FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Checklist Baseado Nas Recomendacoes da Oms Reduz a Morbidade e Mortalidade Pos Operatoria" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

21/01/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Checklist baseado nas recomendações da OMS reduz a morbidade e mortalidade pós-operatória

...ção foram avaliados e o equipamento apropriado e assistência estão disponíveis. 6. Se houver risco de perda sanguínea de pelo menos 500 ml (ou 7 ml/kg em crianças) é necessário acesso venoso apropriado e fluidos de reposição disponíveis. Pausa antes do início (time out) Antes da incisão, toda a equipe (enfermeiras, cirurgiões, anestesistas e outros participantes no cuidado do paciente) ......

Ver Índice

21/01/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Checklist baseado nas recomendações da OMS reduz a morbidade e mortalidade pós-operatória

...Mortality in a Global Population. N Engl J Med 2009;360:491-9. [Link Livre para o Artigo Original] 2. World Alliance for Patient Safety. WHO guidelines for safe surgery. Geneva: World Health Organization, 2008. [Link Livre para o Documento Original] 3. Gawande AA, Thomas EJ, Zinner MJ, Brennan TA. The incidence and nature of surgical adverse events in Colorado and Utah in 1992. Surgery 1......

Ver Índice

08/06/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS – Perguntas e Respostas Gerais

... Qual tem sido a aderência ao Checklist? Até o momento, 246 organizações profissionais, organizações de saúde, ministérios, e ONG´s já aprovaram o conceito da Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas”. A tarefa do programa agora é, a partir desta dinâmica e das informações recolhidas durante o estudo-piloto, promover a utilização generalizada, a implementação e a divulgação......

Ver Índice

08/06/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS – Perguntas e Respostas Gerais

...lquer reaidade? Como é o impacto em regiões com diferentes níveis de desenvolvimento? A maioria dos países desenvolvidos tende a ter rotinas bem estabelecidas e padronizadas para o processo de atendimento durante o período perioperatório, embora a aplicação dessas rotinas seja inconsistente. Outros países tendem a não ter orientações claras e políticas bem estabelecidas para direc......

Ver Índice

31/05/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução à Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...gem da Campanha A campanha visa diminuir morbi-mortalidade relacionada a cirurgias de quatro formas: 1. Dando a médicos, administradores hospitalares e funcionários de saúde em geral informações sobre o papel de cada um e os padrões para uma cirurgia segura; 2. Definindo um conjunto mínimo de mensurações de forma uniformizada, ou “estatísticas cirúrgicas vitais”, para vig......

Ver Índice

31/05/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução à Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...eitos no momento correto, são mantidos por tempo completamente inadequado e muitas vezes são escolhidos por “gosto pessoal” do cirurgião, sem nenhuma base científica. O quarto e último problema é obviamente a complexidade da segurança em cirurgias, levando em conta que mesmo no procedimento mais simples há diversas oportunidades para erros serem cometidos, desde o preparo cirúrgico até as recomend......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...ue é explicitar critérios para usar intervenções preventivas, diagnósticas e terapêuticas no contexto da assistência em saúde. A necessidade de padronização vem de encontro a conceitos relacionados à forma como o ser humano erra, e quais os mecanismos que podem ser utilizados para evitar esse erro. Um deles é a criação de padrões e situações “à prova de erro”, seja pelo uso de guidelines ou protoc......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...nimizar riscos com decisões isoladas é tornar o processo de decisão multiprofissional, ou seja, em equipe. Isso ocorre principalmente quando muitos fatores estão envolvidos no processo de tomada de decisão, e uma equipe torna maior a possibilidade de se tomar o caminho “mais sábio”. Isso pode ser aplicável de forma simples inclusive, escutando a enfermagem, um residente e mesmo o paciente, antes d......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...s e tecnológicas, mesmo dentro de uma única especialidade. É fundamental que um ponto de equilíbrio seja encontrado, onde a autonomia do médico ainda seja preservada, tendo em vista as próprias particularidades de cada paciente, mas que sistemas mais seguros sejam propostos em busca de uma melhor assistência de saúde, sendo um dos métodos preconizados, o uso de padronizações de conduta. Decis......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal