FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Isoniazida

Última revisão: 06/01/2010

Comentários de assinantes: 0

>Reproduzido de:>>>>>

>Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [>Link Livre para o Documento Original>>]>>>>>

>Série B. Textos Básicos de Saúde>>>>>

>MINISTÉRIO DA SAÚDE>>>>>

>Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos>>>>>

>Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos>>>>>

>Brasília / DF2008>>>>>

>> >>>

>>Isoniazida>>>>>

>> >>>

>Paloma Michelle de Sales>>>>>

>> >>>

>>Na Rename 2006: item 5.1.15>>>>>

>>> >>>>

>APRESENTAÇÃO>>

>      >>>Comprimido 100 mg.>>>>

>>> >>>>

>>INDICAÇÕES>1,5>>>>>>>

>      >>>Tratamento da tuberculose.>>>>

>      >>>Profilaxia de tuberculose.>>>>

>>> >>>>

>>CONTRA-INDICAÇÕES>5>>>>>

>      >>>Doença hepática aguda.>>>>

>      >>>Hepatite associada ao uso prévio de isoniazida.>>>>

>      >>>Hipersensibilidade a isoniazida ou algum componente da fórmula.>>>>

>>> >>>>

>>PRECAUÇÕES>1,4,5>>>>>

>      >>>Cautela em pacientes com insuficiência renal crônica (ver apêndice D), doença hepática crônica, diabetes melito, porfiria, dependência crônica de álcool.>>>>

>      >>>Atentar para os sintomas prodrômicos de hepatite associada ao fármaco: fadiga, anorexia, mal-estar, náusea e vômito.>>>>

>      >>>A suplementação de piridoxina previne o aparecimento de neurite periférica.>>>>

>      >>>Fazer periodicamente exames oftalmológicos, mesmo na ausência de sintomas.>>>>

>      >>>Lactação (ver apêndice B).>>>>

>      >>>Categoria de risco na gravidez (FDA): C.>>>>

>>> >>>>

>>ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO>162>>>>>

>Tratamento da Tuberculose>>

>      >>>Ver monografia isoniazida + rifampicina.>>>>

>      >>>Nos primeiros 2 meses de terapia, pirazinamida, rifampicina e isoniazida são administrados diariamente; nos 6 meses seguintes, rifampicina e isoniazida são administrados diariamente ou em 2 vezes por semana.>>>>

>> >>>

>>Profilaxia para tuberculose>>>>>

>

>>Tipo>>>>>>

>>Dose única diária>>>>>>

>>Duração>>>>>>>

>

>Primária>>>>>

>Adulto: 300 mg>>>>>

>2 até 6 meses>>>>>>

>Criança: 5 mg/kg>>>>>

>2 até 6 meses>>>>>>

>Idoso: considerar se indicação>>>>>

>> >>>>>

>Secundária>>>>>

>10 mg/kg, até 400 mg>>>>>

>12 meses>>>>>>>>

>> >>>

>Ajuste de Dose em Insuficiência Renal e Hepática>>

>      >>>Ver monografia isoniazida + rifampicina.>>>>

>>> >>>>

>>ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES>5>>>>>

>      >>>Meia-vida: 2 a 5 horas (acetiladores lentos) e 30 a 100 minutos (acetiladores rápidos).>>>>

>      >>>Metabolismo: hepático.>>>>

>      >>>Excreção: urina (75% a 95%), fezes e saliva.>>>>

>> >>>

>>EFEITOS ADVERSOS>1,5>>>>>

>      >>>Hipertensão, palpitação, taquicardia, vasculite.>>>>

>      >>>Náusea, vômito, diarréia e dores abdominais.>>>>

>      >>>Reações de hipersensibilidade, urticária, febre, >rash>, artralgias, eritema multiforme, xerostomia, erupções acneiformes, prurido e síndrome de Stevens-Johnson.>>>>

>      >>>Neuropatia periférica.>>>>

>      >>>Agranulocitose, anemia hemolítica, trombocitopenia e aplasia medular.>>>>

>      >>>Neurite óptica, visão borrada.>>>>

>      >>>Psicose tóxica e convulsão.>>>>

>      >>>Hepatotoxicidade.>>>>

>>> >>>>

>>INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS>5>>>>>

>      >>>Aumento de efeito de isoniazida: ácido paraminossalicílico, etionamida.>>>>

>      >>>Diminuição de efeito de isoniazida: etanol.>>>>

>      >>>Isoniazida aumenta a toxicidade de paracetamol, carbamazepina, diazepam, petidina, fenitoína, rifampicina, teofilina, varfarina.>>>>

>      >>>Isoniazida reduz os efeitos de enflurano, itraconazol, cetoconazol, levodopa.>>>>

>      >>>A eficácia dos contraceptivos orais fica reduzida durante o tratamento antituberculoso, e controle alternativo do planejamento familiar deve ser oferecido.>>>>

>> >>>

>>ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES>1,5>>>>>

>      >>>Orientar para ingerir o medicamento com estômago vazio ou 1 hora antes ou 2 horas após as refeições. Alimentos reduzem a absorção.>>>>

>      >>>Alertar para não ingerir bebida alcoólica durante o tratamento.>>>>

>> >>>

>>ASPECTOS FARMACÊUTICOS>5>>>>>

>      >>>Deve-se manter a temperatura de até 25 ºC, protegido de calor, umidade e ao abrigo de luz.>>>>

>>> >>>>

>>ATENÇÃO: profilaxia com isoniazida pode evitar o aparecimento de doença clínica em comunicantes bacilíferos e em pessoas de alto risco, especialmente imunodeficientes.>>>>>>

>> >>>>

>SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO>>

>Consta no documento:>>>>

>Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”>>>>

>O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.>>>>

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal