Feed

Já é assinante?

Entrar
Índice

Manitol

MANITOL (INJETÁVEL) (nome genérico) (substância ativa)

 

Genérico

Não

 

Uso injetável

Injetável 20%

MANITOL 20%

 

Armazenagem antes de aberto

Temperatura ambiente (15-30°C). Não congelar.

 

O que é

Diurético; antiglaucomatoso [diurético osmótico].

 

Para que serve

Edema cerebral; hipertensão intraocular; hipertensão intracraniana; insuficiência renal aguda.

 

Como age

O MANITOL é metabolicamente inerte no homem. Age como diurético elevando a osmolaridade do filtrado glomerular, impedindo a reabsorção de água; aumenta a excreção de sódio e cloreto. Biotransformação: praticamente não sofre; uma pequena parte é transformada em glicogênio no fígado. Ação - início: 30 a 60 minutos; duração: 6 a 8 horas. Eliminação: urina (após administração de 100 g, 80% aparecem na urina em 3 horas).

 

Como se usa

USO INJETÁVEL

     não se recomenda injeção direta.

     utilizar por Infusão Intravenosa; usar filtro de linha e bomba de infusão.

 

MANITOL 20% - INFUSÃO INTRAVENOSA

Estabilidade após aberto: após aberto, descartar sobras. Não usar se contiver cristais.

 

USO INJETÁVEL – DOSES

     doses em termos de MANITOL.

 

ADULTOS

Diurético: 50 a 200 g, num período de 24 horas.

Edema cerebral; hipertensão intracraniana; hipertensão intraocular: 0,25 a 2 g por kg de peso, administrados durante 30 a 60 minutos.

LIMITE DE DOSE PARA ADULTOS: 6 g por kg de peso num período de 24 horas.

 

IDOSOS: podem ser mais sensíveis às doses usuais.

 

CRIANÇAS

Diurético: 0,25 a 2 g por kg de peso, administrados durante 2 a 6 horas.

Edema cerebral; hipertensão intracraniana; hipertensão intraocular: 1 a 2 g por kg de peso, administrados durante 30 a 60 minutos. Crianças menores ou debilitadas: 500 mg por kg de peso.

 

Cuidados especiais

Risco na gravidez

Classe C.

 

Amamentação

Não se sabe se é eliminado no leite; problemas não documentados.

 

Não usar o produto

Anúria (parada total da secreção de urina); congestão pulmonar grave; desidratação grave; edema pulmonar grave; insuficiência cardíaca congestiva grave; sangramento intracraniano ativo; disfunção ou dano renal após início da administração do MANITOL, incluindo azotemia e piora da oligúria.

 

Avaliar riscos x benefícios

Diminuição do sódio no sangue, diminuição do volume de sangue, aumento do potássio no sangue (estas condições podem ser agravadas); diminuição importante da função renal (pode haver sobrecarga circulatória); diminuição importante da função cardiopulmonar (pode ocorrer insuficiência cardíaca congestiva).

 

Reação mais comum (sem incidência definida)

GASTRINTESTINAL: diarreia.

 

Atenção ao utilizar outros produtos

O MANITOL:

 

     pode aumentar o risco de toxicidade digitálica com: digitálico.

 

Outras considerações importantes

     controlar rotineiramente a pressão arterial.

     descontinuar o uso do produto se a insuficiência cardíaca, insuficiência renal, ou a congestão pulmonar se agravar.

     1 g de MANITOL equivale a aproximadamente 5,5 miliosmóis (5,5 mOsm).

     se o produto extravasar, pode haver edema e necrose da pele.

     um teste de dose com o MANITOL deve ser feito antes do tratamento, se houver função renal inadequada ou oligúria pronunciada.

     não fazer mudanças bruscas de posição, para prevenir tonturas e queda de pressão.

     checar periodicamente: sódio; potássio; função renal; débito urinário.

REMÉDIOS COM MANITOL EM SUA COMPOSIÇÃO

Celsior
Endonitol
Fresenitol
Manitol
Platicarb
Purisole sm
Rebif

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal