Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Teicoplanina

Última revisão: 02/08/2010

Comentários de assinantes: 0

Teicoplanina (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa). Informações sobre posologia, indicações, contra-indicações, efeitos colaterais/adversos, interações medicamentosas e formas de administração.

 

REFERÊNCIA

TARGOCID (Sanofi-Aventis)

GENÉRICO

Apresentações assinaladas com G

 

SIMILAR

BACTOMAX (Cristália); KIROM (Eurofarma); TEICOSTON (Ariston)

 

USO INJETÁVEL

Injetável (pó) 200 mg

TARGOCID; G

 

Injetável (pó) 400 mg

TARGOCID; G

 

Armazenagem Antes de Aberto

Temperatura ambiente até 25°C.

 

O QUE É

A Teicoplanina é um antibacteriano [glicopeptídeo; estruturalmente semelhante à vancomicina].

 

PARA QUE SERVE

Infecção grave (por germes Gram-positivos) (endocardite; septicemia; infecção osteoarticular; infecção do tracto respiratório inferior; infecção da pele e tecidos moles; infecção urinária; peritonite). Pode ser uma alternativa para pacientes alérgicos a penicilinas ou cefalosporinas.

 

COMO AGE

A Teicoplanina interfere com a síntese da parede celular de bactérias Gram-positivas; é bactericida. Eliminação: urina (80%), na forma inalterada.

 

COMO SE USA

Uso Injetável

Via Intramuscular

Teicoplanina (pó) 200 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Injetar no máximo 3 mL em um local.

 

Via Intravenosa Direta

Teicoplanina (pó) 200 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL.

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos.

 

Infusão Intravenosa

Teicoplanina (pó) 200 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL.

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: 100 mL.

Estabilidade após diluição com Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%: temperatura ambiente (25-30ºC): 24 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

TEMPO DE INFUSÃO: 30 minutos.

 

Via Intramuscular

Teicoplanina (pó) 400 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL.

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

ADMINISTRAÇÃO: em adultos, nas nádegas (quadrante superior externo); em crianças, na face lateral da coxa. Injetar no máximo 3 mL em um local.

 

Via Intravenosa Direta

Teicoplanina (pó) 400 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL.

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

TEMPO DE INJEÇÃO: 3 a 5 minutos.

 

Infusão Intravenosa

Teicoplanina (pó) 400 mg

RECONSTITUIÇÃO

Diluente: Água Estéril para Injeção.

Volume: 3 mL.

Colocar o diluente pelo lado do frasco. Fazer rotação delicada do frasco até que o pó se dissolva completamente; evitar formação de espuma (se formada, o frasco deve ser deixado em repouso por 15 minutos para que a espuma desapareça).

Estabilidade após reconstituição com Água Estéril para Injeção: temperatura ambiente (25-30ºC): 48 h. Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

DILUIÇÃO

Diluente: Cloreto de Sódio 0,9% ou Glicose 5%.

Volume: 100 mL.

Temperatura ambiente (25-30ºC): 24 h.

Refrigeração (2-8ºC): 7 dias.

 

TEMPO DE INFUSÃO: 30 minutos.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

Adultos

Infecção da Pele e Tecidos Moles (leve a moderada); Infecção Urinária (leve a moderada)

Iniciar com 400 mg, via intravenosa, em dose única no primeiro dia. A seguir 200 mg por dia, via intramuscular ou intravenosa, durante alguns dias, como manutenção.

 

Infecção Grave (septicemia, endocardite, osteomielite, artrite séptica, infecção em paciente com comprometimento da função imunológica)

Iniciar com 400 mg, via intravenosa, cada 12 horas, durante 1 a 4 dias. Depois 400 mg por dia, como dose de manutenção.

 

Crianças Acima de 2 Meses a 16 Anos de Idade

Infecção Grave (via intramuscular ou intravenosa)

10 mg por kg de peso corporal, cada 12 horas, para as primeiras 3 doses; a seguir 10 mg por kg de peso a cada 24 horas.

 

Infecção Moderada (via intramuscular ou intravenosa)

10 mg por kg de peso corporal, cada 12 horas, para as primeiras 3 doses; a seguir 6 mg por kg de peso a cada 24 horas.

 

Crianças com Menos de 2 Meses de Idade (infusão intravenosa durante 30 minutos)

16 mg por kg de peso, em dose única no primeiro dia; a seguir 8 mg por kg de peso, em dose única diária.

 

CUIDADOS ESPECIAIS

Risco na Gravidez

Classificação não disponibilizada; não usar.

 

Amamentação

Não se sabe se a Teicoplanina é excretada no leite; não amamentar.

 

Avaliar Riscos X Benefícios

Insuficiência renal; pacientes com antecedentes de hipersensibilidade à vancomicina; pacientes que fazem uso de drogas que possam causar efeitos neurotóxicos ou nefrotóxicos (aminoglicosídeo, colistina, anfotericina, ciclosporina, cisplatina, furosemida, ácido etacrínico).

 

Reações que Podem Ocorrer (sem incidência definida)

DERMATOLÓGICO: coceira; urticária.

GASTRINTESTINAL: diarreia; náusea; vômito.

LOCAL DA INJEÇÃO: dor; inflamação e obstrução na veia; abscesso no local da injeção intramuscular.

ÓTICO: perda auditiva para sons de alta frequência; zumbido nos ouvidos.

RESPIRATÓRIO: broncospasmo.

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: distúrbios do equilíbrio; dor de cabeça; fadiga; febre; tontura.

OUTROS: choque anafilático.

 

Atenção ao Utilizar Outros Produtos

A Teicoplanina:

 

      pode ser inativado por: aminoglicosídeo (são incompatíveis na mesma solução).

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal