FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Loperamida

Última revisão: 19/12/2010

Comentários de assinantes: 0

Reproduzido de:

Formulário Terapêutico Nacional 2008: Rename 2006 [Link Livre para o Documento Original]

Série B. Textos Básicos de Saúde

MINISTÉRIO DA SAÚDE

Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos

Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos

Brasília / DF – 2008

 

Loperamida

 

Fabiana Wahl Hennigen

 

Na Rename 2006: item 15.5

 

APRESENTAÇÃO

      Comprimido 2 mg.

 

INDICAÇÃO2,4,5,9,13

      Antidiarréico sintomático usado em diarréia aguda ou crônica não específica e não complicada ou associada à doença inflamatória intestinal, em diarréia do viajante e para reduzir o volume de secreção de ileostomia.

 

CONTRA-INDICAÇÕES2,4,5,9,13,342

      Hipersensibilidade à Loperamida.

      Colite pseudomembranosa associada ao uso de antibióticos.

      Colite ulcerativa aguda.

      Disenteria aguda sanguinolenta.

      Pacientes em que se deve evitar constipação.

      Diarréia bacteriana, como a causada por Salmonella e Shigella.

      Crianças.

      Suspender o uso se a melhora clínica da diarréia aguda não ocorrer em até dois dias.

      Usar com cautela em disfunção hepática pelo risco de acúmulo (ver Apêndice C – Fármacos e Hepatopatias).

      Categoria de risco na gravidez (FDA): B.

 

ESQUEMAS DE ADMINISTRAÇÃO2,4,5,9,13

Adultos

Diarréia Aguda Não Específica

      4 mg, seguidos por 2 mg após cada evacuação com fezes mal formadas até 16 mg/dia.

 

Diarréia Crônica Associada à Doença Inflamatória do Intestino

      Inicial: o mesmo da diarréia aguda.

      Manutenção: 4-8 mg/dia, em dose única ou dividida, lentamente diminuída até o mínimo requerido para controle dos sintomas.

 

Diarréia do Viajante

      4 mg, seguidos por 2 mg após cada evacuação com fezes mal formadas, até 8 mg/dia.

 

ASPECTOS FARMACOCINÉTICOS CLINICAMENTE RELEVANTES4,5,9,13

      Apenas pequenas quantidades são absorvidas no trato gastrintestinal.

      Início de ação: 0,5 a 1 hora.

      Tempo para pico de concentração: 4 a 5 horas.

      Metabolismo: hepático.

      Excreção: urinária (30-40% em forma ativa).

      Meia-vida de eliminação: 7 a 14 horas.

      Duração de ação: até 24 horas.

 

EFEITOS ADVERSOS2,4,5,9,13

      Comuns: hiperglicemia, cólica abdominal, constipação, distensão abdominal, reações cutâneas alérgica, vertigem, sonolência e fadiga.

      Graves: enterocolite necrosante no feto ou recém-nascido (raro) e íleo paralítico.

 

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS5

      As concentrações de Loperamida podem ser aumentadas por: saquinavir, itraconazol e genfibrozila.

      Loperamida potencializa os efeitos adversos de depressores do sistema nervoso central, fenotiazinas, antidepressivos tricíclicos.

      Loperamida diminui as concentrações plasmáticas de saquinavir. O uso concomitante deve ser evitado, especialmente em terapia prolongada, devido à possível redução da eficácia antiviral.

 

ORIENTAÇÕES AOS PACIENTES4,5,9,13

      Alertar para notificar se a diarréia aguda persistir por mais de dois dias e/ou ocorrer febre.

      Alertar para notificar se ocorrer constipação com náusea e vômito.

      Orientar para não utilizar se a diarréia for acompanhada por sangue ou muco nas fezes e/ou febre.

      Orientar que pode ser ingerido com estômago vazio ou cheio.

      Orientar para manter dieta e hidratação adequadas.

 

ASPECTOS FARMACÊUTICOS4,5,13

      Armazenar a temperatura ambiente, entre 15 e 30°C, protegido da luz.

 

ATENÇÃO: a mudança radical de manejo na diarréia aguda de crianças, com suspensão do uso de antidiarréicos e implementação da terapia de hidratação oral, propiciou acentuada redução da mortalidade infantil em países pobres14.

 

SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO

Consta no documento:

“Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.”

O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.