FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Checklist Baseado Nas Recomendacoes da Oms Reduz a Morbidade e Mortalidade Pos Operatoria" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

21/01/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Checklist baseado nas recomendações da OMS reduz a morbidade e mortalidade pós-operatória

... 2. O sítio cirúrgico está marcado ou a marcação do sítio não é aplicável. 3. O oxímetro de pulso está ligado e funcionando. 4. Todos os membros da equipe estão cientes se o paciente tem alguma alergia conhecida. 5. A via aérea e o risco de aspiração foram avaliados e o equipamento apropriado e assistência estão disponíveis. 6. Se houver risco de perda sanguínea de pelo me......

Ver Índice

21/01/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Checklist baseado nas recomendações da OMS reduz a morbidade e mortalidade pós-operatória

...dotado nas salas cirúrgicas de todo país, recomendando-se a leitura do artigo original e das diretrizes da OMS pelos responsáveis. Novos estudos são aguardados de forma a aprimorar ainda mais intervenções que possam diminuir complicações e a mortalidade relacionada aos procedimentos cirúrgicos. Bibliografia 1. Haynes AB et al. A Surgical Safety Checklist to Reduce Morbidity and Mortality......

Ver Índice

08/06/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS – Perguntas e Respostas Gerais

...foi o que a campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” fez. 5. Como saber se o checklist funciona? Entre outubro de 2007 e Setembro de 2008, foram estudados os efeitos do checklist em oito hospitais em oito cidades (Toronto – Canadá; Nova Deli - Índia; Amã - Jordânia; Auckland - Nova Zelândia; Manila - Filipinas; Ifakara - Tanzânia, Londres - Inglaterra; e Seattle - EU......

Ver Índice

08/06/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS – Perguntas e Respostas Gerais

... O Checklist da Campanha da OMS “Cirurgia Segura Salva Vidas” foi criado por um grupo internacional de peritos reunidos pela OMS, com o objetivo de melhorar a segurança dos pacientes submetidos a procedimentos cirúrgicos em todo o mundo. Sugestões de anestesiologistas, enfermeiros, médicos, pacientes e outros profissionais foram utilizadas no desenvolvimento desta ferramenta. Ensaio......

Ver Índice

31/05/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução à Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...e cuidados seguros só irá melhorar a sua eficácia. 7. Melhorias dramáticas foram feitas na administração de anestesia ao longo dos últimos 30 anos, mas não em todas as partes do mundo. Em algumas regiões, a mortalidade relacionada à anestesia é tão elevada quanto 1 em 150 pacientes que receberam anestesia geral. 8. Medidas de segurança são aplicadas de forma inconsistente em ciru......

Ver Índice

31/05/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Introdução à Campanha “Cirurgia Segura Salva Vidas” da OMS

...do da complexidade do procedimento cirúrgico e do tipo de hospital. Estas taxas significam que, anualmente, pelo menos 7 milhões de pacientes podem ter complicações pós-operatórias. 3. As taxas de mortalidade relatadas após grandes cirurgias são entre 0,4% e 10%, dependendo das circunstâncias. A estimativa do impacto destas taxas é que pelo menos 1 milhão de pacientes morre por ano, duran......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...dores. Isso não é algo negativo, pelo contrário, pois diminui a chance de erro em situações que podem ser críticas nessas atividades. Outra forma de minimizar riscos com decisões isoladas é tornar o processo de decisão multiprofissional, ou seja, em equipe. Isso ocorre principalmente quando muitos fatores estão envolvidos no processo de tomada de decisão, e uma equipe torna maior a possibilidade d......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...antada pela publicação “Errar é Humano” do Institute of Medicine em 1999 nos EUA. Um dos pontos centrais que ainda não é muito bem praticado é a padronização de condutas, que é explicitar critérios para usar intervenções preventivas, diagnósticas e terapêuticas no contexto da assistência em saúde. A necessidade de padronização vem de encontro a conceitos relacionados à forma como o ser humano erra......

Ver Índice

04/04/2009

Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente

Autonomia Médica x Uso de Padronização – Em busca do equilíbrio com foco na segurança do paciente

...es que é divulgado diariamente. Sendo assim, protocolos institucionais poderiam dar margem ao médico em se informar sobre exatamente aquilo que não é passível de padronização, e que exige muita quantidade de informações para dar suporte a uma conduta, seja diagnóstica ou terapêutica. Obviamente é difícil dizer o que de fato é uma boa evidência científica. Aqui entra o papel das sociedades médicas......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal