FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Hérnia Umbilical

Autor:

Lucas Santos Zambon

Doutorado pela Disciplina de Emergências Clínicas Faculdade de Medicina da USP; Médico e Especialista em Clínica Médica pelo HC-FMUSP; Diretor Científico do Instituto Brasileiro para Segurança do Paciente (IBSP); Membro da Academia Brasileira de Medicina Hospitalar (ABMH); Assessor da Diretoria Médica do Hospital Samaritano de São Paulo.

Última revisão: 22/12/2017

Comentários de assinantes: 0

Quadro Clínico

 

Paciente do sexo masculino, 72 anos, portador de hipertensão e dislipidemia em uso regular de medicações, além de ser ex-tabagista, é avaliado por conta de dores abdominais recorrentes. Apresenta ao exame físico uma nítida hérnia umbilical. A Figura 1 mostra mais detalhes da hérnia.

 

 

 

TC: tomografia computadorizada.

Figura 1 - Detalhe da TC de abdome.

 

 

Discussão

 

A TVP é a causa mais comum de obstrução da veia porta extra-hepática. Entre os pacientes com cirrose, a TVP é comum, com prevalências variando de 6 a 64%, e está associada à gravidade da doença hepática do paciente.

Há diversas condições associadas à TVP. Entre as hereditárias, há as trombofilias (Factor V Leiden, mutação do gene da protrombina, deficiência de proteína C, deficiência de proteína S, deficiência de antitrombina, aumento dos níveis de fator VIII).

Entre as condições adquiridas, há: cirrose, carcinoma hepatocelular, distúrbios mieloproliferativos crônicos (policitemia vera, trombocitemia essencial, mielofibrose idiopática, distúrbios mieloproliferativos inclassificáveis), síndrome antifosfolipídica, hemoglobinúria paroxística noturna, síndrome de Behçet, gravidez recente ou uso de anticoncepcionais orais, lesões inflamatórias abdominais, incluindo infecção, pancreatite e doença inflamatória intestinal, trauma.

Por fim, há procedimentos que se associam com TVP: cirurgia abdominal ou lesão cirúrgica do eixo da veia porta, escleroterapia endoscópica, shunt portossistêmico intra-hepático transjugular, esplenectomia, ressecção hepática, transplante de células de ilhotas pancreáticas.

A TVP carrega consigo risco de complicações, agudas e crônicas. A trombose extensiva envolvendo arcos venosos mesentéricos pode levar à isquemia intestinal e, eventualmente, ao infarto de alças, o que ocorre em TVPs agudas, porque não há tempo de desenvolver colaterais. A isquemia provavelmente está relacionada à obstrução da saída venosa mesentérica, à constrição e à obstrução arterial reflexa e à oclusão.

Outra complicação aguda é a TVP séptica (pylephlebitis aguda), que ocorre quando a TVP se desenvolve em um paciente com foco abdominal de infecção, embora a origem da infecção possa ser difícil de encontrar. Normalmente, a infecção é com Bacteroides fragilis ou Escherichia coli, embora outros patógenos também tenham sido encontrados.

Entre as complicações crônicas, a mais comum é a hipertensão do portal, que é responsável pela maioria das complicações observadas em pacientes com TVP crônica. Há também a colangiopatia portal (também referida como biliopatia portal), que se desenvolve quando os colaterais venosos que se formam na configuração da hipertensão portal comprimem e deformam os grandes ductos biliares, levando à lesão isquêmica aos canais biliares, resultando em formação de estenose e irregularidade de calibre. Pacientes com colangiopatia portal podem desenvolver complicações biliares, incluindo prurido, icterícia obstrutiva, colecistite e colangite.

 

Bibliografia

 

1.             Fimognari FL, Violi F. Portal vein thrombosis in liver cirrhosis. Intern Emerg Med 2008; 3:213.

2.             DeLeve LD, Valla DC, Garcia-Tsao G, American Association for the Study Liver Diseases. Vascular disorders of the liver. Hepatology 2009; 49:1729.

Primignani M. Portal vein thrombosis, revisited. Dig Liver Dis 2010; 42:163.

 

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal