FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Homatropina" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

16/01/2015

Remédios

Homatropina

...ostática; íleo paralítico; miastenia gravis; obstrução das vias urinárias; obstrução do piloro; obstrução do trato gastrintestinal; retenção urinária; taquicardia. Reações que podem ocorrer (sem incidência definida) Sistema nervoso central: agitação psicomotora; dor de cabeça; irritabilidade; nervosismo. Dermatológico: rubor na pele. Gastrintestinal: boca seca; constipação intestinal; náuse......

Ver Índice

08/01/2015

Remédios

Escopolamina

...tilescopolamina 10 mg). EMS. Dorspan Composto – antiespasmódico – cólica – gotas. Cada 1 mL contém: dipirona sódica 333,40 mg + brometo de n–butilescopolami- na 6,67 mg. EMS. Tropinal – antiespasmódico – cólica – comprimido (dipirona 300 mg + brometo de n-butilescopolamina 6,5 mcg + bromidrato de hiosciamina 104 mcg + metilbrometo de homatropina 1 mg). Sigma Pharma. Tropinal – antiespasmódico......

Ver Índice

17/09/2015

Biblioteca Livre

Midriático e Cicloplégico

...6 a 12 dias) para exame oftalmológico. O uso de ciclopentolato, homatropina ou tropicamida tem sido preferido à atropina por conta do seu início mais rápido e duração de ação mais curta. Atropina é também utilizada no tratamento de uveíte e irite, e em estrabismo. A atropina, por sua potente ação cicloplégica, tem sido usada em exames de refração quando em crianças com idade inferior a 6 anos e em......

Ver Índice

17/09/2015

SEÇÃO B – MEDICAMENTOS USADOS EM DOENÇAS DE ÓRGÃOS E SISTEMAS ORGÂNICOS

Midriático e Cicloplégico

...ém ser usada como cicloplégico em exame de refração em crianças e para evitar sinéquias posteriores em uveite anterior. O tempo para atingir midríase máxima é de 20 a 40 minutos. O tempo de recuperação é de 6 horas. Para cicloplegia, os tempos são respectivamente de 30 minutos e 6 horas (ver monografia, página 1015). SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os dire......

Ver Índice

17/12/2014

Remédios

Dimeticona

... produto; obstrução ou perfuração gastrintestinal. Dimeticona – Associações (ver orientações do fabricante) G: tem Genérico Digeplus – digestivo – cápsula (dimeticona 7 mg + metocloprami- da 40 mg + ácido deidrocólico 50 mg + pepsina + pancreatina + celulase). Aché. Espasmo-Flatol – antiespasmódico – cólica – gotas (dimeticona + homatropina). Legrand; G. Dimeticona flatex flatex luftal luft......

Ver Índice

16/01/2015

Remédios

Hiosciamina

... IMAO (inibidor da monoamina-oxidase); meperidina; fenotiazina; procainamida; quinidina; antidepressivo tricícliclo. •pode aumentar ou diminuir a ação de: cetoconazol (utilizar a hiosciamina num intervalo de 2 a 3 horas do cetoconazol). •pode ter sua ação diminuída por: antiácido (utilizar a hiosciamina num intervalo de 2 a 3 horas de antiácido). Outras considerações importantes •cuidado co......

Ver Índice

12/01/2015

Remédios

Fenilefrina (oftálmico)

...a-adrenérgicos das arteríolas da conjuntiva produzindo vasoconstrição. Ação - pico: solução a 2,5% (15 a 60 minutos); solução a 10% (10 a 90 minutos). Duração: solução a 2,5% (1 a 3 horas); solução a 10% (3 a 7 horas). Como se usa Uso oftálmico (nos olhos) – Doses • doses em termos de cloridrato de fenilefrina. Adultos e adolescentes solução a 2,5 ou a 10% midríase pré-operatória: 1 go......

Ver Índice

12/02/2015

Remédios

Apêndice

...oqueadores do canal de cálcio; brimonidina; bromocriptina; cálcio injetável; carbidopa+levodopa; clozapina; deferoxamina (em doses altas por via intravenosa); diuréticos; droperidol; edetato dissódico; fenotiazinas; haloperidol; hidralazina; inibidores da ECA (Enzima Conversora da Angiotensina); levodopa; lidocaína injetável; sulfato de magnésio injetável; mirtazapina; nefazodona; nitratos; olanza......

Ver Índice

08/07/2014

Revisões Internacionais

Diagnóstico e tratamento da tosse

...ciente apenas não tenha percebido a drenagem de muco na faringe posterior, ou talvez existam vias neurais desconhecidas que possam deflagrar a tosse em pacientes com rinossinusite crônica na ausência de passagem real de muco para dentro da faringe. Entretanto, o tratamento da rinossinusite crônica muitas vezes falha em amenizar a tosse crônica. Foram criadas potenciais explicações para isto, como......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×
×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.