FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Corticóide antenatal em nascimentos pré-termo

Autores:

Flávia J. Almeida

Médica Assistente do Serviço de Infectologia Pediátrica da Santa Casa de São Paulo. Mestre em Pediatria pela FCMSCSP.

Rodrigo Díaz Olmos

Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de são Paulo (FMUSP). Diretor da Divisão de Clínica Médica do Hospital Universitário da USP. Docente da FMUSP.

Última revisão: 15/08/2009

Comentários de assinantes: 0

Corticóide antenatal em nascimentos pré-termo

 

Múltiplos cursos de corticóide antenatal para nascimentos pré-termo: um ensaio clínico randomizado (Estudo MACS)1 [Link para Abstract].

 

Fator de impacto da revista (Lancet): 28,638

 

Contexto Clínico

            Um curso de corticóide antenatal reduz o risco de síndrome do desconforto respiratório e morte neonatal. Doses semanais de corticóide administradas a mulheres que não deram a luz após um único curso de corticóide podem ter algum benefício (menos morbidade respiratória) ou produzir malefício (retardo de crescimento intrauterino). Sendo assim, este estudo foi desenhado com o objetivo de avaliar se múltiplos cursos de corticóide antenatal reduziriam a morbidade e a mortalidade neonatal sem afetar o crescimento uterino de forma adversa.

 

O Estudo

            Trata-se de um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, em que 1858 mulheres com idade gestacional de 25 a 32 semanas que permaneceram sem dar a luz 14 – 21 dias após um curso inicial de corticóide e que permaneciam sob alto risco de parto prematuro foram randomizadas para múltiplos cursos de corticóide (n=937) ou placebo (n=921), a cada 14 dias até a 33ª semana de gestação ou até o momento do parto. O desfecho primário foi um composto de mortalidade perinatal ou neonatal, síndrome do desconforto respiratório grave, hemorragia intraventricular (grau III ou IV), leucomalácia periventricular, displasia broncopulmonar, ou enterocolite necrotizante. A análise foi por intenção de tratar (para detalhes sobre análise por intenção de tratar ver: Diclofenaco na lombalgia).

 

Resultados

            Os lactentes expostos a múltiplas doses de corticóide apresentaram morbidade e mortalidade semelhantes àqueles expostos ao placebo (12,9% X 12,5%). As crianças que receberam múltiplas doses de corticóide pesaram menos que aquelas que receberam placebo (2216g X 2330g; p=0,0026), foram menores (44,5cm X 45,4cm; p<0,001) e tinham um perímetro cefálico menor (31,1cm X 31,7cm; p<0,001). Os autores concluem que múltiplas doses de corticóide antenatal, a cada 14 dias, não melhoram o prognóstico da prematuridade (morbi-mortalidade perinatal e neonatal), mas estão associadas com menor peso, menor comprimento e menor perímetro cefálico, não sendo, portanto, um tratamento recomendado.

 

Aplicações para a Prática Clínica

            A prematuridade é um problema mundial de saúde pública. Sabe-se que a administração de um curso de corticóide antenatal reduz a mortalidade neonatal, a síndrome do desconforto respiratório e a hemorragia intraventricular. Como o parto pode demorar algumas semanas após o curso de corticóide, os seus benefícios podem diminuir. Assim, muitos obstetras utilizam múltiplos cursos de corticóide, a cada 7 ou 14 dias; ainda que as evidências não sejam claras.

O conhecimento médico sobre o uso de múltiplas doses de corticóide antenatal está em evolução. Este ensaio clínico (Estudo MACS) é o maior estudo randomizado de corticóide antenatal e seus resultados precisam ser valorizados, apesar de outros estudos mostrarem diminuição da morbidade neonatal com cursos semanais de corticóide.

Além de não ter sido demonstrado benefício na morbidade neonatal, observou-se um evento adverso imediato importante: diminuição do crescimento fetal. Além disto, múltiplas doses de corticóide podem cursar com eventos adversos no longo prazo, como, por exemplo, comprometimento neurológico, como já demonstrado em outro estudo2. O seguimento das crianças do estudo MACS nos próximos anos poderá nos esclarecer estas dúvidas.

 

Bibliografia

  1. Murphy KE, Hannah ME, Willan AR, Hewson SA, Ohlsson A, Kelly EN, Matthews SG, Saigal S, Asztalos E, Ross S, Delisle MF, Amankwah K, Guselle P, Gafni A, Lee SK, Armson BA. Multiple courses of antenatal corticosteroids for preterm birth (MACS): a randomised controlled trial. Lancet. 2009;372(9656):2143-51. [Link para Abstract].
  2. Halliday HL, Ehrenkranz RA, Doyle LW. Early postnatal (<96 hours) corticosteroids for preventing chronic lung disease in preterm infants. Cochrane Database Syst Rev 2003; 3: CD001146.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal