Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Fluoxetina

FLUOXETINA (ORAL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Referência

DAFORIN (Sigma Pharma); PROZAC (Eli Lilly)

 

Genérico

Apresentações assinaladas com G

 

Similar

EUFOR (Farmasa); FLUXENE (Eurofarma); PSIQUIAL (Merck); VEROTINA (Libbs); VEROTINA S (Libbs)

 

Cloridrato de fluoxetina equivalente a fluoxetina

Uso oral

Cápsula 10 mg

DAFORIN; G

 

Cápsula 20 mg

DAFORIN; PROZAC; G

 

Comprimido 20 mg

DAFORIN; PROZAC; G

 

Solução oral 20 mg/5 mL

VEROTINA

 

Solução oral gotas 20 mg/mL (1 gota = 1 mg)

DAFORIN; G

 

Cápsula de liberação prolongada 90 mg

VEROTINA S

 

O que é

Antidepressivo [propilamina (derivado); inibidor seletivo da recaptação da serotonina; serotoninérgico].

 

Para que serve

Depressão maior; bulimia nervosa; desordem obsessivo-compulsiva.

 

Como age

Através dos neutotransmissores serotoninérgicos. No sistema nervoso central, inibe de forma potente e seletivamente a captação da serotonina; não interfere na captação da norepinefrina nem da dopamina. Pode ainda apresentar um efeito anorético agudo (causando perda de peso). Inibe fortemente o citocromo P450 2D6. Absorção: gastrintestinal, boa; alimentos praticamente não interferem. Biotransformação: no fígado (norfluoxetina aparece como metabólito ativo). Ação - os efeitos podem demorar para aparecer: 4 semanas na depressão; 5 semanas na obsessão; de 1 a 4 semanas (ou mais) na bulemia. Eliminação: urina (80%; 11,6% como FLUOXETINA; 6,8% como norfluoxetina); bile/fezes (15%).

 

Como se usa

USO ORAL - DOSES

     doses em termos de FLUOXETINA.

     pode ser tomado com alimento para diminuir irritação no estômago.

 

ADULTOS

Depressão; obsessão: 20 mg, em dose única pela manhã; ajustar a dose de acordo com a resposta clínica a cada 4 a 8 semanas. Doses acima de 20 mg podem ser divididas em duas tomadas (pela manhã e ao meio-dia).

Bulimia nervosa: 60 mg, em dose única pela manhã (esta dose pode ser atingida paulatinamente após diversos dias).

 

ATENÇÃO: alguns pacientes podem ser mantidos com 1 cápsula de liberação prolongada (90 mg) por semana. Esta manutenção deve ser iniciada 1 semana após a última dose do esquema normal.

LIMITE DE DOSE PARA ADULTOS: 80 mg por dia. Para as cápsulas de 90 mg: 1 cápsula por semana.

 

IDOSOS: iniciar com 10 mg por dia; não ultrapassar 60 mg por dia.

 

CRIANÇAS: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Eliminado no leite; não amamentar.

 

Avaliar riscos x benefícios

Diabetes (controle da glicemia pode alterar); diminuição da função do fígado (retarda metabolismo do produto; usar doses menores e menos frequentes); diminuição da função renal (pode haver acúmulo de metabólitos, mas doses não precisam ser ajustadas); doença de Parkinson (pode agravar); paciente com perda de peso (pode agravar em alguns pacientes); problema neurológico ou história de convulsões (pode haver maior risco de convulsões).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida)

SISTEMA NERVOSO CENTRAL: ansiedade ou nervosismo; cansaço ou fraqueza; insônia; sonolência; tontura; tremor; sensação de queda iminente.

GASTRINTESTINAL: boca seca; diarreia; náusea; perda do apetite.

DERMATOLÓGICO: erupção na pele.

OFTÁLMICO: visão anormal.

CARDIOVASCULAR: dilatação dos vasos.

OUTROS: disfunção sexual (ejaculação anormal, diminuição do desejo); suores.

 

Atenção com outros produtos

A FLUOXETINA:

 

     pode aumentar o risco de síndrome de serotonina com: anfetamina; buspirona; dextrometorfano; diidroergotamina; sais de lítio; meperidina; duloxetina, venlafaxina; tramadol; trazodona; antidepressivo tricíclico; triptofano; IMAO (inibidor da monoamina-oxidase). Respeitar um intervalo de pelo menos 5 semanas entre os produtos.

     pode aumentar os efeitos sobre o sistema nervoso central com: benzodiazepínico; lítio; antidepressivo tricíclico.

     pode aumentar os níveis de: betabloqueador; carbamazepina; flecainida; vimblastina.

     pode ter seus efeitos diminuídos com: ciproeptadina.

     pode causar efeitos adversos raros como alucinações visuais com: dextrometorfano.

     pode ter seus níveis aumentados com: fenitoína.

     pode alterar os níveis de glicose e as necessidades de antidiabéticos com: insulina; antidiabético oral. Ajustar a dosagem.

     pode aumentar o risco de arritmias ventriculares graves e aumentar os níveis de: tioridazina. Respeitar um intervalo mínimo de 5 semanas entre os produtos.

     pode aumentar o risco de sangramento com: varfarina.

 

Outras considerações importantes

     não ingerir bebida alcoólica.

     cuidado ao dirigir veículos ou executar tarefas que exijam atenção.

     paciente com tendência suicida deve ter supervisão constante particularmente no início do tratamento; não deve ter acesso a grandes quantidades do produto.

     a ação do produto continua por um bom tempo mesmo após a interrupção do seu uso, o que implica manter os cuidados com o paciente.

REMÉDIOS COM FLUOXETINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Daforin
Depress
Eufor
Fluoxetina
Fluxene
Nortec
Prozac (fluoxetina)
Prozen
Psiquial
Verotina

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal