Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Clonidina

Clonidina

(Oral; Injetável) (substância ativa)

Referência: Atensina (Boehringer); Clonidin (Cristália)

Genérico: não

 

cloridrato de clonidina

Uso oral

Comprimido 0,1 mg (100 mcg): Atensina

Comprimido 0,15 mg (150 mcg): Atensina

Comprimido 0,2 mg (200 mcg): Atensina

 

Uso injetável

Injetável (solução) 150 mcg/ 1 mL: Clonidin

 

O que é

comprimido: hipotensor; injetável: analgésico [imidazolina (derivado); agonista alfa2-adrenérgico seletivo].

 

Para que serve

comprimido: hipertensão arterial.

injetável: analgésico potente de curta duração (4 a 6 h, por mediação espinhal ou supra-espinhal); adjuvante em anestesia

 

Como age

por estímulo alfa 2-adrenérgico central diminui os impulsos simpáticos que vão aos vasos periféricos, aos rins e ao coração; diminui assim a resistência periférica, a resistência vascular renal, a pressão arterial sistólica e diastólica e a frequência cardíaca. Absorção: gastrintestinal (boa). Biotransformação: no fígado (50% da dose absorvida). Ação - início: 30 a 60 minutos; duração: até 8 horas.

Eliminação - urina: 40 a 60%, como Clonidina; bile/fezes: 20%

 

Como se usa

Uso oral – Doses

•doses em termos de cloridrato de Clonidina.

•tomar o produto sempre à mesma hora do dia.

Adultos

hipertensão: iniciar com 0,1 mg, 2 vezes por dia; se necessário, aumentar a dose em 0,1 mg por dia, com intervalos de 7 dias. Manutenção: 0,2 a 0,6 mg por dia, em doses divididas (a última dose deve ser administrada antes de dormir).

Limite de dose para adultos: 2,4 mg por dia.

Idosos: podem ser mais sensíveis às doses usuais.

Crianças abaixo de 12 anos: eficácia e segurança não estabelecidas.

 

Uso injetável - Doses

• doses em termos de cloridrato de Clonidina.

Adultos

dor (em câncer): esquemas de doses segundo os serviços especializados.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C

 

Amamentação

eliminado no leite; não amamentar.

 

Não usar o produto

manejo da dor obstétrica, pós-parto ou perioperatória.

 

Avaliar riscos x Benefícios

hipertensão rebote (pode ocorrer); insuficiência coronária grave; infarto miocárdico recente; distúrbio de condução; doença cerebrovascular; insuficiência renal crônica; diminuição da pressão sanguínea (pode ocorrer).

 

Reações mais comuns (sem incidência definida):

Gastrintestinal: boca seca; constipação.

Dermatológico: coceira.

Sistema nervoso central: desmaio; fraqueza; sedação; tontura.

 

Atenção ao utilizar outros produtos.

A clonidina

•pode ter sua ação diminuída por: antidepressivo tricíclico.

•pode desencadear crises hipertensivas com: betabloqueador (se a Clonidina, em tratamento conjunto, for retirada antes do betabloqueador).

 

Outras considerações importantes

•não ingerir bebida alcoólica.

•cuidado ao dirigir ou executar tarefas que exijam atenção.

•cuidado com cirurgias ou tratamentos de emergência.

•cuidado ao se levantar, quando deitado ou sentado.

•para melhorar a secura da boca usar gomas ou chicletes sem açúcar.

•não descontinuar a medicação abruptamente (pode haver hipertensão de rebote).

•pode ser necessário o controle do peso e da ingestão de sal.

•checar periodicamente a pressão arterial.

REMÉDIOS COM CLONIDINA EM SUA COMPOSIÇÃO

Clonidin

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal