Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Cirurgia ou reabilitação para discopatia degenerativa?

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado em Ciências Médicas pela Faculdade de Medicina da USP.
Supervisor do Pronto-Socorro do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
Diretor do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente.

Última revisão: 17/11/2011

Comentários de assinantes: 0

Especialidades / Áreas de atuação: Ortopedia / Fisiatria

 

Resumo

Este estudo compara os resultados de dois tipos de tratamento para discopatia degenerativa: cirurgia e reabilitação.

 

Contexto clínico

Dois procedimentos cirúrgicos são normalmente feitos em pacientes com dor lombar crônica e discopatia degenerativa: cirurgia para fusão espinal e cirurgia para substituição de disco. Entretanto, um estudo de 2005 mostrou que a cirurgia de fusão espinal não era superior à cirurgia de substituição do disco ou à reabilitação não cirúrgica. Não se sabe ao certo, entretanto, qual procedimento é melhor para o paciente – a substituição do disco ou a reabilitação –, quando apenas estes são comparados.

 

O estudo

Este foi um estudo prospectivo randomizado multicêntrico feito em 5 hospitais universitários da Noruega. Participaram 173 pacientes (idade variando de 25 a 55 anos) que apresentavam história de dor lombar a pelo menos um ano com algum grau de incapacidade e sinais de degeneração discal em L4/L5, L5/S1 ou ambos. Foram excluídos do estudo os pacientes com compressão de raiz nervosa por herniação discal. Estes pacientes foram randomizados para cirurgia de substituição do disco ou terapia de reabilitação multiprofissional, envolvendo fisiatras, fisioterapeutas, enfermeiros e assistentes sociais.

Após 2 anos, uma diferença pequena nas médias de uma escala de incapacidade favoreceram a cirurgia (Oswestry disability index); entretanto, a diferença não chegou a ser tão grande a ponto de fazer diferença clínica para os pacientes. Não foram vistas diferenças do ponto de vista de retorno ao trabalho, satisfação de vida, medo, uso de drogas ou escores em escalas de desempenho para as costas.

 

Aplicações para a prática clínica

A conclusão deste estudo é que a cirurgia para corrigir a dor lombar por discopatia degenerativa não é claramente superior a uma abordagem multidisciplinar de reabilitação.

Levando em conta que a reabilitação é mais barata, oferece menos riscos e menos problemas, como a recuperação no pós-operatório, ela passa a ser nitidamente a melhor opção para casos de dor lombar por discopatia, desde que não haja compressão de raiz nervosa, que foi um fator de exclusão neste estudo. Isso deve ser pesado antes de indicar uma cirurgia deste porte a um paciente.

 

Bibliografia

1.   Hellum C, Johnsen LG, Storheim K, Nygaard OP, Brox JI, Rossvoll I, et al. Surgery with disc prosthesis versus rehabilitation in patients with low back pain and degenerative disc: two year follow-up of randomised study. BMJ. 2011 May 19;342:d2786. doi: 10.1136/bmj.d2786. [link para o artigo] (Fator de Impacto: 12,827).

2.   Fairbank J. Total disc replacement for chronic low back pain. BMJ. 2011 May 19;342:d2745. doi: 10.1136/bmj.d2745.

3.   Fairbank J, Frost H, Wilson-MacDonald J, Yu LM, Barker K, Collins R; Spine Stabilisation Trial Group. Randomised controlled trial to compare surgical stabilisation of the lumbar spine with an intensive rehabilitation programme for patients with chronic low back pain: the MRC spine stabilisation trial. BMJ. 2005 May 28;330(7502):1233. Epub 2005 May 23.

4.   Rivero-Arias O, Campbell H, Gray A, Fairbank J, Frost H, Wilson-MacDonald J. Surgical stabilisation of the spine compared with a programme of intensive rehabilitation for the management of patients with chronic low back pain: cost utility analysis based on a randomised controlled trial. BMJ. 2005 May 28;330(7502):1239. Epub 2005 May 23.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal