exame e a gestante, além de assintomática, não apresente historia de contato prévio com alguma doenca exantemática e nem registro da vacina na carteira de vaci......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...o prévio com alguma doenca exantemática e nem registro da vacina na carteira de vacinação, devera ser realizada a pesquisa de IgG que, sendo negativa, orienta vacinação pós-natal; se positiva, indica imunidade. O material a ser colhido é sangue venoso sem anticoagulante, na quantidade de 5 a 10 ml. Nos casos de criança muito pequena, nos quais não seja possível coletar o volume estabelecido, obte......

Ver Índice

12/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Síndrome da Rubéola Congênita

... Esses anticorpos, na infecção congênita, aparecem desde o nascimento e perduram, em geral, até os 180 dias de vida. É um teste sensível, de eleição para a triagem de casos. • PCR – detecta material genético do vírus em amostra clínica (urina e secreção nasofaríngea). • Isolamento viral em cultura de células – útil para identificar o genótipo do vírus, possibilitando conhecer a origem ......

Ver Índice

11/11/2015

Biblioteca Livre

V

...ica, particularmente em pacientes com fibrilação atrial de alto risco embólico. t Prevenção de eventos tromboembólicos em pacientes com válvulas mecânicas cardíacas (em associação com ácido acetilsalicílico em baixas doses). t Ataque isquêmico transitório. Contraindicações t Gravidez. Categoria de risco na gravidez (FDA): X (ver Apêndice A). t Abortamento, eclampsia e pré-eclâmpsia (risco......

Ver Índice

30/05/2010

Revisões

Doenças exantemáticas na infância

...seados com precauções padrão. VARICELA 1. Agente etiológico: vírus varicela-zoster, membro da família Herpesvírus. 2. Sazonalidade: fim do inverno e início da primavera. 3. Epidemiologia: contato direto com pacientes infectados ou disseminação aérea do vírus. A contagiosidade é maior 1 a 2 dias antes e logo após o início do exantema, podendo, no entanto, estender-se até a for......

Ver Índice

01/02/2010

Revisões

Icterícia

...iliares, a colestiramina, em uma dose de até 12 g/dia, é a primeira escolha no tratamento. Quando não há resposta, é possível o uso de rifampicina, iniciando-se com 150 mg/dia. O ácido ursodeoxicólico também pode ser utilizado. É um variante de sais biliares mais hidrofílico (mais solúvel em água) que a maioria dos sais biliares. Quando administrado em doses terapêuticas (13 a 15 mg/kg/dia), pass......

Ver Índice

08/03/2012

Revisões Internacionais

Sarampo, caxumba, rubéola, parvovírus, poxvírus – Martin S. Hirsch, MD

...m em processo de remissão espontânea. Em hospedeiros imunocomprometidos (p. ex., pacientes infectados pelo HIV e receptores de transplante), a infecção aguda pode levar à persistência viral e à supressão crônica da medula óssea.50,51 Uma proporção significativa dos pacientes com Aids que desenvolvem anemia severa durante o tratamento com zidovudina (AZT) apresenta infecção persistente pelo parvoví......

Ver Índice

04/10/2016

Revisões Internacionais

Distúrbios Leucocitários Não Malignos

...radicais hidroxila (OH?) e oxigênio atômico (102), sendo que ambos são tóxicos para as bactérias. Além disso, o H2O2 e o cloreto (Cl-) combinam na presença da mieloperoxidase (MPO) liberada no fagossoma para produzir hipercloreto (ClO-), que também é um bactericida. Diagnóstico Nos casos em que a neutrofilia não puder ser prontamente atribuída a alguma infecção, condição inflamatória ou terap......

Ver Índice

31/05/2009

Biblioteca Livre

Rubéola

... SRC, devem ser mantidas altas coberturas vacinais homogêneas com a vacina tríplice viral: a) Esquema vacinal básico: a vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) está recomendada na rotina, a partir dos 12 meses de idade. b) Vacinação de bloqueio: apesar da vacinação de exposto ao risco não prevenir a doença, recomenda-se vacinação seletiva com o objetivo de aproveitar a oportu......

Ver Índice

30/10/2012

Revisões

toxoplasmose

...lionar não apresenta histopatologia clássica, realizando-se o diagnóstico por exame imuno-histoquímico. Exames de Imagem A ultra-sonografia craniana, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética evidenciam a presença de alterações sugestivas ou características de encefalite. A tomografia e a ressonância do sistema nervoso são fundamentais na neurotoxoplasmose de paciente......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.