FECHAR
Feed

Já é assinante?

Entrar
Filtrar

Veja também o resultado via

Exibir resultados de:

Filtrar por:

Resultados de Busca

Sua busca por "Febre Maculosa Brasileira" obteve 9 resultados.

Página:  de 1

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

... Maculosa Brasileira CID 10: A77.0 ASPECTOS CLÍNICOS E EPIDEMIOLÓGICOS Descrição Doença infecciosa febril aguda, de gravidade variável, podendo cursar desde formas leves e atípicas ate formas graves com elevada taxa de letalidade. O início, geralmente, e abrupto e os sintomas são inicialmente inespecíficos, incluindo: febre elevada, cefaleia, mialgia intensa, mal-estar generalizado, náus......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

...o = 1/64, em amostra única. MEDIDAS DE CONTROLE Alertar os profissionais da rede de serviços de saúde, das áreas de ocorrência da doença, sobre os sinais, sintomas e as orientações diagnósticas e terapêuticas. Em caso de suspeita de Febre Maculosa, colher uma amostra de sangue para exame laboratorial e iniciar o tratamento imediatamente, antes mesmo do resultado laboratorial. Havendo carrapa......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Maculosa Brasileira

...o de suas populações. O grande desconhecimento do ciclo do carrapato, pela população em geral e pelos profissionais da saúde em particular, não lhe impõe o devido controle. O cavalo, apesar de ser a principal espécie de alimentação do Amblyomma cajennense, constitui apenas 1% do total de animais, enquanto o boi representa 95% a 98% dos animais, na maioria das propriedades rurais. Assim sendo, o c......

Ver Índice

22/04/2016

Revisões

Febre maculosa

...responsável pela transmissão na área metropolitana da Grande São Paulo. Muitos pacientes têm uma história de exposição ao carrapato antes do início da doença. A doença, embora seja mais comum em áreas rurais e suburbanas, pode ocorrer ocasionalmente em moradores de áreas urbanas. A gravidade da doença pode variar significativamente desde doença leve a fulminante. A maioria dos casos de FM ocorre......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Purpúrica Brasileira (FPB)

...vites Com colírio de cloranfenicol a 0,5% (1 gota em cada olho, de 3/3 horas, durante 7 dias). Quando constatada a ocorrência de conjuntivite pela cepa invasora do Haemophilus aegyptius, administrar rifampicina na dose de 20 mg/kg/dia, durante 4 dias (tomada única), e repetir a cultura da secreção após o termino do tratamento. Acompanhar o paciente até a negativação da cultura. Não há indicaç......

Ver Índice

30/01/2011

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Purpúrica Brasileira (FPB)

... roxo. Agente Etiológico Haemophilus Influenzae, biogrupo aegyptius. Bactéria gram-negativa sob a forma de bacilos finos e retos. Reservatório O homem, que também é a fonte de infecção (pessoas com conjuntivite causada pelo agente). Modo de Transmissão Contato direto pessoa a pessoa que esteja com conjuntivite; ou indireto, por intermediação mecânica (insetos, toalhas, mãos). Pe......

Ver Índice

03/07/2009

Guias Livres do Ministério da Saúde

Febre Purpúrica Brasileira

...ado de lesões petequiais em pele. As amostras devem ser encaminhadas ao laboratório, acompanhadas de solicitação médica e ficha epidemiológica devidamente preenchida, com informações sobre os dados clínicos e a suspeita diagnóstica para orientar o laboratório no processo de investigação e identificação do agente. Proteção da População Logo após a suspeição do primeiro caso, deve-se iniciar as......

Ver Índice

23/06/2009

Biblioteca Livre

CAPÍTULO 1 – Vigilância Epidemiológica

...Saúde. Parágrafo único. A ocorrência de agravo inusitado à saúde, independentemente de constar desta relação, deverá também ser notificada imediatamente às autoridades sanitárias mencionadas no caput deste artigo. Art. 2º A definição de caso, o fluxo e instrumentos de notificação para cada doença relacionada no Anexo I desta Portaria deverão obedecer à padronização definida pela Secretaria de Vi......

Ver Índice

15/05/2017

Revisões Internacionais

Febre Após Retorno de Viagem

...orreram entre viajantes, às vezes em associação com viagens em navios de passageiros ou estadias em hotéis específicos.106 A febre Q (Coxiella burnetii) provocou vários surtos na Europa e em outras regiões. A presença de coqueluche deve ser considerada em pacientes com tosse persistente, embora esse tipo de infecção não seja contraído necessariamente em viagens; recentemente, ela causou diversos ......

Ver Índice

Página:  de 1

Índice

Conecte-se

Feed

Sobre o MedicinaNET

O MedicinaNET é o maior portal médico em português. Reúne recursos indispensáveis e conteúdos de ponta contextualizados à realidade brasileira, sendo a melhor ferramenta de consulta para tomada de decisões rápidas e eficazes.

Medicinanet Informações de Medicina S/A
Av. Jerônimo de Ornelas, 670, Sala 501
Porto Alegre, RS 90.040-340
Cnpj: 11.012.848/0001-57
(51) 3093-3131
info@medicinanet.com.br


MedicinaNET - Todos os direitos reservados.

Termos de Uso do Portal

×

Em função da pandemia do Coronavírus informamos que não estaremos prestando atendimento telefônico temporariamente. Permanecemos com suporte aos nossos inscritos através do e-mail info@medicinanet.com.br.