FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Vacina Triplice" obteve 40 resultados.

Página:  de 4

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina Tríplice Bacteriana contra Difteria, Tétano e Coqueluche (DTP)

...HiB) aos 2, 4 e 6 meses de idade, seguido de dois reforços com a vacina tríplice bacteriana (DTP), aos 15 meses e entre 4 e 6 anos de idade. EFEITOS ADVERSOS1,4,6,386,389 • Inflamação, linfangite e abscesso estéril no local da injeção. • Cefaléia, mal-estar, sonolência, irritação e anorexia. • Neuropatia, convulsões (febris e afebris), encefalite, encefalopatia, febre de 40,5......

Ver Índice

04/04/2010

SEÇÃO A – MEDICAMENTOS USADOS EM MANIFESTAÇÕES GERAIS DE DOENÇAS

Vacina Tríplice Viral contra Sarampo, Rubéola e Caxumba (SRC)

...dministração imediata. Pacientes com imunodeficiência de moderada a grave, incluindo administração de terapia imunossupressora e pacientes infectados pelo HIV, podem ser imunizados se não estiverem gravemente imunodeprimidos. Pacientes com leucemia em remissão poderão ser vacinados caso não tenham recebido quimioterapia nos três últimos meses. SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta ......

Ver Índice

07/08/2015

Artigos

Vacina Tríplice Viral Não Tem Ligação com Autismo

... velhos não tinham DEA, em dois anos de idade, o RR ajustado para DEA para uma dose foi de 0,91 (IC95%: 0,67-1,20; P = 0,50) e aos cinco anos, o RR para DEA para duas doses foi de 1,12 (IC95%: 0,78-1,59; P = 0,55). Aplicações Práticas Neste grande estudo observacional com quase 100 mil crianças fica claro que o recebimento da vacina MMR não foi associado com um risco aumentado de doenças do ......

Ver Índice

24/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 4 – Sistema de Vigilância Epidemiológica de Eventos Adversos Pós-vacinais

...da) é de 0,387 por mil vacinados Notificar e investigar. No caso de não cicatrização até seis meses após a aplicação da vacina, Isoniazida, na dose de 10 mg/kg/dia, dose máxima de 400 mg, até a regressão completa da lesão Garantir limpeza local e não usar pomadas, antibióticos ou anti-sépticos - Abcessos subcutâneos frios Nos primeiros 3 meses Idem Notificar, investigar e a......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

...enores de 15 anos. Em 1999 e 2000, embora tenha havido redução na incidência desta virose, observou-se elevação no numero de casos na faixa etária de 15 a 29 anos. Esse deslocamento de faixa etária, possivelmente, está relacionado à introdução gradual da vacinação e elevadas coberturas vacinais (95%) atingidas na faixa etária de 1 a 11 anos, entre os anos de 1992 a 2000. Entre o periodo de 2006 e ......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Rubéola e Síndrome da Rubéola Congênita

... Diagnóstico Clínico, laboratorial e epidemiológico. O teste mais utilizado é o ensaio imunoenzimático (ELISA) para detecção de anticorpos específicos IgM e IgG e/ou pela identificação do vírus a partir de secreção nasofaríngea e urina, até o 7o dia do início do exantema. A coleta de sangue deve ser feita logo no primeiro contato com caso suspeito. Aquelas coletadas após 28 dias são considera......

Ver Índice

11/02/2015

Remédios

Vacina Contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...tradérmica. Administrar na região do músculo deltoide ou na face anterolateral do meio da coxa (músculo vasto lateral). Para crianças com mais de 1 ano de idade utilizar o deltoide. Agitar bem a ampola ou o frasco antes de extrair cada dose. Descartar sobras. Crianças aos 2 meses, 4 meses e 6 meses de idade. 1° reforço com 15 meses de idade. 2° reforço com 5 a 6 anos de idade. Com 15 anos de i......

Ver Índice

02/09/2009

Biblioteca Livre

7 Imunizações

... 15 meses, fazer somente uma dose; 3 – Vacina contra a Hepatite B (recombinante ) – três doses sendo as duas primeiras com intervalo mínimo de um mês e a terceira, seis meses após a primeira; 4 – Vacina contra o Streptpcoccus pneumoniae – polissacáride – uma dose após 2 anos de idade com um reforço cinco anos após a primeira dose; Heptavalente – três doses c......

Ver Índice

02/08/2010

Medicamentos Injetáveis - Utilização Segura

Vacina contra Difteria, Tétano e Coqueluche

...luche). COMO SE USA Uso Injetável ADMINISTRAÇÃO: Via Intramuscular. USO INJETÁVEL – DOSES Crianças Aos 2 Meses, 4 Meses e 6 Meses de Idade · 1º reforço com 15 meses de idade. · 2º reforço com 5 a 6 anos de idade. · Com 15 anos de idade, e a partir daí a cada 10 anos, reforços com a vacina dupla, difteria e tétano (DT) para adultos. CUIDADOS ESPECIAIS Risco na Gra......

Ver Índice

01/03/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

sarampo

... a vacina oral contra a Poliomielite; exposição recente ao Sarampo. - Situações em que se recomenda o adiamento da vacinação – tratamento com imunodepressores (corticoterapia, quimioterapia, radioterapia, etc.). Nessas circunstâncias, adiar até 3 meses após a suspensão de seu uso, pela possível inadequação da resposta imunológica; vigência de doença aguda febril grave, atribuída ou confundid......

Ver Índice

Página:  de 4

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.