FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Eletrocardiograma 40" obteve 244 resultados.

Página:  de 25

05/10/2008

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 1

...íncope associado a dispnéia aos mínimos esforços. Eletrocardiograma do paciente Ver o diagnóstico abaixo Interpretação 1- Ritmo regular (R-R regular); 2- FC = 162 bpm; 3- Eixo - negativo 45 graus; 4- Taquicardia de QRS alargado (>160 ms), aspecto de bloqueio de ramo esquerdo; 5- Ondas P após Q......

Ver Índice

21/10/2008

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 2

...lismo cerebral (ocorre em até metade dos casos); rouquidão (compressão do nervo laríngeo recorrente); insuficiência cardíaca direita (falência de VD – ocorrência tardia). · Exame Físico: B1- hiperfonética (válvulas flexíveis), hipofonética (válvulas rígidas); B2- hiperfonética no foco pulmonar; desdobramento de P2; estalido de abertura; sopro diastólico de baixa freqüência (ruflar). ......

Ver Índice

24/11/2008

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 3

... o sentido de ativação dentro do circuito de macrorrentrada (englobando a via anômala e via normal do sistema de condução) ela pode ser ortodrômica ou antidrômica. Neste caso temos uma TAV antidrômica em que a condução tem sentido anterógrado pela via anômala e retrogrado pelo sistema de condução, já que o período refratário da via anômala é curto (<240ms). Assim, o complexo QRS fi......

Ver Índice

17/11/2008

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 4

...icular é frequentemente de 2:1 ou 4:1 e é, portanto, regular. Entretanto, pode ser irregular quando houver uma condução AV variável. Raramente, a condução AV pode ser até de 1:1. Essa última pode ser vista quando uma conexão AV acessória estiver operante. A condução AV pode ser intensificada durante o esforço, terapia com catecolaminas ou administração de simpaticomiméticos para outros problemas c......

Ver Índice

19/04/2010

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 6

... autores têm focalizado a atenção na prevenção medicamentosa, particularmente a amiodarona, ou na utilização de marcapassos para estimulação atrial contínua. O risco de tromboembolismo deve ser considerado e a tendência atual é que os pacientes sejam anticoagulados quando a arritmia tem duração igual ou maior que 48 horas. Outras arritmias menos freqüentes são "flutter" atrial, taqui......

Ver Índice

29/07/2013

Artigos

Eletrocardiograma normal em pacientes com síncope

...diograma normal na chegada ao pronto-socorro. Contexto clínico Pacientes com síncope frequentemente ficam em observação e fazem, muitas vezes, investigações extensas, ficando até mesmo monitorados em alguns casos e sendo feita pesquisa de alterações estruturais do coração. Este estudo tentou descobrir qual o papel desta análise estrutural cardíaca em pacientes com síncope que apresentam eletr......

Ver Índice

05/05/2014

Casos Clínicos

Alteração de eletrocardiograma em intoxicação

...o de glucagon para controlar a toxicidade a betabloqueador foi documentado em muitos relatos de casos, mas não há estudos controlados envolvendo seres humanos. Bibliografia Spodick DH. Normal sinus heart rate: sinus tachycardia and sinus bradycardia redefined. Am Heart J 1992; 124:1119. Spodick DH, Raju P, Bishop RL, Rifkin RD. Operational definition of normal sinus heart rate. Am J Cardiol ......

Ver Índice

12/05/2014

Casos Clínicos

Eletrocardiograma de um maratonista: qual o achado?

...os BAVs de 2o grau em dois subtipos, conforme determinado pelos achados no eletrocardiograma (ECG). No caso do BAV de 2o grau do tipo I, o intervalo PR tem um progressivo prolongamento até que ocorra uma onda P que não conduz. Um BAV de 2o grau Mobitz I normalmente não produz sintomas. Este BAV pode ocorrer em indivíduos normais que têm grande tônus vagal, como em jovens atletas que tê......

Ver Índice

20/06/2014

Casos Clínicos

Eletrocardiograma - Dispneia súbita durante esforço físico

... internacionais para definição eletrocardiográfica de IAM com supra ST são: - Nova elevação do segmento ST no ponto J com = 0,1 mV em duas derivações contíguas (válido para todas as derivações que não sejam V2-V3); - Para V2-V3, a elevação do ponto J deve ser = 0,2 mV em homens = 40 anos; = 0,25 mV em homens <40 anos; ou = 0,15 mV em mulheres. Quanto à avaliação de risco neste caso......

Ver Índice

19/04/2010

Casos Clínicos

Eletrocardiograma 5

...uras abaixo de 32°C, e ausência de resposta aos estímulos verbais em temperaturas abaixo de 27°C. Na hipotermia leve para moderada, taquicardia, hiperventilação e tremores são observados. Mas com temperaturas abaixo de 27°C, estas respostas termorregulatórias são perdidas, os tremores cessam e progressiva bradicardia e hipoventilação são observadas. Na hipotermia profunda (abaixo de 20°C), o pacie......

Ver Índice

Página:  de 25

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal