FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Anexo v" obteve 80 resultados.

Página:  de 8

06/06/2009

Biblioteca Livre

ANEXO A – Doses e Administração dos Anti-retrovirais

...s de 150 e 200 mg 400 mg 1x/dia (dose somente para virgens de terapia) ou associado ao RTV: ATZ 300 mg + RTV 100 mg 1x/dia 6,5 – 8,0 h Administrar com alimentos. INDINAVIR IDV Cápsula 400 mg IDV 800 mg + RTV 100-200 mg 2x/dia ou IDV 800 mg 3x/dia 1,5 – 2h Administrar = 1 hora antes ou = 2 horas após alimentação quando usado sem ritonavir. Associado ao RTV: administrar......

Ver Índice

06/06/2009

Biblioteca Livre

ANEXO B – Custo (US$) do Tratamento dos Anti-retrovirais (Uso Adulto) (Brasil, 2008)

...MIVUDINA (AZT+3TC) Comprimido 300 mg + 150 mg 0,629 1,26 458,86 Inibidores da Transcriptase Reversa Não-Análogo de Nucleosídeo (ITRNN) EFAVIRENZ (EFZ) Cápsula 200 mg 0,237 0,71 258,97 EFAVIRENZ (EFZ) Comprimido 600 mg 0,443 0,44 161,55 NEVIRAPINA (NVP) Comprimido 200 mg 0,377 0,75 275,31 Inibidor da Transcriptase Reversa Análogo de Nucle......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo A

... OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” O objetivo do site MedicinaNet e seus editores é divulgar este importante documento. Esta reprodução permanecerá aberta para não assinantes indefinidamente. Anexo A Anexo A (L......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo B

... PARÊNQUIMA PULMONAR Anormalidades do parênquima incluem pequenas e grandes opacidades. 2.1 Pequenas Opacidades Pequenas opacidades são descritas por profusão, zonas pulmonares afetadas, forma (regular ou irregular) e tamanho. A ordem de identificação e registro de presença ou ausência desses achados, durante a classificação, fica a critério do leitor. 2.1.1 Profusão A profusão refere-s......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo C

... MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas Brasília / DF – 2006 Anexo C FOLHA DE LEITURA RADIOLÓGICA SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qualquer fim comercial.” ......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo D

...mm de espessura, 15mm de intervalo, tempo de exposição de 1,5 segundos de todo o tórax e com reconstrução da imagem com algoritmos de alta freqüência espacial 512x512. O exame deve ser realizado em decúbito ventral. A padronização de imagem em janela de 1200 UH (Unidade Hounsfield), até o nível de – 800 UH, é indicada para visualização do parênquima, e em janela de 50UH e 350UH, respectivamente, p......

Ver Índice

26/08/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Anexo E

...ria de Atenção à Saúde Departamento de Ações Programáticas Estratégicas Brasília / DF – 2006 Anexo E PNEUMOCONIOSES RELACIONADAS À EXPOSIÇÃO A AERODISPERSÓIDES FIBROGÊNICOS E NÃO-FIBROGÊNICOS SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para......

Ver Índice

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO I: Orientação para Exame Físico

...aciente, e realizado com uso de lubrificante. Facilita o exame pedir à paciente para fazer força durante a inserção do dedo examinador. Palpa-se o canal anal à procura de massas. Utilizando a mesma técnica abdomino-vaginal, as estruturas pélvicas são novamente palpadas. Deve-se prestar atenção especial ao septo retovaginal, aos ligamentos uterossacrais, ao fundo de saco e ao fundo uterino posterio......

Ver Índice

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO II: Roteiros para Aconselhamento

...tuações de risco do usuário ou grupo (práticas sexuais de risco, uso de drogas, histórico de DST) e medidas de prevenção específicas; • enfatizar a relação entre DST e HIV; • reforçar a necessidade do atendimento do(s) parceiro(s) sexual(is) e/ou daquele(s) que compartilha(m) os materiais para uso de drogas; • ajudar a pessoa a reconhecer suas responsabilidades e identificar difi......

Ver Índice

25/10/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

ANEXO III: Cartão para Notificação dos Parceiros

...T 4ª edição [Link Livre para o Documento Original] Série Manuais n. 68 MINISTÉRIO DA SAÚDE Secretaria de Vigilância em Saúde Programa Nacional de DST e Aids Brasília / DF – 2006 SOBRE OS DIREITOS AUTORAIS DO DOCUMENTO Consta no documento: “Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução parcial ou total desta obra, desde que citada a fonte e que não seja para venda ou qua......

Ver Índice

Página:  de 8

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal