FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Oxaliplatina

Última revisão: 01/08/2010

Comentários de assinantes: 0

Oxaliplatina (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas, formas de administração e posologia.

 

REFERÊNCIA

ELOXATIN (Sanofi-Aventis)

 

GENÉRICO

Apresentações assinaladas com G

 

SIMILAR:

EZULEN (Biosintética); O-PLAT (Zodiac); UXALUN (Sandoz)

 

USO INJETÁVEL

Injetável (pó) 50 mg

ELOXATIN; G

 

Injetável (pó) 100 mg

ELOXATIN; G

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura ambiente (15-30°C).

Proteção à luz: sim, necessária.

Proteger da umidade.

Não congelar.

 

O QUE É

A Oxaliplatina é um antineoplásico [sal de platina (derivado)].

 

PARA QUE SERVE

Câncer de cólon; câncer de cólon de reto.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

      Não administrar por via intravenosa direta.

      Não misturar com outros medicamentos.

      Não utilizar soluções com sinais de precipitação.

      Não diluir com soluções contendo cloreto de sódio ou outra solução contendo cloreto.

 

Oxaliplatina (pó) 50 mg – Infusão Intravenosa

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção ou Glicose 5%.

Volume: 10 - 20 mL.

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção ou Glicose 5%: temperatura ambiente (15 - 30°C): 6 horas. Refrigeração (2-8°C): 24 horas.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%.

Volume: 250 – 500 mL

Estabilidade após diluição com Glicose 5%: temperatura ambiente (15 - 30°C): 24 horas

 

TEMPO DE INFUSÃO: 2 a 6 horas

 

Oxaliplatina (pó) 100 mg – Infusão Intravenosa

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção ou Glicose 5%.

Volume: 20 – 40 mL

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção ou Glicose 5%: temperatura ambiente (15 - 30°C): 6 horas. Refrigeração (2-8°C): 24 horas.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Glicose 5%.

Volume: 250 – 500 mL

Estabilidade após diluição com Glicose 5%: temperatura ambiente (15 - 30°C): 24 horas

 

TEMPO DE INFUSÃO: 2 a 6 horas

 

USO INJETÁVEL – DOSES

Adultos

Câncer de Cólon

O esquema de doses para Oxaliplatina é dado a cada 2 semanas por 12 ciclos (total de 6 meses), como segue:

 

Dia 1: 85 mg por m2 em 250 – 500 mL de Glicose 5% e leucovorina 200 mg por m2 em Glicose 5%, ambos administrados ao mesmo tempo durante 120 minutos, em bolsas separadas usando sistema em Y, seguido de 400 mg por m2 de 5-fluorouracil administrados em injeção intravenosa direta entre 2 a 4 minutos, seguidos de 600 mg por m2 de 5-fluorouracil em infusão intravenosa em 500 mL de Glicose 5% em infusão contínua de 22 horas.

Dia 2: leucovorina 200 mg por m2 administrados durante 120 minutos, seguido de 400 mg por m2 de 5-fluorouracil administrados em injeção intravenosa direta entre 2 a 4 minutos, seguidos de 600 mg por m2 de 5-fluorouracil em infusão intravenosa em 500 mL de glicose 5% em infusão contínua de 22 horas.

 

Câncer Colorretal

O esquema de doses para Oxaliplatina é dado a cada 2 semanas, como segue:

 

Dia 1: 85 mg por m2 em 250 – 500 mL de glicose 5% e leucovorina 200 mg por m2 em Glicose 5% ambos administrados no mesmo tempo durante 120 minutos em bolsas separadas usando sistema em Y, seguido de 400 mg por m2 de 5-fluorouracil administrados em injeção intravenosa direta entre 2 a 4 minutos, seguidos de 600 mg por m2 de 5-fluorouracil em infusão intravenosa em 500 mL de Glicose 5% em infusão contínua de 22 horas.

Dia 2: leucovorina 200 mg por m2 administrados durante 120 minutos, seguido de 400 mg por m2 de 5-fluorouracil administrados em injeção intravenosa direta entre 2 a 4 minutos, seguidos de 600 mg por m2 de 5-fluorouracil em infusão intravenosa em 500 mL de Glicose 5% em infusão contínua de 22 horas.

 

Idosos

Ver doses de Adultos.

 

Crianças

Segurança e eficácia não estabelecidas.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classe D: Há evidências de risco em fetos humanos. Só usar se o benefício potencial justificar o risco potencial, em situações de risco de vida ou em casos de doenças graves para as quais não se possa utilizar drogas mais seguras, ou se estas drogas não forem eficazes.

 

Amamentação

Não amamentar.

 

Não Usar o Produto

Hipersensibilidade conhecida a droga, ou qualquer outro componente da formulação, ou outro composto derivado da platina.

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Neuropatia (pode aumentar); anemia, leucopenia, neutropenia e trombocitopenia (pode aumentar).

 

Reações mais Comuns (sem incidência definida)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: dor, problema nos nervos, fadiga, insônia, febre.

CARDIOVASCULAR: inchaço, vermelhidão, inchaço periférico.

RINOFARINGE: rinite.

GASTRINTESTINAL: náusea, vômito, diarreia, inflamação na boca, dor abdominal, falta de apetite, constipação, má digestão, alteração no paladar.

HEMATOLÓGICA: diminuição de neutrófilos no sangue febril, anemia, diminuição de leucócitos no sangue, diminuição das plaquetas no sangue.

MÚSCULO-ESQUELÉTICO: dor nas costas, dor nas juntas.

RESPIRATÓRIO: dificuldade para respirar, tosse, infecção no trato respiratório superior

PELE: reação no local da injeção.

OUTRO: síndrome mãos e pés, reação alérgica.

 

Atenção ao Utilizar Outros Produtos

A Oxaliplatina:

 

      pode ter efeitos aditivos depressores da medula óssea com: outros depressores da medula óssea; cidofovir. (não associar).

      pode aumentar o potencial de ototoxicidade e nefrotoxicidade com: medicamentos ototóxicos; medicamentos nefrotóxicos (ver apêndice); estreptozocina. (não associar)

      pode aumentar o risco de reações adversas de: vacinas de vírus vivos.

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal